1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. O governo ‘olhar de paisagem’
Publicidade

O governo ‘olhar de paisagem’

Sem papas na língua, ou numa demonstração de aparente revolta, o engenheiro Dirceu Mendes Arcoverde Filho escreveu a este jornalista protestando com o atual estado de coisas a que ficou relegado o Centro Administrativo, o grande e outrora belo conjunto arquitetônico que seu pai, Dirceu Arcoverde, quando governador, construiu na década de 70, para abrigar grande parte das secretarias de Estado. Hoje, como se disse na coluna de ontem, as secretarias se transformaram em grande camelódromo, ou mercado persa, onde vendem e compram  de tudo. Não há limite para os permissionários, de tal forma que se vê grande confusão no espaço. Não se tem noção da separação do que seja estabelecimento comercial e o que seriam os entes públicos. Eis o que o engenheiro filho do finado governador diz a respeito: “Meu caro, a respeito de uma nota “Prédios Horrorosos” na sua coluna de hoje: 1) Esse governo WD além de se apropriar das obras feitas por outros governantes que realmente fizeram algo por esse Estado, tudo que se mete termina em lamaçal e coisa mal cheirosa, pra não dizer outra coisa. 2) É o famoso governo “olhar de paisagem, bronzeado com óleo de peroba”. 3) Centro de Convenções, Ceasa, Verdão, Agespisa, Pavilhão de Eventos, Aeroporto de Parnaíba e futuramente o Centro Administrativo, Serra da Capivara, ponte da Frei Serafim, praça Pedro II, Praia de Atalaia, Casa da dona Genu  Aguiar Morais e o que tiver pela frente .4) Será que o Pró Piauí (uma piada de mau gosto para os piauienses), vai também se transformar em PPP Do Piauí??”, indaga. Pelo sim, pelo não, Wellington Dias precisa meditar sobre o que diz e faz. E, quem sabe se reinventar.


Senador Ciro Nogueira e um palavreado sem qualquer significado, mas que fala em gastos na campanha de 2022 (Foto: divulgação)

Palavra sem nexo

Não se sabe em que contexto o senador Ciro Nogueira postou em seu twitter: “acho que vamos desperder a eleição do próximo ano”.
Não existe tal verbo. Ou melhor, não há qualquer significado para a palavra ‘desperder’ nos dicionários.

A outra palavra

Bem próximo do que o senador piauiense queria dizer, certamente, aparece a palavra despender, que, aí sim, é verbo transitivo, direto, bitransitivo e intransitivo que diz respeito a fazer despesas, gastar dinheiro, enfim, distribuir, espalhar, dar com liberalidade, prodigalizar, ‘de favores – a quem merece’.
Numa campanha eleitoral, então...

Fanfarrice

Por assim dizer, o sentido figurado da questão, pode induzir a se pensar que o senador Ciro, candidatíssimo ao governo do Estado, já esteja avaliando quanto caríssima será a sua fanfarrice eleitoral em 2022.

Despiora

No mesmo twitter, Nogueira cita a Folha Mercado com o título: “Economia dá sinais de despiora”.
Que significa que a situação chegou perto de melhorar ou simplesmente está ‘menos pior’.
O que um coisa (a despiora) tem a ver com a outra (a palavra desperder), tá difícil de se entender.

Tribuna em Foco

De Castelo do Piauí, Elias Jr da TV e portal “Tribuna em Foco”, tem conseguido manter toda uma região – das cidades também do entorno de Campo Maior – bem informada.
Ele faz aquele jornalismo popular, sem ser agressivo, sem ser desrespeitoso, mas bem informativo.

Sabedoria popular

Do sempre atento delegado Barêtta, sobre a decisão judicial que interferiu nas relações do Colégio Lerote e os pais de aluno: “Bom dia, meu caro amigo Ari. Excelente o editorial da coluna de hoje, pois meu pai era um homem de poucas letras e dizia: ‘Quem não pode com o pote não pega na rodilha’. Se os pais colocam seus filhos em colégios com mensalidades caras, devem saber que tem que arcar com os acessórios e, aí vem mais uma de meu saudoso pai: ‘A gente só bota o chapéu onde o braço alcança’. O problema meu caro é que tem gente comendo sardinha e arrotando caviar!”. 

Questão de poder

O médico Alderico, superintendente de Alta e Média Complexidade da Secretaria de Saúde do Piauí, está no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, tratando da Covid-19.
Não venham dizer que ele próprio não confia nos hospitais do Piauí. É porque deve condições para se tratar lá fora, ora.

Ação do puxa saco

Vê só a falta de escrúpulos (e de ética) do sujeito que faz de tudo para puxar saco dos poderosos e tentar se dar bem.
O tal auditor do TCU, Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, foi quem forjou os dados sobre as mortes por covid-19 e os deu para o pai, Ricardo Silva Marques, repassar para Bolsonaro como tendo sido um trabalho do TCU.

Os cidadãos de bem

Bolsonaro, que já demonstrou, tem um séquito de gente ruim (os cidadãos de bem) em seu entorno, não mediu as consequências: espalhou em vídeo que o TCU havia constatado que metade das 470 mil mortes não foi por covid, mas por outros tipos de doenças.
Restou como mentiroso ou, no mínimo deve ficar exposto como aquele cujas companhias só lhe dão dissabores.

O investigado

Por provocação do senador Eduardo Girão (CE) a CPI da Pandemia decidiu ontem que, dia 30, Wellington Dias estará lá na condição de governador do Estado onde a Polícia Federal deflagrou operação policial.
E não como coordenador do Consórcio Nordeste.

Na Justiça

À mídia local Wellington Dias tem dito que ‘se ofereceu’ para, em nome do Consórcio Nordeste, falar na CPI.
Nada disso. Ele irá na condição de governador em cujo Estado a PF deflagrou operação.
Tanto assim que está na justiça procurando evitar seu comparecimento.

Lá vem!

Eram fortes os rumores sobre a presença, ontem, de policiais federais de outros Estados em Teresina.
Não se sabia, entretanto, em que casa o ‘japonês da federal’ iria (ou irá) amanhecer hoje.

Alô! Alô!

Policiais militares pedem que a coluna indague para onde vai o dinheiro da locação dos pontos onde estão fincados os outdoors no espaço do Cfap?
Há pelo menos 12 anos as placas estão no espaço do centro de formação.
E o dinheiro não aparece na contabilidade da corporação e nem no portal da transparência.

Santa ignorância!

O mundo político e os jornalistas de uma maneira em geral reagiram à idiota afirmação do presidente da Argentina, Alberto Fernandez, de que os brasileiros vieram das selvas e os argentinos, de barco, da Europa.

Coito do nazismo

O senador Ciro Nogueira, postou em seu twitter:  “passei a entender melhor porque depois da II Guerra Mundial, criminosos de guerra nazistas se esconderam na Argentina”.

Novela sem fim

Os motoristas e cobradores de ônibus que circulam na zona Norte de Teresina paralisaram ontem, as atividades por falta de pagamento.
Simplesmente as empresas Piauiense e Premius, do Consórcio Poti, não atualizaram os salários do mês de maio.

Professores

Os trabalhadores da educação, com idade de 40 e 59 anos, serão vacinados hoje contra a covid-19 em Teresina. A Fundação Municipal de Saúde montará oitos pontos de drive-thru.
Das 9h às 17h.

Atenção!

Não é necessário agendamento e o atendimento será feito para pessoas que forem em veículos ou a pé.
Esse público receberá a vacina Astrazeneca.

Por falar nisso...

A Sesapi decidiu ontem que 50% dos lotes das vacinas que chegarem ao Piauí serão destinadas para o público geral de 18 a 59 anos, mesmo que não tenham comorbidades.
Nesta madrugada chegarão mais de 54 mil doses da Astrazeneca.

Peste suína

O Governo do Estado identificou um foco de peste suína numa pequena propriedade localizada no Município de Lagoa do São Francisco (PI).
Na propaganda, o governo sempre procurou mostrar que essa é uma doença do passado.

Mas...

O diagnóstico da peste suína foi confirmado pelo Laboratório Federal de Defesa Agropecuária de Pedro Leopoldo (LFDA/MG), do Ministério da Agricultura.
Segundo a diretora da ADAPI, Alexsandra Carvalho, a situação foi contornada a tempo de não se proliferar.

Peste suína 2

O proprietário receberá indenização pelo sacrifício dos animais. A propriedade foi interditada para eliminação do foco, desinfecção das instalações e estabelecimento de vazio sanitário.

Ping-Pong
Preço sugestivo

Nos idos dos anos 70, no restaurante do João Baldoíno em São Raimundo Nonato, chegam para o almoço dois fiscais do recém-implantado Ibama. O prato principal era o tatu (até então uma iguaria comum na mesa do Sãoraimundense). Antes de finalizar a refeição, os fiscais aplicam uma multa de R$ 500 ao comerciante, e se surpreendem ao receber a conta de 550,00.

O fiscal: “Meu amigo, acho que tem algo errado nessa conta...”.
João Baldoíno: “Nada disso! Quem botou preço no tatu foram vocês!”.
O fiscal: “E esses 50,00 acrescidos aí?”.
João Baldoino: “São os dez por cento do garçom”.

Colaboração B.M.

Expressas

O Tribunal Popular do Júri, de Barras, condenou Francisco de Sousa Rosa a 18 anos de reclusão pelo assassinato do advogado Kelson Dias Feitosa e pelo homicídio tentado, qualificado, contra Sebastião da Silva Veloso, ocorridos no dia 13 de junho de 2016.

O vereador Luís André (PSL) recebeu alta depois de passar oito dias internado para tratamento contra a covid-19, em hospital particular de Teresina. Vai seguir o tratamento em casa.

Abre-se uma vaga no TCE-PI para os negócios políticos. O conselheiro Luciano Nunes já protocolou seu pedido de aposentadoria.

Sem papas na língua, ou numa demonstração de aparente revolta, o engenheiro Dirceu Mendes Arcoverde Filho escreveu a este jornalista protestando com o atual estado de coisas a que ficou relegado o Centro Administrativo, o grande e outrora belo conjunto arquitetônico que seu pai, Dirceu Arcoverde, quando governador, construiu na década de 70, para abrigar grande parte das secretarias de Estado. Hoje, como se disse na coluna de ontem, as secretarias se transformaram em grande camelódromo, ou mercado persa, onde vendem e compram  de tudo. Não há limite para os permissionários, de tal forma que se vê grande confusão no espaço. Não se tem noção da separação do que seja estabelecimento comercial e o que seriam os entes públicos. Eis o que o engenheiro filho do finado governador diz a respeito: “Meu caro, a respeito de uma nota “Prédios Horrorosos” na sua coluna de hoje: 1) Esse governo WD além de se apropriar das obras feitas por outros governantes que realmente fizeram algo por esse Estado, tudo que se mete termina em lamaçal e coisa mal cheirosa, pra não dizer outra coisa. 2) É o famoso governo “olhar de paisagem, bronzeado com óleo de peroba”. 3) Centro de Convenções, Ceasa, Verdão, Agespisa, Pavilhão de Eventos, Aeroporto de Parnaíba e futuramente o Centro Administrativo, Serra da Capivara, ponte da Frei Serafim, praça Pedro II, Praia de Atalaia, Casa da dona Genu  Aguiar Morais e o que tiver pela frente .4) Será que o Pró Piauí (uma piada de mau gosto para os piauienses), vai também se transformar em PPP Do Piauí??”, indaga. Pelo sim, pelo não, Wellington Dias precisa meditar sobre o que diz e faz. E, quem sabe se reinventar.


Senador Ciro Nogueira e um palavreado sem qualquer significado, mas que fala em gastos na campanha de 2022 (Foto: divulgação)

Palavra sem nexo

Não se sabe em que contexto o senador Ciro Nogueira postou em seu twitter: “acho que vamos desperder a eleição do próximo ano”.
Não existe tal verbo. Ou melhor, não há qualquer significado para a palavra ‘desperder’ nos dicionários.

A outra palavra

Bem próximo do que o senador piauiense queria dizer, certamente, aparece a palavra despender, que, aí sim, é verbo transitivo, direto, bitransitivo e intransitivo que diz respeito a fazer despesas, gastar dinheiro, enfim, distribuir, espalhar, dar com liberalidade, prodigalizar, ‘de favores – a quem merece’.
Numa campanha eleitoral, então...

Fanfarrice

Por assim dizer, o sentido figurado da questão, pode induzir a se pensar que o senador Ciro, candidatíssimo ao governo do Estado, já esteja avaliando quanto caríssima será a sua fanfarrice eleitoral em 2022.

Despiora

No mesmo twitter, Nogueira cita a Folha Mercado com o título: “Economia dá sinais de despiora”.
Que significa que a situação chegou perto de melhorar ou simplesmente está ‘menos pior’.
O que um coisa (a despiora) tem a ver com a outra (a palavra desperder), tá difícil de se entender.

Tribuna em Foco

De Castelo do Piauí, Elias Jr da TV e portal “Tribuna em Foco”, tem conseguido manter toda uma região – das cidades também do entorno de Campo Maior – bem informada.
Ele faz aquele jornalismo popular, sem ser agressivo, sem ser desrespeitoso, mas bem informativo.

Sabedoria popular

Do sempre atento delegado Barêtta, sobre a decisão judicial que interferiu nas relações do Colégio Lerote e os pais de aluno: “Bom dia, meu caro amigo Ari. Excelente o editorial da coluna de hoje, pois meu pai era um homem de poucas letras e dizia: ‘Quem não pode com o pote não pega na rodilha’. Se os pais colocam seus filhos em colégios com mensalidades caras, devem saber que tem que arcar com os acessórios e, aí vem mais uma de meu saudoso pai: ‘A gente só bota o chapéu onde o braço alcança’. O problema meu caro é que tem gente comendo sardinha e arrotando caviar!”. 

Questão de poder

O médico Alderico, superintendente de Alta e Média Complexidade da Secretaria de Saúde do Piauí, está no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, tratando da Covid-19.
Não venham dizer que ele próprio não confia nos hospitais do Piauí. É porque deve condições para se tratar lá fora, ora.

Ação do puxa saco

Vê só a falta de escrúpulos (e de ética) do sujeito que faz de tudo para puxar saco dos poderosos e tentar se dar bem.
O tal auditor do TCU, Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, foi quem forjou os dados sobre as mortes por covid-19 e os deu para o pai, Ricardo Silva Marques, repassar para Bolsonaro como tendo sido um trabalho do TCU.

Os cidadãos de bem

Bolsonaro, que já demonstrou, tem um séquito de gente ruim (os cidadãos de bem) em seu entorno, não mediu as consequências: espalhou em vídeo que o TCU havia constatado que metade das 470 mil mortes não foi por covid, mas por outros tipos de doenças.
Restou como mentiroso ou, no mínimo deve ficar exposto como aquele cujas companhias só lhe dão dissabores.

O investigado

Por provocação do senador Eduardo Girão (CE) a CPI da Pandemia decidiu ontem que, dia 30, Wellington Dias estará lá na condição de governador do Estado onde a Polícia Federal deflagrou operação policial.
E não como coordenador do Consórcio Nordeste.

Na Justiça

À mídia local Wellington Dias tem dito que ‘se ofereceu’ para, em nome do Consórcio Nordeste, falar na CPI.
Nada disso. Ele irá na condição de governador em cujo Estado a PF deflagrou operação.
Tanto assim que está na justiça procurando evitar seu comparecimento.

Lá vem!

Eram fortes os rumores sobre a presença, ontem, de policiais federais de outros Estados em Teresina.
Não se sabia, entretanto, em que casa o ‘japonês da federal’ iria (ou irá) amanhecer hoje.

Alô! Alô!

Policiais militares pedem que a coluna indague para onde vai o dinheiro da locação dos pontos onde estão fincados os outdoors no espaço do Cfap?
Há pelo menos 12 anos as placas estão no espaço do centro de formação.
E o dinheiro não aparece na contabilidade da corporação e nem no portal da transparência.

Santa ignorância!

O mundo político e os jornalistas de uma maneira em geral reagiram à idiota afirmação do presidente da Argentina, Alberto Fernandez, de que os brasileiros vieram das selvas e os argentinos, de barco, da Europa.

Coito do nazismo

O senador Ciro Nogueira, postou em seu twitter:  “passei a entender melhor porque depois da II Guerra Mundial, criminosos de guerra nazistas se esconderam na Argentina”.

Novela sem fim

Os motoristas e cobradores de ônibus que circulam na zona Norte de Teresina paralisaram ontem, as atividades por falta de pagamento.
Simplesmente as empresas Piauiense e Premius, do Consórcio Poti, não atualizaram os salários do mês de maio.

Professores

Os trabalhadores da educação, com idade de 40 e 59 anos, serão vacinados hoje contra a covid-19 em Teresina. A Fundação Municipal de Saúde montará oitos pontos de drive-thru.
Das 9h às 17h.

Atenção!

Não é necessário agendamento e o atendimento será feito para pessoas que forem em veículos ou a pé.
Esse público receberá a vacina Astrazeneca.

Por falar nisso...

A Sesapi decidiu ontem que 50% dos lotes das vacinas que chegarem ao Piauí serão destinadas para o público geral de 18 a 59 anos, mesmo que não tenham comorbidades.
Nesta madrugada chegarão mais de 54 mil doses da Astrazeneca.

Peste suína

O Governo do Estado identificou um foco de peste suína numa pequena propriedade localizada no Município de Lagoa do São Francisco (PI).
Na propaganda, o governo sempre procurou mostrar que essa é uma doença do passado.

Mas...

O diagnóstico da peste suína foi confirmado pelo Laboratório Federal de Defesa Agropecuária de Pedro Leopoldo (LFDA/MG), do Ministério da Agricultura.
Segundo a diretora da ADAPI, Alexsandra Carvalho, a situação foi contornada a tempo de não se proliferar.

Peste suína 2

O proprietário receberá indenização pelo sacrifício dos animais. A propriedade foi interditada para eliminação do foco, desinfecção das instalações e estabelecimento de vazio sanitário.

Ping-Pong
Preço sugestivo

Nos idos dos anos 70, no restaurante do João Baldoíno em São Raimundo Nonato, chegam para o almoço dois fiscais do recém-implantado Ibama. O prato principal era o tatu (até então uma iguaria comum na mesa do Sãoraimundense). Antes de finalizar a refeição, os fiscais aplicam uma multa de R$ 500 ao comerciante, e se surpreendem ao receber a conta de 550,00.

O fiscal: “Meu amigo, acho que tem algo errado nessa conta...”.
João Baldoíno: “Nada disso! Quem botou preço no tatu foram vocês!”.
O fiscal: “E esses 50,00 acrescidos aí?”.
João Baldoino: “São os dez por cento do garçom”.

Colaboração B.M.

Expressas

O Tribunal Popular do Júri, de Barras, condenou Francisco de Sousa Rosa a 18 anos de reclusão pelo assassinato do advogado Kelson Dias Feitosa e pelo homicídio tentado, qualificado, contra Sebastião da Silva Veloso, ocorridos no dia 13 de junho de 2016.

O vereador Luís André (PSL) recebeu alta depois de passar oito dias internado para tratamento contra a covid-19, em hospital particular de Teresina. Vai seguir o tratamento em casa.

Abre-se uma vaga no TCE-PI para os negócios políticos. O conselheiro Luciano Nunes já protocolou seu pedido de aposentadoria.

O bandido sim senhor! A justiça contra ricos