1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Conceição: o fracasso do governo
Publicidade

Conceição: o fracasso do governo

O que tem ocorrido em Conceição do Canindé é do conhecimento até dos de fora do Piauí, menos dos gestores estaduais, a quem competiria desenvolver ações que possam dar condições a quem está voltado a produzir alimentos. Falta a ação de governo. Os irrigantes se viram como podem. O economista, ex-vice-governador, ex-deputado federal Felipe Mendes, lembra que no município, às margens do rio Canindé, e em cima da chapada, existem cerca de cem produtores de frutas irrigando com óleo diesel, em sua maioria, cerca de 500 hectares de melão, goiaba, tomate e outras frutas. Por que isso? Porque a energia elétrica é precária. E, olhe que a concessionária até tentou, mas na base de um acordo um tanto leonino para os produtores.  “Com a linha de energia elétrica, que custaria R$ 2,2 milhões, seria possível duplicar a área irrigada, que permitiria aos produtores a redução no custo de produção, e à empresa, o aumento do faturamento; para o Estado, mais emprego e mais arrecadação”, diz Felipe Mendes. Mas o projeto não andou porque a empresa só entraria com R$ 200 mil e os R$ 2 milhões restantes seriam pagos pelos produtores. Apelaram ao governo que alegou não ter dinheiro. Ah, tem dinheiro sim, para distribuir com secretarias como as de Turismo, Desenvolvimento Econômico, Agronegócios, fazer calçamentos e até estradas, mas naquele jeito em que parte do dinheiro se evapora. Tanto assim que para essa gente a estrada que liga Conceição do Canindé a Jacobina, e de lá a Petrolina, está intrafegável. Como não deve render nem votos, não interessa a sua recuperação. Por conta disso, a produção de hortifrútis de Conceição do Canindé não chega ao mercado externo. Mesmo assim, sem assistência de um governo cujo gestor só pensa na próxima eleição, os produtores se esforçam para tornar a região produtiva. E que esforço! A água utilizada por quem está em cima da chapada é de poços tubulares, e para quem está no vale do rio Canindé provém da barragem antes denominada Pedra Redonda, construída com recursos de emendas que o então deputado federal Felipe Mendes aprovou no orçamento da União. Hoje, por projeto de lei do deputado Júlio Arcoverde, a barragem se chama Joaquim Mendes, pai de Felipe que, em 1988, lhe disse que havia um estudo feito pelo DNOCS no início dos anos 1950, para a construção dessa barragem. “Meu pai então me pediu para trabalhar pela obra, e não somente pela barragem de Piracuruca”, enfatiza Felipe Mendes. Sem qualquer utilidade, como fazem os produtores de Conceição do Canindé, a água da maioria das barragens construídas no Piauí serve para passarinho beber ou para os filhos dos ricos das cidades andarem de jet-ski porque a ação do governo do estado, como se sabe, é nula.  

Advogado Alessandro Lopes, na disputa da vaga de desembargador do TJ-PI, no 5º Constitucional tem viajado pelo Piauí (Foto: divulgação)

Alessandro Lopes

Taí um sujeito que tem recebido muitas adesões de advogados à candidatura ao Quinto Constitucional, na disputa da vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí. Simples, sobretudo humilde, Lopes é um cidadão de bem, um árduo defensor da boa justiça. 

O cara

O ex-prefeito de Canto do Buriti, Marcos Nunes Chaves, mostra que tem prestígio. O seu retorno ao Democratas (DEM) foi avalizado pelo presidente nacional da sigla, ACM Neto.

Candidatíssimo

O ato da assinatura ocorreu ontem, em Brasília, tendo como testemunhas o ex-senador  Heráclito Fortes, o presidente regional do DEM, Ronney Lustosa. Marcos avisa que é candidatíssimo a deputado federal.  

Justiça piorada

O evento ocorreu em novembro do ano passado, mas não se sabe por que ontem era veiculado nas redes sociais o ranking do Prêmio CNJ de qualidade onde o Tribunal de Justiça do Piauí aparece em último lugar. Não mereceu qualquer prêmio.
Os melhores tribunais mereceram os prêmios Diamante, Ouro e Prata.
Os piores, como Maranhão, Piauí, Pará ficaram “Sem Prêmio”.
Mas isso não deve incomodar nossos magistrados. Não é?

TRT é melhor

Quem soltou soltando rojões, orgulhosos do seu tribunal, foram os desembargadores federais do TRT-PI.
Que recebeu o prêmio CNJ na categoria Ouro.

TRE segue o TJ

O TRE Piauí também não recebeu nenhum prêmio. Patrimonialismo
Político brasileiro é patrimonialista por excelência. E não seria para menos, pois herdou esse vício de Pero Vaz de Caminha que, em carta ao rei de Portugal contando as maravilhas da terra de Santa Cruz, aproveitou e pediu que o rei enviasse para cá seu genro, Jorge de Osório.
Que aqui teria emprego garantido.

Família unida

Pois bem, nesse patrimonialismo que começou no descobrimento do Brasil, não é de se estranhar que o senador Ciro Nogueira tenha colocado a sua santa mãezinha no seu lugar no Senado, enquanto ele faz a vida como ministro do Gabinete Civil. Família unidade que... deixa pra lá.

Puxadinhos

Mas os que atacam o senador-ministro por conta desse patrimonialismo desmedido precisam ver que usar parente nas coisas públicas, seja como seu suplente, seus ‘laranjas’, ou como empregados comissionados é regra – e não exceção – entre todos os políticos brasileiros. Nordestinos, então, parecem usar Assembleias Legislativas, Congresso Nacional, como um puxadinho de suas casas. 

Aí tem coisa!

Todo dia a mídia desencava coisas (feias) envolvendo Ciro Nogueira. Agora, segundo O Globo e tantos outros portais e jornais, a Receita acocha o senador por conta de movimentação suspeita de R$ 17 milhões. Que desconfia seja produto de propina.

Aviso à praça

O empresário James Andrade, da Nova Ceasa, avisa que um vigarista está usando um número de celular – que não é o dele – com sua foto, certamente para aplicar golpes. Ele avisa que continua com o mesmo número de celular.

Ação estabanada

Está tendo forte reação popular à ideia do prefeito Dr. Pessoa em transformar o hospital do bairro Buenos Aires em maternidade única.
As demais serão fechadas?

Silvio fala

Ainda ontem o ex-prefeito Silvio Mendes fez postagem nas redes sociais mostrando indignação com a notícia. “Não acredito, Lourival!”, exclamou Silvio ao afirmar que não acredita que Pessoa ‘permita esse desatino’. 

Corpo clínico

Silvio Mendes informa que as maternidades do Promorar, do Dirceu e Satélite foram construídas em sua gestão para dotar cada região com melhor assistência à população, através de bons corpos clínicos.

Projeto social

Jane Broder, viúva do engenheiro Roberto Broder, esteve ontem com a primeira dama de Parnaíba, Adalgisa Moraes Souza, fazendo doação de extensa área pertencente à empresa Roberto Broder Construções Ltda.
Para a prefeitura fazer uma regularização fundiária no espaço onde residem mais de 300 famílias.

Planalto Roberto Broder

Denominada de Planalto Montserrat, a área passará a se chamar Planalto Roberto Broder, que ontem, fez quatro meses de seu falecimento.
O que se espera é que a prefeitura desenvolva projeto social com essas famílias. 

Concurso sob suspeita

A notícia de que um figurão do judiciário piauiense já estaria comemorando o resultado do concurso na Câmara de Vereadores de Teresina está levando muita gente a desconfiar de que já praticaram fraude. Afinal, nem a direção da Câmara informou o dia que o resultado será divulgado. 

Quem será?

Então, a desconfiança que fica é que pode surgir um ‘gênio’ do Direito entre os aprovados. 

Aniversário de Teresina

A partir desse domingo deve começar a extensa programação de aniversário de Teresina. Dr. Pessoa quer que essas festas durem pelo menos um mês, inaugurando quadras de esportes, faixas pintadas, calçamento e claro, haverá o tradicional corte do gigantesco bolo.

Onde será?

Como Firmino Filho cortava o bolo no bairro Poty Velho, onde a cidade se iniciou, já tem puxa-saco do prefeito Dr. Pessoa querendo sugerir que ele mude de local onde Firmino não fez nada. Tá difícil.

Alô! Alô!

Há mais de 20 dias o HGV não realiza cirurgia bucomaxilo porque a Fundação Hospitalar não libera material cirúrgico.
Acaba não, mundão!

João Calçamento

Pessoinha, o filho do prefeito de Teresina, pode até não se eleger deputado. Mas de tanto fazer as coisas na Eturb pensando em votos, apelido ele já ganhou: chamam-no João Calçamento.

Concurso do BB

As inscrições para o concurso do Banco do Brasil foram prorrogadas até sete de agosto próximo. Oferece 2.240 imediatas e 2.240 para formação de cadastro de reserva, para todos os estados e o Distrito Federal. 
No Piauí, são 18 vagas imediatas e 13 para cadastro de reserva. A seleção é para o cargo de escriturário. 
As inscrições podem ser feitas pelo site da Cesgranrio.

Sputnik V

O Ministério da Saúde russo suspendeu o envio de 1,1 milhão de doses da vacina Sputnik V aos estados do Nordeste. O Piauí importaria 66 mil doses desse imunizante que foi comprado pelos governadores através do Consórcio do Nordeste.

Desfazendo 

A ruptura do acordo aconteceu depois que o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, descartou publicamente a necessidade dos imunizantes Sputnik V e Covaxin no PNI (Plano Nacional de Imunização).

Restrições 

A importação das vacinas russas foi autorizada pela Anvisa de modo excepcional e temporário. A agência determinou a aplicação dos imunizantes em apenas 1% da população dos estados solicitantes. 
Resta saber como os governadores do NE vão resolver esse impasse.

Pego no pulo

Parece até coisa de novela, mas ontem uma situação inusitada ocorreu em Teresina. Um jovem de 23 anos foi até à delegacia para registrar um boletim de ocorrência, mas foi preso em flagrante. 
O motivo? Ele tinha um mandado de prisão preventiva contra ele por um homicídio que ocorreu em 2019. O azar chegou aí e ficou. 

Ping-Pong
O cobrador

Década de 70. O telefone toca na redação do O Estado, na rua Álvaro Mendes. Pires de Sabóia, recém-chegado de Fortaleza, manda dizer que não está. Montegomery Hollanda (outro cearense), era o editor-chefe do jornal e foi quem atendeu ao telefone. Do outro lado da linha a pessoa procurava por Francisco Pires de Sabóia.

Montgomery: “Por que você não atendeu?”.
Pires (sarcástico): “Porque estando aqui somente há três meses e a pessoa já sabendo meu nome completo, só pode ser o cobrador das Casas Pernambucanas”.

Expressas

O governador Wellington Dias lançou o Cartão Sasc Emergencial, que beneficiará cerca de 15 mil famílias que vivem em extrema vulnerabilidade social no Piauí. 

O benefício será de R$ 200, pago em forma de crédito no cartão, pelo período de dois meses, e só poderá ser usado para aquisição de alimentos e medicamentos. 

Conforme dados do COE da FMS, Teresina teve redução de 18% nos óbitos por síndrome respiratória grave (Covid), na 29ª Semana Epidemiológica, de 18 a 24/07. 

O que tem ocorrido em Conceição do Canindé é do conhecimento até dos de fora do Piauí, menos dos gestores estaduais, a quem competiria desenvolver ações que possam dar condições a quem está voltado a produzir alimentos. Falta a ação de governo. Os irrigantes se viram como podem. O economista, ex-vice-governador, ex-deputado federal Felipe Mendes, lembra que no município, às margens do rio Canindé, e em cima da chapada, existem cerca de cem produtores de frutas irrigando com óleo diesel, em sua maioria, cerca de 500 hectares de melão, goiaba, tomate e outras frutas. Por que isso? Porque a energia elétrica é precária. E, olhe que a concessionária até tentou, mas na base de um acordo um tanto leonino para os produtores.  “Com a linha de energia elétrica, que custaria R$ 2,2 milhões, seria possível duplicar a área irrigada, que permitiria aos produtores a redução no custo de produção, e à empresa, o aumento do faturamento; para o Estado, mais emprego e mais arrecadação”, diz Felipe Mendes. Mas o projeto não andou porque a empresa só entraria com R$ 200 mil e os R$ 2 milhões restantes seriam pagos pelos produtores. Apelaram ao governo que alegou não ter dinheiro. Ah, tem dinheiro sim, para distribuir com secretarias como as de Turismo, Desenvolvimento Econômico, Agronegócios, fazer calçamentos e até estradas, mas naquele jeito em que parte do dinheiro se evapora. Tanto assim que para essa gente a estrada que liga Conceição do Canindé a Jacobina, e de lá a Petrolina, está intrafegável. Como não deve render nem votos, não interessa a sua recuperação. Por conta disso, a produção de hortifrútis de Conceição do Canindé não chega ao mercado externo. Mesmo assim, sem assistência de um governo cujo gestor só pensa na próxima eleição, os produtores se esforçam para tornar a região produtiva. E que esforço! A água utilizada por quem está em cima da chapada é de poços tubulares, e para quem está no vale do rio Canindé provém da barragem antes denominada Pedra Redonda, construída com recursos de emendas que o então deputado federal Felipe Mendes aprovou no orçamento da União. Hoje, por projeto de lei do deputado Júlio Arcoverde, a barragem se chama Joaquim Mendes, pai de Felipe que, em 1988, lhe disse que havia um estudo feito pelo DNOCS no início dos anos 1950, para a construção dessa barragem. “Meu pai então me pediu para trabalhar pela obra, e não somente pela barragem de Piracuruca”, enfatiza Felipe Mendes. Sem qualquer utilidade, como fazem os produtores de Conceição do Canindé, a água da maioria das barragens construídas no Piauí serve para passarinho beber ou para os filhos dos ricos das cidades andarem de jet-ski porque a ação do governo do estado, como se sabe, é nula.  

Advogado Alessandro Lopes, na disputa da vaga de desembargador do TJ-PI, no 5º Constitucional tem viajado pelo Piauí (Foto: divulgação)

Alessandro Lopes

Taí um sujeito que tem recebido muitas adesões de advogados à candidatura ao Quinto Constitucional, na disputa da vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí. Simples, sobretudo humilde, Lopes é um cidadão de bem, um árduo defensor da boa justiça. 

O cara

O ex-prefeito de Canto do Buriti, Marcos Nunes Chaves, mostra que tem prestígio. O seu retorno ao Democratas (DEM) foi avalizado pelo presidente nacional da sigla, ACM Neto.

Candidatíssimo

O ato da assinatura ocorreu ontem, em Brasília, tendo como testemunhas o ex-senador  Heráclito Fortes, o presidente regional do DEM, Ronney Lustosa. Marcos avisa que é candidatíssimo a deputado federal.  

Justiça piorada

O evento ocorreu em novembro do ano passado, mas não se sabe por que ontem era veiculado nas redes sociais o ranking do Prêmio CNJ de qualidade onde o Tribunal de Justiça do Piauí aparece em último lugar. Não mereceu qualquer prêmio.
Os melhores tribunais mereceram os prêmios Diamante, Ouro e Prata.
Os piores, como Maranhão, Piauí, Pará ficaram “Sem Prêmio”.
Mas isso não deve incomodar nossos magistrados. Não é?

TRT é melhor

Quem soltou soltando rojões, orgulhosos do seu tribunal, foram os desembargadores federais do TRT-PI.
Que recebeu o prêmio CNJ na categoria Ouro.

TRE segue o TJ

O TRE Piauí também não recebeu nenhum prêmio. Patrimonialismo
Político brasileiro é patrimonialista por excelência. E não seria para menos, pois herdou esse vício de Pero Vaz de Caminha que, em carta ao rei de Portugal contando as maravilhas da terra de Santa Cruz, aproveitou e pediu que o rei enviasse para cá seu genro, Jorge de Osório.
Que aqui teria emprego garantido.

Família unida

Pois bem, nesse patrimonialismo que começou no descobrimento do Brasil, não é de se estranhar que o senador Ciro Nogueira tenha colocado a sua santa mãezinha no seu lugar no Senado, enquanto ele faz a vida como ministro do Gabinete Civil. Família unidade que... deixa pra lá.

Puxadinhos

Mas os que atacam o senador-ministro por conta desse patrimonialismo desmedido precisam ver que usar parente nas coisas públicas, seja como seu suplente, seus ‘laranjas’, ou como empregados comissionados é regra – e não exceção – entre todos os políticos brasileiros. Nordestinos, então, parecem usar Assembleias Legislativas, Congresso Nacional, como um puxadinho de suas casas. 

Aí tem coisa!

Todo dia a mídia desencava coisas (feias) envolvendo Ciro Nogueira. Agora, segundo O Globo e tantos outros portais e jornais, a Receita acocha o senador por conta de movimentação suspeita de R$ 17 milhões. Que desconfia seja produto de propina.

Aviso à praça

O empresário James Andrade, da Nova Ceasa, avisa que um vigarista está usando um número de celular – que não é o dele – com sua foto, certamente para aplicar golpes. Ele avisa que continua com o mesmo número de celular.

Ação estabanada

Está tendo forte reação popular à ideia do prefeito Dr. Pessoa em transformar o hospital do bairro Buenos Aires em maternidade única.
As demais serão fechadas?

Silvio fala

Ainda ontem o ex-prefeito Silvio Mendes fez postagem nas redes sociais mostrando indignação com a notícia. “Não acredito, Lourival!”, exclamou Silvio ao afirmar que não acredita que Pessoa ‘permita esse desatino’. 

Corpo clínico

Silvio Mendes informa que as maternidades do Promorar, do Dirceu e Satélite foram construídas em sua gestão para dotar cada região com melhor assistência à população, através de bons corpos clínicos.

Projeto social

Jane Broder, viúva do engenheiro Roberto Broder, esteve ontem com a primeira dama de Parnaíba, Adalgisa Moraes Souza, fazendo doação de extensa área pertencente à empresa Roberto Broder Construções Ltda.
Para a prefeitura fazer uma regularização fundiária no espaço onde residem mais de 300 famílias.

Planalto Roberto Broder

Denominada de Planalto Montserrat, a área passará a se chamar Planalto Roberto Broder, que ontem, fez quatro meses de seu falecimento.
O que se espera é que a prefeitura desenvolva projeto social com essas famílias. 

Concurso sob suspeita

A notícia de que um figurão do judiciário piauiense já estaria comemorando o resultado do concurso na Câmara de Vereadores de Teresina está levando muita gente a desconfiar de que já praticaram fraude. Afinal, nem a direção da Câmara informou o dia que o resultado será divulgado. 

Quem será?

Então, a desconfiança que fica é que pode surgir um ‘gênio’ do Direito entre os aprovados. 

Aniversário de Teresina

A partir desse domingo deve começar a extensa programação de aniversário de Teresina. Dr. Pessoa quer que essas festas durem pelo menos um mês, inaugurando quadras de esportes, faixas pintadas, calçamento e claro, haverá o tradicional corte do gigantesco bolo.

Onde será?

Como Firmino Filho cortava o bolo no bairro Poty Velho, onde a cidade se iniciou, já tem puxa-saco do prefeito Dr. Pessoa querendo sugerir que ele mude de local onde Firmino não fez nada. Tá difícil.

Alô! Alô!

Há mais de 20 dias o HGV não realiza cirurgia bucomaxilo porque a Fundação Hospitalar não libera material cirúrgico.
Acaba não, mundão!

João Calçamento

Pessoinha, o filho do prefeito de Teresina, pode até não se eleger deputado. Mas de tanto fazer as coisas na Eturb pensando em votos, apelido ele já ganhou: chamam-no João Calçamento.

Concurso do BB

As inscrições para o concurso do Banco do Brasil foram prorrogadas até sete de agosto próximo. Oferece 2.240 imediatas e 2.240 para formação de cadastro de reserva, para todos os estados e o Distrito Federal. 
No Piauí, são 18 vagas imediatas e 13 para cadastro de reserva. A seleção é para o cargo de escriturário. 
As inscrições podem ser feitas pelo site da Cesgranrio.

Sputnik V

O Ministério da Saúde russo suspendeu o envio de 1,1 milhão de doses da vacina Sputnik V aos estados do Nordeste. O Piauí importaria 66 mil doses desse imunizante que foi comprado pelos governadores através do Consórcio do Nordeste.

Desfazendo 

A ruptura do acordo aconteceu depois que o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, descartou publicamente a necessidade dos imunizantes Sputnik V e Covaxin no PNI (Plano Nacional de Imunização).

Restrições 

A importação das vacinas russas foi autorizada pela Anvisa de modo excepcional e temporário. A agência determinou a aplicação dos imunizantes em apenas 1% da população dos estados solicitantes. 
Resta saber como os governadores do NE vão resolver esse impasse.

Pego no pulo

Parece até coisa de novela, mas ontem uma situação inusitada ocorreu em Teresina. Um jovem de 23 anos foi até à delegacia para registrar um boletim de ocorrência, mas foi preso em flagrante. 
O motivo? Ele tinha um mandado de prisão preventiva contra ele por um homicídio que ocorreu em 2019. O azar chegou aí e ficou. 

Ping-Pong
O cobrador

Década de 70. O telefone toca na redação do O Estado, na rua Álvaro Mendes. Pires de Sabóia, recém-chegado de Fortaleza, manda dizer que não está. Montegomery Hollanda (outro cearense), era o editor-chefe do jornal e foi quem atendeu ao telefone. Do outro lado da linha a pessoa procurava por Francisco Pires de Sabóia.

Montgomery: “Por que você não atendeu?”.
Pires (sarcástico): “Porque estando aqui somente há três meses e a pessoa já sabendo meu nome completo, só pode ser o cobrador das Casas Pernambucanas”.

Expressas

O governador Wellington Dias lançou o Cartão Sasc Emergencial, que beneficiará cerca de 15 mil famílias que vivem em extrema vulnerabilidade social no Piauí. 

O benefício será de R$ 200, pago em forma de crédito no cartão, pelo período de dois meses, e só poderá ser usado para aquisição de alimentos e medicamentos. 

Conforme dados do COE da FMS, Teresina teve redução de 18% nos óbitos por síndrome respiratória grave (Covid), na 29ª Semana Epidemiológica, de 18 a 24/07. 

A vergonhosa falta d'água O que se vai ganhar com o novo ministro?