Publicidade

Pro Piauí

Vendo um extenso comercial nas TVs locais, todo feito em computadores  gráficos,  incensando mais uma deslavada mentira, ao anunciar que serão investidos R$ 780milhões em recuperação de  rodovias no Estado do Piaui( as tais sonrisais) a perplexidade que nos assoma, passa de imediato para uma indignação incontida.

Essa indignação que invade corações e mentes de poucos piauienses, decorre,  única e exclusivamente da revoltante comprovação de que, nos quatorze anos haboletado no Palácio de Karnak, o governador Wellington Dias,  não tenha como prova de sua "administração " uma única obra de infraestrutura significativa a ser exibida como trunfo de um poder de mando de mais de uma década.

Ao contrário, o que se viu nesses últimos quatorze anos,  foi um pipocar de denúncias em todos os setores da administração, sem que os malfeitores tenham se sentido incomodado pelos órgãos federais( AGU, CGU, TCU, MPF e  PF)  que, precipuamente têm como.única razão de suas existências,  a fiscalização no que tange a aplicação correta  dos impostos pagos por cada um dos piauienses.

É de lascar.

Vendo um extenso comercial nas TVs locais, todo feito em computadores  gráficos,  incensando mais uma deslavada mentira, ao anunciar que serão investidos R$ 780milhões em recuperação de  rodovias no Estado do Piaui( as tais sonrisais) a perplexidade que nos assoma, passa de imediato para uma indignação incontida.

Essa indignação que invade corações e mentes de poucos piauienses, decorre,  única e exclusivamente da revoltante comprovação de que, nos quatorze anos haboletado no Palácio de Karnak, o governador Wellington Dias,  não tenha como prova de sua "administração " uma única obra de infraestrutura significativa a ser exibida como trunfo de um poder de mando de mais de uma década.

Ao contrário, o que se viu nesses últimos quatorze anos,  foi um pipocar de denúncias em todos os setores da administração, sem que os malfeitores tenham se sentido incomodado pelos órgãos federais( AGU, CGU, TCU, MPF e  PF)  que, precipuamente têm como.única razão de suas existências,  a fiscalização no que tange a aplicação correta  dos impostos pagos por cada um dos piauienses.

É de lascar.

O voto de Nunes Marques