1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Decolagem complicada
Publicidade

Decolagem complicada

Menos de duas semanas atrás, o ministro Ciro Nogueira, da Casa Civil, discursando em um evento político, disse que um prefeito que o apoia, teria sido procurado por Wellington Dias para que votasse no candidato petista ao governo, Rafael Fonteles. Diante da recusa, o ex-governador teria dito que o prefeito, então, votasse nele para senador, ficando livre para acompanhar outro candidato a governador. Relatou Ciro Nogueira que isso deixou o candidato petista chateado. É evidente que podem dizer que a fala de Ciro se baseia em uma falsa narrativa, mas uma fonte não ligada à política partidária contou para a coluna que sim, houve prefeitos procurados pelo próprio Rafael que recusaram a oferta de votar nele, mas informaram que vão votar em Wellington Dias para senador. Também se poderá dizer que esta é uma especulação, porque nessa hora todos pedem reserva de nomes, datas e outros dados que possam revelar a fonte da informação, mas já são fatos recorrentes as dificuldades enfrentadas pelo candidato do PT ao Palácio de Karnak. Mesmo com todo o aparato da máquina estatal, Pro-Piauí e outras máquinas de produção de favores eleitorais, parece haver um impeditivo poderoso: a inanição da candidatura oficial, o que torna mais custoso qualquer esforço para fazê-lo subir. E como políticos se movem menos pela solidariedade e mais pela salvação de seus pescoços, será preciso mais do que sorrisos e promessas na atual campanha governista para salvar Rafael e Wellington, temeroso de ser atrapalhado, aceita votos até do capeta, ou seja, ainda que seja coligado com o candidato Silvio Mendes. 

Ciro Nogueira e Elon Musk, na passagem do bilionário pelo Brasil. Vai comprar o River?  

Mais uma

Depois de Esperantina, onde foram recebidos aos gritos de caloteiros pelos professores, agora foi em Água Branca que os grevistas foram dar “boas-vindas” a Wellington Dias e Rafael Fonteles, candidatos do PT ao governo e ao Senado.
O ex-secretário de Fazenda ainda foi brindado com o apelido de “Pé de Chumbo Engomadinho”.

Troféu pior do ano

A rádio calçada informa que as malfeitorias ocorridas na Secretaria de Segurança são cafés pequenos perto das traquinagens administrativas dadas na Secretaria de Saúde do Piauí.
Os colunistas substitutos não duvidam é de nada.

Olha, olha!

Sob o comando do dr. Florentino Neto, a Secretaria de Saúde do Piauí, virou um deserto de licitações, pois todas as compras eram feitas no ambiente de emergência sanitária da covid-19. O resultado é que pode e deve certamente ter havido espaços gigantescos para as malfeitorias de toda ordem.

Contas especiais

Fala-se que o TCE vai pedir uma tomada de contas especiais na Sesapi. É bom que faça, porque o tamanho dos problemas é de causar espanto.
E bota espanto nisso.

Concorrentes

Mas os colunistas substitutos gostam de lembrar que as zonas cinzentas deveriam ser feitas na maior parte do governo, e não apenas em duas secretarias nas quais o domínio é de competidores diretos do marido da presidente da corte de contas.

Agespisa

O novo presidente da Agespisa chama-se Leonardo. Já se apresentou e tem tomado “ciência” das coisas. Vem de Piripiri, mesma cidade do ex, Genival, que está se aventurando a um mandato parlamentar. 
Quando será sabatinado?  

Amante, só na moita

Rafael Fonteles até deseja o apoio de Dr. Pessoa em sua pretensão de ser governador do Piauí, mas o petista quer que isso aconteça com discrição máxima – assim como se o grupo político do Palácio da Cidade fosse uma espécie de amante que precisa ser escondida para não causar problemas no casamento.
Dr pessoa, nesse caso, seria a amante que só é bom aparecer no escuro. 

Tira voto

O apoio de Dr. Pessoa só é bom do ponto de vista logístico – e olhe lá, com mais proveito para políticos espertos como Jeová Alencar, que se enfronhou na administração municipal fazendo-se eminência parda do regime.
Para quem concorre a cargo majoritário, ter apoio do Dr. Pessoa tira é voto.

Ah, ele sabe!

Rafael Fonteles e Wellington Dias sabem disso. Tanto que trataram de não aparecer mais ao lado de Pessoa.
Rafael, aliás, está tentando obter votos em Teresina à custa do apoio de vereadores, muito bem aquinhoados (ou seria, locupletados) pela máquina eleitoral petista.

Musk River

Ciro Nogueira foi um dos ministros de Bolsonaro presente à reunião com Elon Musk. Logo que as fotos foram publicadas em redes sociais, seguidores do ministro perguntaram se o bilionário veio comprar o River.

Negócios

Musk certamente não tem esse tipo de interesse, mas há tratativas para que o River se transforme em uma empresa, sendo vendido a algum investidor.
Desde o começo do mês, o Galo está fora de uma de suas mais certas fontes de renda, a Timemania, que agora tem como clube do Piauí, o Altos.

Vacina

A passagem de Musk no Brasil, como um meteoro que atrai todas as atenções, ofuscou uma ação muito mais objetiva e efetiva do governo brasileiro: ontem foi publicada a Lei número 14.343, resultante da MP 1.081, que a autoriza o Executivo a doar imunizantes contra a covid-19 a outros países afetados pela pandemia causada pelo coronavírus SARS-CoV.

Fora do prumo

Os colunistas substitutos acham meio fora do eixo, mas o fato é que a Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina – Arsete – fez contrato com a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo para comprar serviços de um curso definido como pós-graduação em sentido lato (lato sensu), na modalidade “MBA Master of Business Administration”, com o título de “MBA PPP e Concessões”.
Aí tem!!!!!

Briga 1

Por sua assessoria, o deputado estadual neopetista Oliveira Neto acusa o prefeito de Miguel Alves, Veim da Fretraf, de divulgar informações inverídicas para impedir que eventos encabeçados por pessoas de fora da gestão municipal aconteçam na cidade. 

Briga 2

Ainda segundo a assessoria, evento intitulado “Miguel Alves Solidária”, marcado para 23 de maio, resulta da união de um grupo de amigos solidários, empresários do município e da capital Teresina, com recursos próprios.
E a emenda parlamentar? 

Tudo eu!

Segundo a assessoria, Oliveira Neto apoiou o evento como filho da cidade Miguel Alves, dando suporte apenas de divulgação. 
Diz ainda que a festa tem por objetivo a arrecadação de alimentos, que serão destinados à população carente da região, não havendo forma, dinheiro público envolvido na realização do evento.

Caroço  no angu

Vem cá, não seria melhor que os generosos amigos do deputado estadual neopetista Oliveira Neto e ele próprio coçassem seus robustos bolsos, comprassem os alimentos e os destinassem aos pobres de Miguel Alves, em vez de ficar fazendo uma festa cara para arrecadar comida de gente pobre e honesta da mesma cidade?

Francamente…

O que vão pagar para Safadão é mais que a arrecadação que farão para os pobres. 
Deixem de hipocrisia.

Rádio

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado e do Congresso Nacional, assinou decreto em que aprova ato previsto na Portaria nº 212, de 18 de julho de 2013, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, que renova, por dez anos, a concessão outorgada à Rádio Mafrense Ltda. para explorar, sem direito de exclusividade, serviço de radiodifusão sonora em onda média no município de Simplício Mendes.

Rádio 2

Com o mesmo fim, Pacheco assinou decreto que outorga autorização à Associação Comunitária de Radiodifusão de São João da Serra para executar serviço de radiodifusão comunitária naquele município do norte do Piauí.

Tá perto! Tá quente!

Ontem, 90 policiais federais deflagaram operação contra corrupção no Ceará. Dois juízes estão no foco. 
Sinais exteriores de riqueza, lavagem de dinheiro, um fato comum lá, aqui e acolá.

Ping-pong

Produto de exportação

José do Patrocínio Paes Landim, presidente da Piemtur, depara-se com Zé de Maria, o célebre agitador cultural parnaibano. Contrito, Zé está lendo um jornal, inteirando-se sobre a polêmica quanto à ausência das obras do porto de Luiz Correia no propalado Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
Patró: "Zé, é uma pena que o porto tenha ficado de fora do PAC."
Zé de Maria: "Eu não acho. Fazer porto pra exportar o quê? Só se for o único produto que temos em abundância, que é gente ociosa!"

Originalmente publicado em 5 de maio de 2007.

Expressas 

O último levantamento da FioCruz, até 18 de abril, apontou que 783.848 pessoas no Piauí, estavam atrasadas para receber a terceira dose da vacina contra a covid-19.

A governadora do Piauí, Regina Sousa, publicou o decreto que autoriza a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) a reorganizar o calendário escolar da rede estadual de ensino.

No documento, divulgado no Diário Oficial do Estado também fica estabelecido o corte do ponto dos professores que permanecerem em greve. A efetivação do calendário deve ser feita a partir do dia 23 de maio.

*Esta coluna é de responsabilidade dos colaboradores do Portal AZ

Menos de duas semanas atrás, o ministro Ciro Nogueira, da Casa Civil, discursando em um evento político, disse que um prefeito que o apoia, teria sido procurado por Wellington Dias para que votasse no candidato petista ao governo, Rafael Fonteles. Diante da recusa, o ex-governador teria dito que o prefeito, então, votasse nele para senador, ficando livre para acompanhar outro candidato a governador. Relatou Ciro Nogueira que isso deixou o candidato petista chateado. É evidente que podem dizer que a fala de Ciro se baseia em uma falsa narrativa, mas uma fonte não ligada à política partidária contou para a coluna que sim, houve prefeitos procurados pelo próprio Rafael que recusaram a oferta de votar nele, mas informaram que vão votar em Wellington Dias para senador. Também se poderá dizer que esta é uma especulação, porque nessa hora todos pedem reserva de nomes, datas e outros dados que possam revelar a fonte da informação, mas já são fatos recorrentes as dificuldades enfrentadas pelo candidato do PT ao Palácio de Karnak. Mesmo com todo o aparato da máquina estatal, Pro-Piauí e outras máquinas de produção de favores eleitorais, parece haver um impeditivo poderoso: a inanição da candidatura oficial, o que torna mais custoso qualquer esforço para fazê-lo subir. E como políticos se movem menos pela solidariedade e mais pela salvação de seus pescoços, será preciso mais do que sorrisos e promessas na atual campanha governista para salvar Rafael e Wellington, temeroso de ser atrapalhado, aceita votos até do capeta, ou seja, ainda que seja coligado com o candidato Silvio Mendes. 

Ciro Nogueira e Elon Musk, na passagem do bilionário pelo Brasil. Vai comprar o River?  

Mais uma

Depois de Esperantina, onde foram recebidos aos gritos de caloteiros pelos professores, agora foi em Água Branca que os grevistas foram dar “boas-vindas” a Wellington Dias e Rafael Fonteles, candidatos do PT ao governo e ao Senado.
O ex-secretário de Fazenda ainda foi brindado com o apelido de “Pé de Chumbo Engomadinho”.

Troféu pior do ano

A rádio calçada informa que as malfeitorias ocorridas na Secretaria de Segurança são cafés pequenos perto das traquinagens administrativas dadas na Secretaria de Saúde do Piauí.
Os colunistas substitutos não duvidam é de nada.

Olha, olha!

Sob o comando do dr. Florentino Neto, a Secretaria de Saúde do Piauí, virou um deserto de licitações, pois todas as compras eram feitas no ambiente de emergência sanitária da covid-19. O resultado é que pode e deve certamente ter havido espaços gigantescos para as malfeitorias de toda ordem.

Contas especiais

Fala-se que o TCE vai pedir uma tomada de contas especiais na Sesapi. É bom que faça, porque o tamanho dos problemas é de causar espanto.
E bota espanto nisso.

Concorrentes

Mas os colunistas substitutos gostam de lembrar que as zonas cinzentas deveriam ser feitas na maior parte do governo, e não apenas em duas secretarias nas quais o domínio é de competidores diretos do marido da presidente da corte de contas.

Agespisa

O novo presidente da Agespisa chama-se Leonardo. Já se apresentou e tem tomado “ciência” das coisas. Vem de Piripiri, mesma cidade do ex, Genival, que está se aventurando a um mandato parlamentar. 
Quando será sabatinado?  

Amante, só na moita

Rafael Fonteles até deseja o apoio de Dr. Pessoa em sua pretensão de ser governador do Piauí, mas o petista quer que isso aconteça com discrição máxima – assim como se o grupo político do Palácio da Cidade fosse uma espécie de amante que precisa ser escondida para não causar problemas no casamento.
Dr pessoa, nesse caso, seria a amante que só é bom aparecer no escuro. 

Tira voto

O apoio de Dr. Pessoa só é bom do ponto de vista logístico – e olhe lá, com mais proveito para políticos espertos como Jeová Alencar, que se enfronhou na administração municipal fazendo-se eminência parda do regime.
Para quem concorre a cargo majoritário, ter apoio do Dr. Pessoa tira é voto.

Ah, ele sabe!

Rafael Fonteles e Wellington Dias sabem disso. Tanto que trataram de não aparecer mais ao lado de Pessoa.
Rafael, aliás, está tentando obter votos em Teresina à custa do apoio de vereadores, muito bem aquinhoados (ou seria, locupletados) pela máquina eleitoral petista.

Musk River

Ciro Nogueira foi um dos ministros de Bolsonaro presente à reunião com Elon Musk. Logo que as fotos foram publicadas em redes sociais, seguidores do ministro perguntaram se o bilionário veio comprar o River.

Negócios

Musk certamente não tem esse tipo de interesse, mas há tratativas para que o River se transforme em uma empresa, sendo vendido a algum investidor.
Desde o começo do mês, o Galo está fora de uma de suas mais certas fontes de renda, a Timemania, que agora tem como clube do Piauí, o Altos.

Vacina

A passagem de Musk no Brasil, como um meteoro que atrai todas as atenções, ofuscou uma ação muito mais objetiva e efetiva do governo brasileiro: ontem foi publicada a Lei número 14.343, resultante da MP 1.081, que a autoriza o Executivo a doar imunizantes contra a covid-19 a outros países afetados pela pandemia causada pelo coronavírus SARS-CoV.

Fora do prumo

Os colunistas substitutos acham meio fora do eixo, mas o fato é que a Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina – Arsete – fez contrato com a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo para comprar serviços de um curso definido como pós-graduação em sentido lato (lato sensu), na modalidade “MBA Master of Business Administration”, com o título de “MBA PPP e Concessões”.
Aí tem!!!!!

Briga 1

Por sua assessoria, o deputado estadual neopetista Oliveira Neto acusa o prefeito de Miguel Alves, Veim da Fretraf, de divulgar informações inverídicas para impedir que eventos encabeçados por pessoas de fora da gestão municipal aconteçam na cidade. 

Briga 2

Ainda segundo a assessoria, evento intitulado “Miguel Alves Solidária”, marcado para 23 de maio, resulta da união de um grupo de amigos solidários, empresários do município e da capital Teresina, com recursos próprios.
E a emenda parlamentar? 

Tudo eu!

Segundo a assessoria, Oliveira Neto apoiou o evento como filho da cidade Miguel Alves, dando suporte apenas de divulgação. 
Diz ainda que a festa tem por objetivo a arrecadação de alimentos, que serão destinados à população carente da região, não havendo forma, dinheiro público envolvido na realização do evento.

Caroço  no angu

Vem cá, não seria melhor que os generosos amigos do deputado estadual neopetista Oliveira Neto e ele próprio coçassem seus robustos bolsos, comprassem os alimentos e os destinassem aos pobres de Miguel Alves, em vez de ficar fazendo uma festa cara para arrecadar comida de gente pobre e honesta da mesma cidade?

Francamente…

O que vão pagar para Safadão é mais que a arrecadação que farão para os pobres. 
Deixem de hipocrisia.

Rádio

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado e do Congresso Nacional, assinou decreto em que aprova ato previsto na Portaria nº 212, de 18 de julho de 2013, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, que renova, por dez anos, a concessão outorgada à Rádio Mafrense Ltda. para explorar, sem direito de exclusividade, serviço de radiodifusão sonora em onda média no município de Simplício Mendes.

Rádio 2

Com o mesmo fim, Pacheco assinou decreto que outorga autorização à Associação Comunitária de Radiodifusão de São João da Serra para executar serviço de radiodifusão comunitária naquele município do norte do Piauí.

Tá perto! Tá quente!

Ontem, 90 policiais federais deflagaram operação contra corrupção no Ceará. Dois juízes estão no foco. 
Sinais exteriores de riqueza, lavagem de dinheiro, um fato comum lá, aqui e acolá.

Ping-pong

Produto de exportação

José do Patrocínio Paes Landim, presidente da Piemtur, depara-se com Zé de Maria, o célebre agitador cultural parnaibano. Contrito, Zé está lendo um jornal, inteirando-se sobre a polêmica quanto à ausência das obras do porto de Luiz Correia no propalado Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
Patró: "Zé, é uma pena que o porto tenha ficado de fora do PAC."
Zé de Maria: "Eu não acho. Fazer porto pra exportar o quê? Só se for o único produto que temos em abundância, que é gente ociosa!"

Originalmente publicado em 5 de maio de 2007.

Expressas 

O último levantamento da FioCruz, até 18 de abril, apontou que 783.848 pessoas no Piauí, estavam atrasadas para receber a terceira dose da vacina contra a covid-19.

A governadora do Piauí, Regina Sousa, publicou o decreto que autoriza a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) a reorganizar o calendário escolar da rede estadual de ensino.

No documento, divulgado no Diário Oficial do Estado também fica estabelecido o corte do ponto dos professores que permanecerem em greve. A efetivação do calendário deve ser feita a partir do dia 23 de maio.

*Esta coluna é de responsabilidade dos colaboradores do Portal AZ

Pedaladas e irresponsabilidades As contas de Marcelo Castro