Publicidade

E se?

A Equatorial Piauí errou feio no final de 2020 e começo de 2021, em Teresina, sobretudo. A concessionária de energia elétrica não tinha equipes de manutenção e reparos mobilizadas ou de sobreaviso em quantidade suficiente para atender as ocorrências decorrentes de um evento meteorológico extremo. O resultado é que passou recibo de ineficiência, descaso e omissão em relação aos clientes. Isso foi o bastante para que se invocasse uma saudade da Eletrobras Piauí e da Cepisa, ambas de pouca saudosa memória, estatais que, cada uma a seu tempo e seu modo, deram grande contribuição para a ruína em que se transformou o setor elétrico no Estado. Não é defensável o que ocorreu em Teresina nos dias final e inaugural de 2020 e 2021, mas não é razoável que alguém suponha que estaríamos melhor se entregues à inépcia estatal de sempre. E se diz isso porque os balanços da Cepisa, Eletrobras e Equatorial podem ser acessados e comparados em um período de 10 anos, pelo menos. Quanto estatal, até 2016 – numa série histórica de 10 anos – a concessionária de energia do Piauí acumulou prejuízos que, somados, atingiram mais de R$ 1,6 bilhão, Somente nos anos de 2015 e 2016, os prejuízos da estatal de energia do Piauí chegaram a R$ 1,069 bilhão. Nesse cenário, a taxa de investimento obviamente foi pequena, para não dizer inexistente. Sob a gestão privada, o lucro ainda não apareceu, cessaram-se os prejuízos e a taxa de investimentos em dois anos já ultrapassou R$ 800 milhões. Não é muita coisa em um sistema elétrico colapsado pela ação ruinosa anterior, mas já é um bom respiro. Sob o manto estatal, podem estar certos, o sistema elétrico do Piauí estaria bem pior.

Na ânsia de ganhar eleição, Ciro Nogueira quer até prefeito do PT (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Festa sem licitação

Dez contratos para eventos, todos firmados sem licitação, foram assinados em dezembro passado pela Secretaria de Cultura. Extratos dos documentos estão no Diário Oficial do Estado, em sua penúltima edição de 2020, em 30 de dezembro.
O que é curioso é a destinação de R$ 2,4 milhões para eventos num momento em que a recomendação é ficar em casa.

Pré-reveillon

O maior gasto desses contratos foi com um certo “Projeto Pré-Reveillon”. Os valores envolvidos nesse tipo de festa somaram R$ 1,628 milhão, destinados a duas empresas.
Meu Deus! Isso é certo?

Quem levou 1

A Associação Amigos da Arte e da Cultura levou R$ 785,6 mil oriundos de emendas dos deputados estaduais Francisco Limma (PT), Zé Santana (MDB), Carlos Augusto (PL), Fábio Xavier (PL), Marden Menezes (PSDB) e Severo Eulálio (MDB) para o projeto de “pré-reveillon” nas cidades de Luzilândia, Parnaíba, Luiz Correia e Teresina.

Quem levou 2

O Instituto Educass – Educação Social e Sustentável – recebeu R$ 854.313,89 provenientes de emendas dos deputados estaduais tucanos Lucy Soares (PSDB) e Marden Meneses para o projeto de “pré-reveillon” nas cidades de Batalha, Parnaíba, Luiz Correia e Teresina.
Onde anda o MP?

Bode virtual

A festa do bode, em Batalha, teve neste ano uma versão live. Custou aos cofres públicos R$ 120 mil, entregues sem licitação para o Instituto Educass – Educação Social e Sustentável.
O dinheiro é decorrente de emendas dos deputados estaduais Henrique Pires (MDB) e Jannaina Marques (PTB).

Paulo César foi eleito presidente da APPM (Foto: divulgação)

Junto e misturado

Apesar da vitória de seu candidato Paulo César, prefeito de Francinópolis, por 102 votos a 90, dados a Toninho de Caridade, prefeito de Caridade do Piauí, Ciro Nogueira preferiu não exultar tanto o triunfo.
A ideia do senador do PP é juntar em torno de si prefeitos de todos os partidos – inclusive do PT de Wellington Dias.

Presença

Assim como Ciro Nogueira, Margarete Coelho tem sido uma presença forte na campanha de Arthur Lira (PP-AL) à Presidência da Câmara.
A deputada federal pelo Piauí acompanhou Lira na viagem que o colega alagoano fez a Rondônia, em campanha para se eleger presidente da Câmara.
Essas viagens se transformam em festas pagas pelo contribuinte.

Prorroga

A Secretaria de Agronegócio, que mais pavimenta que semeia, prorrogou até o final de dezembro deste ano a vigência de 41 contratos de obras sob sua responsabilidade.
Os contratos prorrogados somam R$ 28,829 milhões.

Medalhas

Wellington Dias vai distribuir medalhas em Piracuruca (dia 22 de janeiro) e em Oeiras (dia 24) como forma de celebração de eventos históricos relacionados à adesão do Piauí à causa da independência.

Medalhados

Em Piracuruca, dia 22, vão receber a Medalha Estadual do Mérito da Renascença, 23 pessoas.
Em Oeiras, os condecorados, no dia 24 de janeiro, somam 23 pessoas.

Homenagem

Wellington Dias não é de homenagear só os vivos com a “peregrina”. No final do ano passado, o governador sancionou uma lei estadual que dá o nome do professor José Pacífico ao Fundo de Informática do Estado do Piauí.
Pacífico, morto há alguns anos, era uma espécie de primeiro amigo do casal Wellington e Rejane Dias.

Margarete Coelho, deputada federal (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Animação

Os citados apenas sorriem em silêncio, mas nesta semana surgiram pelo menos três divertidos boatos sobre sucessão estadual de 2022.
Um dá conta de que Ciro Nogueira vai lançar Margarete Coelho como candidata do PP; o segundo menciona que Wellington Dias (PT) vai mudar sua estratégia porque Ciro Nogueira não será mais candidato a governador; o terceiro boato é do lançamento de Mão Santa ao Senado.

Vidência

Nos três casos, o trabalho de divulgação das informações, digo, especulações, é muito menos jornalismo e muito mais (e bota mais nisso) prática de vidência.
Para as eleições de 2022, a única certeza, por enquanto é a data: domingo, 2 de outubro.
Isso se até lá não tiver uma pandemia no meio do caminho.

Times

Mas podem as pessoas trabalhar com uma ideia muito usual entre os administradores de empresas: o que ocorreu no passado é provável de se replicar no futuro. Exemplo: os partidos políticos devem reforçar em 2022 as suas chapas proporcionais para garantir mais vagas na Câmara e nas Assembleias Legislativas, já que estarão proibidas as alianças entre partidos para o pleito proporcional.

Origem local

Olha que notícia boa para a agricultura familiar: quem fabrica artesanalmente produtos de origem animal, com características e métodos regionais peculiares, poderá vendê-los com registro e certificação pela Agência de Defesa Agropecuária do Piauí, a Adapi.

Registro

Para obter o selo de inspeção da Adapi, os produtores deverão se dirigir à Adapi e fazer uma inscrição lá.
Não se sabe ainda se a lei estadual que estabelece essa possibilidade vai ser regulamentada por um decreto que normatiza detalhadamente as exigências sanitárias necessárias à concessão do selo.

Núbia

Desde o final de dezembro, a jornalista Núbia Ramos responde pela Presidência da Fundação Antares, que administra a rádio e a TV estatal.
Núbia tem bagagem para estar no comando.

Dr. Pessoa, prefeito de Teresiana (Foto: divulgação)

Espanto

Tem gente que anda espantada com fato de o prefeito Dr. Pessoa (MDB) estar assinando até duas centenas de nomeações nos primeiros dias de seu governo. É um espanto de gente boba. Espantoso mesmo é se ele não tivesse feito as nomeações.

Governo

Pessoa está tão somente nomeando as pessoas escolhidas em confiança para os cargos de segundo escalão. Nada demais – embora sempre haja a leitura cabotina de que as nomeações são incompatíveis com a situação fiscal e financeira do município. Nada mais fora do lugar, porque não se faz governo nem aqui nem em Júpiter sem pessoas de confiança da gestão em postos-chave.

Coringa

Otoniel de Oliveira Bisneto é oficial da reserva da PM, advogado e graduado em comunicação com habilitação em jornalismo.
Essa última formação rendeu a ele o cargo de assessor de comunicação da Strans.

Comandante Nixon

O coronel Francisco Nixon Lopes Frota foi nomeado para a chefia da Guarda Civil Municipal de Teresina.
Oficial de reserva do Exército, tem pela frente o desafio de ampliar a ação da corporação.

Ping-Pong
Fique lá

Gilberto Marinho, general e ex-senador, uma das melhores figuras da política do Rio, foi revolucionário em 1930. Quando Getúlio chegou ao Catete, vindo do Rio Grande do Sul, lá foi ele avistar-se com o novo dono do poder.

Marinho: “Presidente, sou o tenente Gilberto Marinho, servindo no Batalhão de Infantaria, na Vila Militar, e estou aqui às suas ordens”.
Getúlio (sorrindo levemente): “Bom lugar, bom lugar. Fique lá, fique lá”.

A partir de uma história de Sebastião Nery.

Expressas

A falta de chuvas em áreas de grande produção agrícola no Piauí já começa a ser maior que o suportável.

Segue em ritmo normal a obra da avenida Via Leste, que vai abrir uma nova pista expressa entre bairros como Parque Sul e Porto Alegre e o centro da cidade.

O Instituto de Desenvolvimento do Piauí vai aplicar R$ 1.037.113,50 na pavimentação de ruas em Luís Correia.

A Equatorial Piauí errou feio no final de 2020 e começo de 2021, em Teresina, sobretudo. A concessionária de energia elétrica não tinha equipes de manutenção e reparos mobilizadas ou de sobreaviso em quantidade suficiente para atender as ocorrências decorrentes de um evento meteorológico extremo. O resultado é que passou recibo de ineficiência, descaso e omissão em relação aos clientes. Isso foi o bastante para que se invocasse uma saudade da Eletrobras Piauí e da Cepisa, ambas de pouca saudosa memória, estatais que, cada uma a seu tempo e seu modo, deram grande contribuição para a ruína em que se transformou o setor elétrico no Estado. Não é defensável o que ocorreu em Teresina nos dias final e inaugural de 2020 e 2021, mas não é razoável que alguém suponha que estaríamos melhor se entregues à inépcia estatal de sempre. E se diz isso porque os balanços da Cepisa, Eletrobras e Equatorial podem ser acessados e comparados em um período de 10 anos, pelo menos. Quanto estatal, até 2016 – numa série histórica de 10 anos – a concessionária de energia do Piauí acumulou prejuízos que, somados, atingiram mais de R$ 1,6 bilhão, Somente nos anos de 2015 e 2016, os prejuízos da estatal de energia do Piauí chegaram a R$ 1,069 bilhão. Nesse cenário, a taxa de investimento obviamente foi pequena, para não dizer inexistente. Sob a gestão privada, o lucro ainda não apareceu, cessaram-se os prejuízos e a taxa de investimentos em dois anos já ultrapassou R$ 800 milhões. Não é muita coisa em um sistema elétrico colapsado pela ação ruinosa anterior, mas já é um bom respiro. Sob o manto estatal, podem estar certos, o sistema elétrico do Piauí estaria bem pior.

Na ânsia de ganhar eleição, Ciro Nogueira quer até prefeito do PT (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Festa sem licitação

Dez contratos para eventos, todos firmados sem licitação, foram assinados em dezembro passado pela Secretaria de Cultura. Extratos dos documentos estão no Diário Oficial do Estado, em sua penúltima edição de 2020, em 30 de dezembro.
O que é curioso é a destinação de R$ 2,4 milhões para eventos num momento em que a recomendação é ficar em casa.

Pré-reveillon

O maior gasto desses contratos foi com um certo “Projeto Pré-Reveillon”. Os valores envolvidos nesse tipo de festa somaram R$ 1,628 milhão, destinados a duas empresas.
Meu Deus! Isso é certo?

Quem levou 1

A Associação Amigos da Arte e da Cultura levou R$ 785,6 mil oriundos de emendas dos deputados estaduais Francisco Limma (PT), Zé Santana (MDB), Carlos Augusto (PL), Fábio Xavier (PL), Marden Menezes (PSDB) e Severo Eulálio (MDB) para o projeto de “pré-reveillon” nas cidades de Luzilândia, Parnaíba, Luiz Correia e Teresina.

Quem levou 2

O Instituto Educass – Educação Social e Sustentável – recebeu R$ 854.313,89 provenientes de emendas dos deputados estaduais tucanos Lucy Soares (PSDB) e Marden Meneses para o projeto de “pré-reveillon” nas cidades de Batalha, Parnaíba, Luiz Correia e Teresina.
Onde anda o MP?

Bode virtual

A festa do bode, em Batalha, teve neste ano uma versão live. Custou aos cofres públicos R$ 120 mil, entregues sem licitação para o Instituto Educass – Educação Social e Sustentável.
O dinheiro é decorrente de emendas dos deputados estaduais Henrique Pires (MDB) e Jannaina Marques (PTB).

Paulo César foi eleito presidente da APPM (Foto: divulgação)

Junto e misturado

Apesar da vitória de seu candidato Paulo César, prefeito de Francinópolis, por 102 votos a 90, dados a Toninho de Caridade, prefeito de Caridade do Piauí, Ciro Nogueira preferiu não exultar tanto o triunfo.
A ideia do senador do PP é juntar em torno de si prefeitos de todos os partidos – inclusive do PT de Wellington Dias.

Presença

Assim como Ciro Nogueira, Margarete Coelho tem sido uma presença forte na campanha de Arthur Lira (PP-AL) à Presidência da Câmara.
A deputada federal pelo Piauí acompanhou Lira na viagem que o colega alagoano fez a Rondônia, em campanha para se eleger presidente da Câmara.
Essas viagens se transformam em festas pagas pelo contribuinte.

Prorroga

A Secretaria de Agronegócio, que mais pavimenta que semeia, prorrogou até o final de dezembro deste ano a vigência de 41 contratos de obras sob sua responsabilidade.
Os contratos prorrogados somam R$ 28,829 milhões.

Medalhas

Wellington Dias vai distribuir medalhas em Piracuruca (dia 22 de janeiro) e em Oeiras (dia 24) como forma de celebração de eventos históricos relacionados à adesão do Piauí à causa da independência.

Medalhados

Em Piracuruca, dia 22, vão receber a Medalha Estadual do Mérito da Renascença, 23 pessoas.
Em Oeiras, os condecorados, no dia 24 de janeiro, somam 23 pessoas.

Homenagem

Wellington Dias não é de homenagear só os vivos com a “peregrina”. No final do ano passado, o governador sancionou uma lei estadual que dá o nome do professor José Pacífico ao Fundo de Informática do Estado do Piauí.
Pacífico, morto há alguns anos, era uma espécie de primeiro amigo do casal Wellington e Rejane Dias.

Margarete Coelho, deputada federal (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Animação

Os citados apenas sorriem em silêncio, mas nesta semana surgiram pelo menos três divertidos boatos sobre sucessão estadual de 2022.
Um dá conta de que Ciro Nogueira vai lançar Margarete Coelho como candidata do PP; o segundo menciona que Wellington Dias (PT) vai mudar sua estratégia porque Ciro Nogueira não será mais candidato a governador; o terceiro boato é do lançamento de Mão Santa ao Senado.

Vidência

Nos três casos, o trabalho de divulgação das informações, digo, especulações, é muito menos jornalismo e muito mais (e bota mais nisso) prática de vidência.
Para as eleições de 2022, a única certeza, por enquanto é a data: domingo, 2 de outubro.
Isso se até lá não tiver uma pandemia no meio do caminho.

Times

Mas podem as pessoas trabalhar com uma ideia muito usual entre os administradores de empresas: o que ocorreu no passado é provável de se replicar no futuro. Exemplo: os partidos políticos devem reforçar em 2022 as suas chapas proporcionais para garantir mais vagas na Câmara e nas Assembleias Legislativas, já que estarão proibidas as alianças entre partidos para o pleito proporcional.

Origem local

Olha que notícia boa para a agricultura familiar: quem fabrica artesanalmente produtos de origem animal, com características e métodos regionais peculiares, poderá vendê-los com registro e certificação pela Agência de Defesa Agropecuária do Piauí, a Adapi.

Registro

Para obter o selo de inspeção da Adapi, os produtores deverão se dirigir à Adapi e fazer uma inscrição lá.
Não se sabe ainda se a lei estadual que estabelece essa possibilidade vai ser regulamentada por um decreto que normatiza detalhadamente as exigências sanitárias necessárias à concessão do selo.

Núbia

Desde o final de dezembro, a jornalista Núbia Ramos responde pela Presidência da Fundação Antares, que administra a rádio e a TV estatal.
Núbia tem bagagem para estar no comando.

Dr. Pessoa, prefeito de Teresiana (Foto: divulgação)

Espanto

Tem gente que anda espantada com fato de o prefeito Dr. Pessoa (MDB) estar assinando até duas centenas de nomeações nos primeiros dias de seu governo. É um espanto de gente boba. Espantoso mesmo é se ele não tivesse feito as nomeações.

Governo

Pessoa está tão somente nomeando as pessoas escolhidas em confiança para os cargos de segundo escalão. Nada demais – embora sempre haja a leitura cabotina de que as nomeações são incompatíveis com a situação fiscal e financeira do município. Nada mais fora do lugar, porque não se faz governo nem aqui nem em Júpiter sem pessoas de confiança da gestão em postos-chave.

Coringa

Otoniel de Oliveira Bisneto é oficial da reserva da PM, advogado e graduado em comunicação com habilitação em jornalismo.
Essa última formação rendeu a ele o cargo de assessor de comunicação da Strans.

Comandante Nixon

O coronel Francisco Nixon Lopes Frota foi nomeado para a chefia da Guarda Civil Municipal de Teresina.
Oficial de reserva do Exército, tem pela frente o desafio de ampliar a ação da corporação.

Ping-Pong
Fique lá

Gilberto Marinho, general e ex-senador, uma das melhores figuras da política do Rio, foi revolucionário em 1930. Quando Getúlio chegou ao Catete, vindo do Rio Grande do Sul, lá foi ele avistar-se com o novo dono do poder.

Marinho: “Presidente, sou o tenente Gilberto Marinho, servindo no Batalhão de Infantaria, na Vila Militar, e estou aqui às suas ordens”.
Getúlio (sorrindo levemente): “Bom lugar, bom lugar. Fique lá, fique lá”.

A partir de uma história de Sebastião Nery.

Expressas

A falta de chuvas em áreas de grande produção agrícola no Piauí já começa a ser maior que o suportável.

Segue em ritmo normal a obra da avenida Via Leste, que vai abrir uma nova pista expressa entre bairros como Parque Sul e Porto Alegre e o centro da cidade.

O Instituto de Desenvolvimento do Piauí vai aplicar R$ 1.037.113,50 na pavimentação de ruas em Luís Correia.

Que luxo é esse? Imóvel nobre e caro