1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Esse conto não deu certo
Publicidade

Esse conto não deu certo

No meio policial se define o chamado ‘conto do vigário’, como a tentativa de um vigarista enganar o outro; ou, o vigarista querendo se dar bem junto aos incautos que, na maioria das vezes, querem ser igualmente espertos. Pois bem: desde que mais de 20 governadores, incluindo o do Piauí, começaram a ensaiar a ‘coalização de governadores pelo Clima’, este jornalista começou a chamar a atenção para o golpe: tomar dinheiro do presidente americano sob pretexto de que eles, em nome do Brasil, estavam comprometidos em ajudar na questão do clima. Ora, quem fala pelo Brasil é o presidente e, como todos viram, Bolsonaro mentiu adoidado nas promessas que fez na Cúpula dos Lideres do Clima. Prometeu tanto, inclusive, que estava reforçando a fiscalização, que no dia seguinte, cortou R$ 240 milhões do orçamento do Meio Ambiente.  Mas o mico dos governadores veio depois: sem qualquer prestígio para pelo menos um deles estar presente ao evento, eles foram bater à porta da embaixada americana em Brasília para entregar a carta que seria enviada a Joe Biden. E não se sabe que fim levou tal carta, porque nunca receberam resposta do presidente americano. E todos não escondem, na realidade, buscavam arrancar dinheiro tanto do americano como das potências mundiais. Esses ‘salvadores do meio ambiente’ não se preocupam sequer de resolver questões pequenas em seus Estados, como, no caso de Wellington Dias, do Piauí, que tem um parque zoobotânico completamente abandonado e seus animais ameaçados. Eles pensavam que se sairiam bem na esperteza de dar golpe em Biden, que até  inventaram os chamados ‘governos subnacionais’, como que avisando que na omissão de Bolsonaro, eles teriam a solução para os problemas do clima no planeta. Esse conto não deu certo.

Padre Tony, já em casa, convalescendo da Covid-19 (Foto: reprodução Instagram)

Multa arquivada

Olha só: a Junta Recursal do Ministério Público anulou uma salgada (e põe sal nisso) multa de R$ 10 milhões que o Procon havia aplicado a empresa Águas de Teresina.
A multa teria sido por supostas falhas em seu procedimento de apuração de irregularidades (violação do corte por inadimplência). A Águas de Teresina recorreu.

Consumidor de boa fé

Em sua decisão o promotor Jorge Luiz da Costa Pessoa, relator do recurso, entendeu que não se pode igualar o tratamento do consumidor de boa-fé, que frauda o hidrômetro, ao do consumidor de má-fé, sob pena de desvirtuar o sistema de proteção ao consumidor.

Direito

Jorge Pessoa reconheceu ainda que, no procedimento instaurado pela empresa, é assegurado ao consumidor o pleno exercício do direito de defesa.
Desse modo, considerou que a conduta praticada pela empresa não caracteriza infração administrativa, devendo ser desconsiderada a vultuosa multa aplicada pelo Procon.

Os que contam a história

A internação de uma pessoa com Covid-19 causa tanta tristeza que, quando curada, se diz que ela foi a viagem, mas voltou para contar a história.
Porque a maldita doença impõe sofrimento, o paciente  passa pelos dissabores do cruel tratamento.
Quando tem alta, se parece a milagre divino, não obstante se reconheçam os esforços dos profissionais da saúde.
Está sendo assim com Padre Tony Batista.

Momentos de louvores

Em seus momentos de louvores é o próprio sacerdote que exalta a situação.
Veja as mensagens postadas em seu instagram:
1 - “Não estou sozinho. Maria não me deixa um instante”, postou ele, protegido pela imagem de Nossa Senhora.
2 - “amigos, há sempre o verde da esperança em volta a cruz”, em meio a uma densa vegetação.
3 - “Discreto e alegre, chego como este beija-flor, trazendo a delicadeza das flores do campo para você, parabéns”.
4 - “Depois da tempestade vem a paz dos mares”,
5 - “A tocha do meu Senhor é a minha força. Chego Já”.
6 - “Logo pego o meu pau de arara pra casa – gratidão”
7 – “Celebrando a Eucaristia com júbilo no coração. Tudo é graça”.

Vigília inútil

A Guarda Municipal da capital e a Polícia Militar, nestes tempos de pandemia, precisam tomar uma atitude efetiva no resguardo da saúde da população e do cumprimento da lei que obriga o uso coletivo de máscaras em locais públicos.

Vigília inútil 2

Na Poticabana, e na Raul Lopes, para citar os locais mais procurados, a aglomeração é enorme, e as pessoas que não usam máscaras nunca são abordadas pelos policiais, que fazem assim uma vigilância inútil e inexpressiva.

Vigília inútil 3

Está na hora de o prefeito de Teresina e o comandante da Polícia Militar chamarem a atenção de seus subordinados que até se parecem estátuas na avenida, como que não vendo nada ao redor.
E as pessoas sem máscaras transitando da forma como bem querem.
Essa atitude é de uma omissão irresponsável.

Ah!

É preciso um guarda para fiscalizar o outro. Ou seja, a chefia da Guarda Municipal precisa dar uma passada pela Raul Lopes para ver que eles, também, não usam máscaras.

“Sonho da minha vida”

Todo mundo já teve ou tem sonho. E quem, quando criança,  adolescente, enfim não sonhou com uma bicicleta, em ter seu carro, enfim, ter boas coisas na vida?
Somente ontem, mais de 40 anos depois de sua bem sucedida infância, o senador Ciro Nogueira revelou o sonho de sua vida: que não é uma bicicleta, um carrinho, outro brinquedo. Seu sonho é ser governador do Piauí.
Taí um brinquedo caro.

Não é obsessão

Sorte dos piauienses que o senador Nogueira disse que ser governador do Piauí não é uma obsessão.
Como a de ganhar dinheiro, por exemplo.

Firmino Filho

Durante coletiva, Ciro anunciou que o ex-prefeito Firmino Filho estava sendo cotado para ser o candidato do PP ao Governo do Estado. Com a triste e precoce morte do ex-gestor, o senador se viu obrigado em divulgar seu nome para agradar aliados e prefeitos no interior do Piauí.

Horário bom

Fez bem o senador Ciro Nogueira ter escolhido o horário do meio dia para fazer  lançamento de sua pré-candidatura ao governo do Piauí.
Para aproveitar o noticiário das TVs. 

Presença do ministro

Ciro aproveitou a vinda do ministro da Educação (parece que não tem muito o que fazer por outras bandas) para anunciar a entrega de ônibus escolares e, com ele presente, em sua casa, se lançou pré-candidato.

Cadeiras vazias

Mas o micão do lançamento da candidatura de Ciro foram as cadeiras vazias. Tinha mais assento sem gente do que as cadeiras com os convidados.
Por aí o senador já começou a sentir que a tal pré-candidatura naufragou.

Curioso

A deputada federal Margarete Coelho não apareceu no Palácio de Karnak e muito menos na casa de Ciro Nogueira, no lançamento da pré-candidatura dele ao governo.
Outro que não pisou lá foi o cunhado dela, deputado Hélio Isaías.
Ambos continuam com suas demandas no governo petista.

Marketing

É o marketing funcionando em torno do senador que, segundo ele mesmo tem ciência, não é muito popular.
Mas que, agora, sempre que a mídia obediente falar em seu nome, certamente fará a alusão à candidatura ao governo.
Ciro precisa ler os comentários de leitores nas matérias publicadas.

Será o Benedito?

O prefeito Dr. Pessoa contrariou, mais uma vez, o decreto estadual e desta vez, liberou o funcionamento de shoppings no próximo fim de semana (1 e 2 de maio) em Teresina.
Vai correr o risco de ser desmoralizado mais uma vez por decisão judicial.

Funcionamento

Na decisão de Pessoa, os estabelecimentos poderão funcionar das 12h às 22h.
No seu decreto, Wellington Dias proibiu o funcionamento dos centros comerciais no estado.

Gosta de passar vexame

A impressão que se tem é que Dr. Pessoa gosta de passar vexame ao ver seus decretos derrubados pela justiça que sempre favorecerá as medidas impostas pelo governador do Estado.
Esperar para ver, então.

Ataque cardíaco

Lamentável a morte do bancário Carlos Fábio de Assis Rubem, 58 anos, que sofreu um ataque fulminante enquanto trabalhava na agência do Banco do Brasil do Jockey Clube, zona Leste de Teresina.
O Samu chegou a ser acionado, mas o bancário não resistiu.

Novo público

A Fundação Municipal de Saúde imuniza hoje os idosos de 64 anos em Teresina. Pela manhã, serão vacinadas apenas mulheres. A tarde, homens. A vacinação seguirá até às 17h.

Vocês já viram?

Átila Lira cumprimentou o ministro da Educação, ontem, curvando-se todo.
Até parece que beijou a mão.

Sem festa

Diz-se que a deputada Iracema Portella chegou a cancelar a festa de seu aniversário (dia 23), na praia de Barra Grande, em respeito à memória do ex-marido, o ex-governador Guilherme Melo, falecido semana passada.
Estavam por lá, além do também ex, Ciro Nogueira, muitos convidados de fora.  

Alô Pessoa!

São poucas as ruas na zona Norte que não tenha buracos e lama.

Entregação

Está no celular do governador Wellington Dias, no da vice-governadora Regina e, em grupos petistas, extensa reportagem do Piauí Hoje, falando de Raquel Ferro, atual diretora de Administração da Secretaria de Saúde.
Aquilo ali só pode ter sido coisa de inimigo.

Ping-Pong
Madona e a mandona

Ao se despedir do desembargador Paes Landim, que semana passada presidiu evento da justiça eleitoral em Parnaíba, o prefeito Mão Santa trava com ele o seguinte diálogo.

Mão Santa: “Desembargador Paes Landim você sabe a diferença entre madona e mandona?”.
Paes Landim: “Eu não sei...”.
Mão Santa: “Madona é uma pintura de Leonardo da Vinci e mandona é a Adalgisa, minha mulher”.

Expressas

E ontem, o Piauí atingiu 5020 óbitos em decorrência da Covid-19. Abril ainda nem terminou, mas já é o mês mais letal da pandemia no estado. 

A FWF lançou edital do processo seletivo para a formação de cadastro de reserva de profissionais que possam vir a atuar nos cursos, oficinas, palestras e workshops.

O Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF/PI) junto aos trabalhadores da Caixa Econômica Federal se mobilizam para uma paralisação, que ocorrerá hoje.

No meio policial se define o chamado ‘conto do vigário’, como a tentativa de um vigarista enganar o outro; ou, o vigarista querendo se dar bem junto aos incautos que, na maioria das vezes, querem ser igualmente espertos. Pois bem: desde que mais de 20 governadores, incluindo o do Piauí, começaram a ensaiar a ‘coalização de governadores pelo Clima’, este jornalista começou a chamar a atenção para o golpe: tomar dinheiro do presidente americano sob pretexto de que eles, em nome do Brasil, estavam comprometidos em ajudar na questão do clima. Ora, quem fala pelo Brasil é o presidente e, como todos viram, Bolsonaro mentiu adoidado nas promessas que fez na Cúpula dos Lideres do Clima. Prometeu tanto, inclusive, que estava reforçando a fiscalização, que no dia seguinte, cortou R$ 240 milhões do orçamento do Meio Ambiente.  Mas o mico dos governadores veio depois: sem qualquer prestígio para pelo menos um deles estar presente ao evento, eles foram bater à porta da embaixada americana em Brasília para entregar a carta que seria enviada a Joe Biden. E não se sabe que fim levou tal carta, porque nunca receberam resposta do presidente americano. E todos não escondem, na realidade, buscavam arrancar dinheiro tanto do americano como das potências mundiais. Esses ‘salvadores do meio ambiente’ não se preocupam sequer de resolver questões pequenas em seus Estados, como, no caso de Wellington Dias, do Piauí, que tem um parque zoobotânico completamente abandonado e seus animais ameaçados. Eles pensavam que se sairiam bem na esperteza de dar golpe em Biden, que até  inventaram os chamados ‘governos subnacionais’, como que avisando que na omissão de Bolsonaro, eles teriam a solução para os problemas do clima no planeta. Esse conto não deu certo.

Padre Tony, já em casa, convalescendo da Covid-19 (Foto: reprodução Instagram)

Multa arquivada

Olha só: a Junta Recursal do Ministério Público anulou uma salgada (e põe sal nisso) multa de R$ 10 milhões que o Procon havia aplicado a empresa Águas de Teresina.
A multa teria sido por supostas falhas em seu procedimento de apuração de irregularidades (violação do corte por inadimplência). A Águas de Teresina recorreu.

Consumidor de boa fé

Em sua decisão o promotor Jorge Luiz da Costa Pessoa, relator do recurso, entendeu que não se pode igualar o tratamento do consumidor de boa-fé, que frauda o hidrômetro, ao do consumidor de má-fé, sob pena de desvirtuar o sistema de proteção ao consumidor.

Direito

Jorge Pessoa reconheceu ainda que, no procedimento instaurado pela empresa, é assegurado ao consumidor o pleno exercício do direito de defesa.
Desse modo, considerou que a conduta praticada pela empresa não caracteriza infração administrativa, devendo ser desconsiderada a vultuosa multa aplicada pelo Procon.

Os que contam a história

A internação de uma pessoa com Covid-19 causa tanta tristeza que, quando curada, se diz que ela foi a viagem, mas voltou para contar a história.
Porque a maldita doença impõe sofrimento, o paciente  passa pelos dissabores do cruel tratamento.
Quando tem alta, se parece a milagre divino, não obstante se reconheçam os esforços dos profissionais da saúde.
Está sendo assim com Padre Tony Batista.

Momentos de louvores

Em seus momentos de louvores é o próprio sacerdote que exalta a situação.
Veja as mensagens postadas em seu instagram:
1 - “Não estou sozinho. Maria não me deixa um instante”, postou ele, protegido pela imagem de Nossa Senhora.
2 - “amigos, há sempre o verde da esperança em volta a cruz”, em meio a uma densa vegetação.
3 - “Discreto e alegre, chego como este beija-flor, trazendo a delicadeza das flores do campo para você, parabéns”.
4 - “Depois da tempestade vem a paz dos mares”,
5 - “A tocha do meu Senhor é a minha força. Chego Já”.
6 - “Logo pego o meu pau de arara pra casa – gratidão”
7 – “Celebrando a Eucaristia com júbilo no coração. Tudo é graça”.

Vigília inútil

A Guarda Municipal da capital e a Polícia Militar, nestes tempos de pandemia, precisam tomar uma atitude efetiva no resguardo da saúde da população e do cumprimento da lei que obriga o uso coletivo de máscaras em locais públicos.

Vigília inútil 2

Na Poticabana, e na Raul Lopes, para citar os locais mais procurados, a aglomeração é enorme, e as pessoas que não usam máscaras nunca são abordadas pelos policiais, que fazem assim uma vigilância inútil e inexpressiva.

Vigília inútil 3

Está na hora de o prefeito de Teresina e o comandante da Polícia Militar chamarem a atenção de seus subordinados que até se parecem estátuas na avenida, como que não vendo nada ao redor.
E as pessoas sem máscaras transitando da forma como bem querem.
Essa atitude é de uma omissão irresponsável.

Ah!

É preciso um guarda para fiscalizar o outro. Ou seja, a chefia da Guarda Municipal precisa dar uma passada pela Raul Lopes para ver que eles, também, não usam máscaras.

“Sonho da minha vida”

Todo mundo já teve ou tem sonho. E quem, quando criança,  adolescente, enfim não sonhou com uma bicicleta, em ter seu carro, enfim, ter boas coisas na vida?
Somente ontem, mais de 40 anos depois de sua bem sucedida infância, o senador Ciro Nogueira revelou o sonho de sua vida: que não é uma bicicleta, um carrinho, outro brinquedo. Seu sonho é ser governador do Piauí.
Taí um brinquedo caro.

Não é obsessão

Sorte dos piauienses que o senador Nogueira disse que ser governador do Piauí não é uma obsessão.
Como a de ganhar dinheiro, por exemplo.

Firmino Filho

Durante coletiva, Ciro anunciou que o ex-prefeito Firmino Filho estava sendo cotado para ser o candidato do PP ao Governo do Estado. Com a triste e precoce morte do ex-gestor, o senador se viu obrigado em divulgar seu nome para agradar aliados e prefeitos no interior do Piauí.

Horário bom

Fez bem o senador Ciro Nogueira ter escolhido o horário do meio dia para fazer  lançamento de sua pré-candidatura ao governo do Piauí.
Para aproveitar o noticiário das TVs. 

Presença do ministro

Ciro aproveitou a vinda do ministro da Educação (parece que não tem muito o que fazer por outras bandas) para anunciar a entrega de ônibus escolares e, com ele presente, em sua casa, se lançou pré-candidato.

Cadeiras vazias

Mas o micão do lançamento da candidatura de Ciro foram as cadeiras vazias. Tinha mais assento sem gente do que as cadeiras com os convidados.
Por aí o senador já começou a sentir que a tal pré-candidatura naufragou.

Curioso

A deputada federal Margarete Coelho não apareceu no Palácio de Karnak e muito menos na casa de Ciro Nogueira, no lançamento da pré-candidatura dele ao governo.
Outro que não pisou lá foi o cunhado dela, deputado Hélio Isaías.
Ambos continuam com suas demandas no governo petista.

Marketing

É o marketing funcionando em torno do senador que, segundo ele mesmo tem ciência, não é muito popular.
Mas que, agora, sempre que a mídia obediente falar em seu nome, certamente fará a alusão à candidatura ao governo.
Ciro precisa ler os comentários de leitores nas matérias publicadas.

Será o Benedito?

O prefeito Dr. Pessoa contrariou, mais uma vez, o decreto estadual e desta vez, liberou o funcionamento de shoppings no próximo fim de semana (1 e 2 de maio) em Teresina.
Vai correr o risco de ser desmoralizado mais uma vez por decisão judicial.

Funcionamento

Na decisão de Pessoa, os estabelecimentos poderão funcionar das 12h às 22h.
No seu decreto, Wellington Dias proibiu o funcionamento dos centros comerciais no estado.

Gosta de passar vexame

A impressão que se tem é que Dr. Pessoa gosta de passar vexame ao ver seus decretos derrubados pela justiça que sempre favorecerá as medidas impostas pelo governador do Estado.
Esperar para ver, então.

Ataque cardíaco

Lamentável a morte do bancário Carlos Fábio de Assis Rubem, 58 anos, que sofreu um ataque fulminante enquanto trabalhava na agência do Banco do Brasil do Jockey Clube, zona Leste de Teresina.
O Samu chegou a ser acionado, mas o bancário não resistiu.

Novo público

A Fundação Municipal de Saúde imuniza hoje os idosos de 64 anos em Teresina. Pela manhã, serão vacinadas apenas mulheres. A tarde, homens. A vacinação seguirá até às 17h.

Vocês já viram?

Átila Lira cumprimentou o ministro da Educação, ontem, curvando-se todo.
Até parece que beijou a mão.

Sem festa

Diz-se que a deputada Iracema Portella chegou a cancelar a festa de seu aniversário (dia 23), na praia de Barra Grande, em respeito à memória do ex-marido, o ex-governador Guilherme Melo, falecido semana passada.
Estavam por lá, além do também ex, Ciro Nogueira, muitos convidados de fora.  

Alô Pessoa!

São poucas as ruas na zona Norte que não tenha buracos e lama.

Entregação

Está no celular do governador Wellington Dias, no da vice-governadora Regina e, em grupos petistas, extensa reportagem do Piauí Hoje, falando de Raquel Ferro, atual diretora de Administração da Secretaria de Saúde.
Aquilo ali só pode ter sido coisa de inimigo.

Ping-Pong
Madona e a mandona

Ao se despedir do desembargador Paes Landim, que semana passada presidiu evento da justiça eleitoral em Parnaíba, o prefeito Mão Santa trava com ele o seguinte diálogo.

Mão Santa: “Desembargador Paes Landim você sabe a diferença entre madona e mandona?”.
Paes Landim: “Eu não sei...”.
Mão Santa: “Madona é uma pintura de Leonardo da Vinci e mandona é a Adalgisa, minha mulher”.

Expressas

E ontem, o Piauí atingiu 5020 óbitos em decorrência da Covid-19. Abril ainda nem terminou, mas já é o mês mais letal da pandemia no estado. 

A FWF lançou edital do processo seletivo para a formação de cadastro de reserva de profissionais que possam vir a atuar nos cursos, oficinas, palestras e workshops.

O Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF/PI) junto aos trabalhadores da Caixa Econômica Federal se mobilizam para uma paralisação, que ocorrerá hoje.

A colinha do senador Os palanques estaduais