1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Os votos e os não-votos
Publicidade

Os votos e os não-votos

Começa-se desenhar no Brasil uma teoria conspiratória segundo a qual a abstenção poderá favorecer o candidato do PT. Trata-se de uma leitura de números mágicos, aqueles sacados de uma cartola, favorecida pelo fato de que em duas eleições latino-americanas vencidas por candidatos esquerdistas, no Chile e na Colômbia, a abstenção foi maior que o número de votos obtidos pelos vencedores. Esta é uma leitura matreira porque ao comparar com o Brasil não esclarece sobre o caráter facultativo do voto nos dois países, além de ignorar o fato de que, em eleições anteriores, vencidas por candidatos conservadores na Colômbia e Chile, também foi maior a abstenção que os votos dados aos eleitos – ou seja, há de fato um desinteresse dos eleitores pelo processo de escolha. É bastante razoável, aliás, que se imagine no Brasil a possibilidade de se ter tal circunstância, de mais não-votos que votos ao vencedor. Tomem-se os números do segundo turno da eleição presidencial de 2018, quando, 31,3 milhões de eleitores não compareceram às urnas, o equivalente a 21,3% do total – uma repetição percentual do que se viu quatro anos antes. Quando as ausências nas urnas se somaram aos votos nulos e brancos, registraram-se em 2018 42,1 milhões de eleitores que não escolheram nenhum candidato, cerca de um terço do total. O eleito, Jair Bolsonaro teve 57,7 milhões de votos, contra 47 milhões de votos do derrotado Fernando Haddad. Pode-se alegar que elevada abstenção agora com mais nulos e branco irá desfavorecer os candidatos, sobretudo, quem sair perdedor, mas é preciso lembrar que quem não comparecer às urnas ou vai lá e não escolhe um candidato age de modo legítimo. O papel fundamental de quem disputa é convencer não seus eleitores, mas os abstinentes a optar por uma das propostas postas à escolha deles.

Cícero Magalhães, Franzé, Francisco Lima bateram palmas para prisão de ex-ministro da educação. No entanto, silenciam sobre investigações federais na Seduc 

Asfalto do Pessoinha

Vem aí um pacote de obras de asfaltamento da cidade pela ex-falida Empresa Teresinense de Urbanização (Eturb), donataria municipal entregue ao filho do prefeito Dr. Pessoa, João Duarte, o Pessoinha.
Deverão ser recapeadas pelo menos 100 vias em todas as zonas de Teresina.

Agora vai?

Depois de três tentativas, finalmente a prefeitura de Teresina conseguiu fazer a licitação da obra paralisada da Ponte entre o bairro Água Mineral e o Setor de Esporte da Universidade Federal do Piauí, que faz parte do Pacto pela Mobilidade.
A empresa vencedora da licitação é o Consórcio Construtor Teresina, que se dispõe a construir a ponte por R$ 41.431.514,19.
Aguardem os aditivos. Aguardem! 

No vermelho

Enquanto isso, uma das empreiteiras de maior êxito no Piauí, a Construtora Sucesso, do Grupo Claudino, vê crescer seus prejuízos.
A empresa fechou 2020 com um prejuízo de R$ 9,169 milhões. No ano passado, as perdas cresceram, atingindo R$ 11,736 milhões.

Sangue

Está em curso na Secretaria Municipal de Administração uma licitação no valor de R$ 2,7 milhões para compra de analisadores automáticos para a realização de exames de hemoglobina glicada por metodologia de Cromatografia Líquida da Alta Performance (HPLC), destinados a atender as necessidades da Fundação Municipal de Saúde.

Previdência

O BB Previdência foi quem ganhou a concorrência para ser o fundo previdenciário complementar dos servidores da Prefeitura de Teresina.
Superou a Fundação Banrisul de Seguridade Social, Fundação Viva de Previdência, a Capesesp - Caixa de Previdência e Assistência dos Servidores da Fundação Nacional de Saúde e a PrevNordeste.

Prev o quê?

Última colocada na concorrência para ser o fundo de previdência complementar dos servidores municipais de Teresina, a PrevNordeste é uma invencionice dos governadores do Nordeste reunidos em consórcio.
A pontuação baixa na concorrência (170 pontos, contra 339 da entidade vencedora) dá bem uma ideia da embromação que pode vir a ser esse fundo de previdência paraestatal.

Climatização

A Fundação Municipal de Saúde vai comprar R$ 1.890.654,88 em aparelhos de ar-condicionado. A licitação deve ocorrer no dia 6 de julho.

Prisão festejada na Alepi

A prisão do ex-ministro da Educação, pastor Milton Ribeiro, fez a alegria dos deputados estaduais petistas, ontem, na Assembleia Legislativa. Falaram sobre o tema Cícero Magalhães, Francisco Lima, Franzé Silva e Francisco Costa, todos comentando a ação da Polícia Federal e lembrando da ligação de Ciro Nogueira (Casa Civil) com o Fundo Nacional de Desenvolvimento na Educação.

Olha, olha!

O deputado estadual Gustavo Neiva, do Progressistas, também abordou o tema, dizendo-se feliz por assistir aos parlamentares do PT elogiarem a atuação da Polícia Federal, da Justiça Federal, do Ministério Público Federal e até do Supremo Tribunal Federal na apuração de denúncias contra membros e ex-membros do governo. 
Para ele, são as instituições que sustentam a democracia.

Atentai bem

Neiva disse que “em passado recente, numa época de mensalão, de petrolão foram presos os ex-tesoureiros do PT, o núcleo duro do PT foi preso, dentre eles os ex-ministro José Dirceu, e Antônio Palocci. O PT criticava abertamente as instituições e hoje bate palmas quando um ex-ministro do atual governo é preso”. 

Topique

Mas, assim como os deputados petistas aplaudiram a operação de ontem, ficaram pianinhos, surdos e mudos, quando a mesma PF bateu na casa da ex-primeira-dama e secretária de Educação  Rejane Dias, alguns anos atrás, apurando malfeitorias atribuídas a ela e a um séquito de assessores. 
Lembram da operação Topique? 

Buscas no palácio

Ainda hoje estão inconclusos os processos que apuram o envolvimento da então secretária, porque ela tem foro privilegiado. 
Mas no que compete à PF, as investigações seguem. 
À época a PF chegou a realizar busca e apreensões na Secretaria Estadual de Educação(duas ou três vezes) e até no Palácio de Karnack, sede do governo, apurando desvios de muito dinheiro do transporte escolar. 

Prenderam os bagrinhos

Mas mesmo diante de tantas provas carreadas para os autos do inquérito policial, ninguém foi preso, ou melhor, presos apenas figuras insignificantes entre os envolvidos. Os chamados bagrinhos. 

Crimes graves

Conta um policial que são muito graves aqueles crimes que envolveram a então secretária de Educação Rejane Dias, um Coronel da PM, de nome Ronald  assessor da mesma (dizem que esse está podre de rico) e, outras figuras carimbadas, inclusive parentes dela.
Sobre todas as questões apuradas no Piaui a bancada do PT silenciou, à época. 

Asfalto

Vai custar R$ 26.451.280,46 a pavimentação de ruas de municípios da Planície Litorânea, conforme contrato a ser celebrado entre a empreiteira PAC Engenharia, queridinha do atual governo, e a Secretaria de Transportes, que pertence a Hélio Isaías, um deputado estadual recém-chegado ao PT.

Aeródromos

Hélio Isaías deixou a Setrans no fim de março, mas na edição de terça-feira do Diário Oficial do Estado, lá estava o nome dele assinando termos de apostilamentos de contratos feitos para a pavimentação de pistas de pouso (aeródromos) em localidades como Cajueiro da Praia e Uruçuí.

Olha, olha!

O termo de apostilamento serve para reajustar os valores que o poder público vai pagar pelo serviço, com um artifício de separação dos insumos asfálticos dos serviços de pavimentação e a forma de cálculo dos índices de reajustamento compostos para misturas comerciais.
Essa mesma medida vai ser usada para obra de estrada da construtora Jurema.

Homenagem à PM

Assembleia Legislativa realiza hoje sessão solene pelos 187 anos da Polícia Militar do Piauí. A homenagem foi proposta pelo deputado coronel Carlos Augusto (MDB).

Vem cá!!!!

Ao dizer que fez esforços para tirar da cadeia os “meninos” que sequestraram Abílio Diniz, em 1998, Lula queria mesmo era dar um recado ao crime organizado de que nessa eleição de 2022 todos estarão juntos? 

Ping-pong

Sinais trocados

Augusto Franco, coronel político em Sergipe, praticamente um donatário de capitania hereditária, estava no aeroporto do Galeão, no Rio, quando uma moça da companhia aérea o interpela.
A moça: “O senhor é Augusto Franco, de Sergipe?”
Augusto: “Não, minha filha! Sergipe é que é de Augusto Franco”.

Expressas 

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), por meio da Pró-Reitoria de Ensino e Graduação (PREG), tornou público o edital de adesão do SISU 2022.2 com 1.965 vagas disponíveis em 56 cursos nos 12 campi da instituição. Confira o edital

O Estado do Piauí tem a 2ª gasolina mais cara do país, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgados nesta terça-feira (21). Na semana passada o valor médio do combustível ficou em R$ 7,890. O primeiro lugar ficou com o estado da Bahia, com o valor médio de  R$ 8,037.

Mantida pela Prefeitura Municipal de Teresina, através de um contrato de gestão com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, a Orquestra Sinfônica de Teresina agora é Patrimônio Cultural Imaterial do Piauí. Essa boa notícia para a cultura teresinense passou a vigorar desde o último dia 15 de junho, por meio da Lei n° 7.815, assinada pela Governadora do Estado do Piauí, Regina Sousa.

*Esta coluna é de responsabilidade dos colaboradores do Portal AZ

Começa-se desenhar no Brasil uma teoria conspiratória segundo a qual a abstenção poderá favorecer o candidato do PT. Trata-se de uma leitura de números mágicos, aqueles sacados de uma cartola, favorecida pelo fato de que em duas eleições latino-americanas vencidas por candidatos esquerdistas, no Chile e na Colômbia, a abstenção foi maior que o número de votos obtidos pelos vencedores. Esta é uma leitura matreira porque ao comparar com o Brasil não esclarece sobre o caráter facultativo do voto nos dois países, além de ignorar o fato de que, em eleições anteriores, vencidas por candidatos conservadores na Colômbia e Chile, também foi maior a abstenção que os votos dados aos eleitos – ou seja, há de fato um desinteresse dos eleitores pelo processo de escolha. É bastante razoável, aliás, que se imagine no Brasil a possibilidade de se ter tal circunstância, de mais não-votos que votos ao vencedor. Tomem-se os números do segundo turno da eleição presidencial de 2018, quando, 31,3 milhões de eleitores não compareceram às urnas, o equivalente a 21,3% do total – uma repetição percentual do que se viu quatro anos antes. Quando as ausências nas urnas se somaram aos votos nulos e brancos, registraram-se em 2018 42,1 milhões de eleitores que não escolheram nenhum candidato, cerca de um terço do total. O eleito, Jair Bolsonaro teve 57,7 milhões de votos, contra 47 milhões de votos do derrotado Fernando Haddad. Pode-se alegar que elevada abstenção agora com mais nulos e branco irá desfavorecer os candidatos, sobretudo, quem sair perdedor, mas é preciso lembrar que quem não comparecer às urnas ou vai lá e não escolhe um candidato age de modo legítimo. O papel fundamental de quem disputa é convencer não seus eleitores, mas os abstinentes a optar por uma das propostas postas à escolha deles.

Cícero Magalhães, Franzé, Francisco Lima bateram palmas para prisão de ex-ministro da educação. No entanto, silenciam sobre investigações federais na Seduc 

Asfalto do Pessoinha

Vem aí um pacote de obras de asfaltamento da cidade pela ex-falida Empresa Teresinense de Urbanização (Eturb), donataria municipal entregue ao filho do prefeito Dr. Pessoa, João Duarte, o Pessoinha.
Deverão ser recapeadas pelo menos 100 vias em todas as zonas de Teresina.

Agora vai?

Depois de três tentativas, finalmente a prefeitura de Teresina conseguiu fazer a licitação da obra paralisada da Ponte entre o bairro Água Mineral e o Setor de Esporte da Universidade Federal do Piauí, que faz parte do Pacto pela Mobilidade.
A empresa vencedora da licitação é o Consórcio Construtor Teresina, que se dispõe a construir a ponte por R$ 41.431.514,19.
Aguardem os aditivos. Aguardem! 

No vermelho

Enquanto isso, uma das empreiteiras de maior êxito no Piauí, a Construtora Sucesso, do Grupo Claudino, vê crescer seus prejuízos.
A empresa fechou 2020 com um prejuízo de R$ 9,169 milhões. No ano passado, as perdas cresceram, atingindo R$ 11,736 milhões.

Sangue

Está em curso na Secretaria Municipal de Administração uma licitação no valor de R$ 2,7 milhões para compra de analisadores automáticos para a realização de exames de hemoglobina glicada por metodologia de Cromatografia Líquida da Alta Performance (HPLC), destinados a atender as necessidades da Fundação Municipal de Saúde.

Previdência

O BB Previdência foi quem ganhou a concorrência para ser o fundo previdenciário complementar dos servidores da Prefeitura de Teresina.
Superou a Fundação Banrisul de Seguridade Social, Fundação Viva de Previdência, a Capesesp - Caixa de Previdência e Assistência dos Servidores da Fundação Nacional de Saúde e a PrevNordeste.

Prev o quê?

Última colocada na concorrência para ser o fundo de previdência complementar dos servidores municipais de Teresina, a PrevNordeste é uma invencionice dos governadores do Nordeste reunidos em consórcio.
A pontuação baixa na concorrência (170 pontos, contra 339 da entidade vencedora) dá bem uma ideia da embromação que pode vir a ser esse fundo de previdência paraestatal.

Climatização

A Fundação Municipal de Saúde vai comprar R$ 1.890.654,88 em aparelhos de ar-condicionado. A licitação deve ocorrer no dia 6 de julho.

Prisão festejada na Alepi

A prisão do ex-ministro da Educação, pastor Milton Ribeiro, fez a alegria dos deputados estaduais petistas, ontem, na Assembleia Legislativa. Falaram sobre o tema Cícero Magalhães, Francisco Lima, Franzé Silva e Francisco Costa, todos comentando a ação da Polícia Federal e lembrando da ligação de Ciro Nogueira (Casa Civil) com o Fundo Nacional de Desenvolvimento na Educação.

Olha, olha!

O deputado estadual Gustavo Neiva, do Progressistas, também abordou o tema, dizendo-se feliz por assistir aos parlamentares do PT elogiarem a atuação da Polícia Federal, da Justiça Federal, do Ministério Público Federal e até do Supremo Tribunal Federal na apuração de denúncias contra membros e ex-membros do governo. 
Para ele, são as instituições que sustentam a democracia.

Atentai bem

Neiva disse que “em passado recente, numa época de mensalão, de petrolão foram presos os ex-tesoureiros do PT, o núcleo duro do PT foi preso, dentre eles os ex-ministro José Dirceu, e Antônio Palocci. O PT criticava abertamente as instituições e hoje bate palmas quando um ex-ministro do atual governo é preso”. 

Topique

Mas, assim como os deputados petistas aplaudiram a operação de ontem, ficaram pianinhos, surdos e mudos, quando a mesma PF bateu na casa da ex-primeira-dama e secretária de Educação  Rejane Dias, alguns anos atrás, apurando malfeitorias atribuídas a ela e a um séquito de assessores. 
Lembram da operação Topique? 

Buscas no palácio

Ainda hoje estão inconclusos os processos que apuram o envolvimento da então secretária, porque ela tem foro privilegiado. 
Mas no que compete à PF, as investigações seguem. 
À época a PF chegou a realizar busca e apreensões na Secretaria Estadual de Educação(duas ou três vezes) e até no Palácio de Karnack, sede do governo, apurando desvios de muito dinheiro do transporte escolar. 

Prenderam os bagrinhos

Mas mesmo diante de tantas provas carreadas para os autos do inquérito policial, ninguém foi preso, ou melhor, presos apenas figuras insignificantes entre os envolvidos. Os chamados bagrinhos. 

Crimes graves

Conta um policial que são muito graves aqueles crimes que envolveram a então secretária de Educação Rejane Dias, um Coronel da PM, de nome Ronald  assessor da mesma (dizem que esse está podre de rico) e, outras figuras carimbadas, inclusive parentes dela.
Sobre todas as questões apuradas no Piaui a bancada do PT silenciou, à época. 

Asfalto

Vai custar R$ 26.451.280,46 a pavimentação de ruas de municípios da Planície Litorânea, conforme contrato a ser celebrado entre a empreiteira PAC Engenharia, queridinha do atual governo, e a Secretaria de Transportes, que pertence a Hélio Isaías, um deputado estadual recém-chegado ao PT.

Aeródromos

Hélio Isaías deixou a Setrans no fim de março, mas na edição de terça-feira do Diário Oficial do Estado, lá estava o nome dele assinando termos de apostilamentos de contratos feitos para a pavimentação de pistas de pouso (aeródromos) em localidades como Cajueiro da Praia e Uruçuí.

Olha, olha!

O termo de apostilamento serve para reajustar os valores que o poder público vai pagar pelo serviço, com um artifício de separação dos insumos asfálticos dos serviços de pavimentação e a forma de cálculo dos índices de reajustamento compostos para misturas comerciais.
Essa mesma medida vai ser usada para obra de estrada da construtora Jurema.

Homenagem à PM

Assembleia Legislativa realiza hoje sessão solene pelos 187 anos da Polícia Militar do Piauí. A homenagem foi proposta pelo deputado coronel Carlos Augusto (MDB).

Vem cá!!!!

Ao dizer que fez esforços para tirar da cadeia os “meninos” que sequestraram Abílio Diniz, em 1998, Lula queria mesmo era dar um recado ao crime organizado de que nessa eleição de 2022 todos estarão juntos? 

Ping-pong

Sinais trocados

Augusto Franco, coronel político em Sergipe, praticamente um donatário de capitania hereditária, estava no aeroporto do Galeão, no Rio, quando uma moça da companhia aérea o interpela.
A moça: “O senhor é Augusto Franco, de Sergipe?”
Augusto: “Não, minha filha! Sergipe é que é de Augusto Franco”.

Expressas 

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), por meio da Pró-Reitoria de Ensino e Graduação (PREG), tornou público o edital de adesão do SISU 2022.2 com 1.965 vagas disponíveis em 56 cursos nos 12 campi da instituição. Confira o edital

O Estado do Piauí tem a 2ª gasolina mais cara do país, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgados nesta terça-feira (21). Na semana passada o valor médio do combustível ficou em R$ 7,890. O primeiro lugar ficou com o estado da Bahia, com o valor médio de  R$ 8,037.

Mantida pela Prefeitura Municipal de Teresina, através de um contrato de gestão com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, a Orquestra Sinfônica de Teresina agora é Patrimônio Cultural Imaterial do Piauí. Essa boa notícia para a cultura teresinense passou a vigorar desde o último dia 15 de junho, por meio da Lei n° 7.815, assinada pela Governadora do Estado do Piauí, Regina Sousa.

*Esta coluna é de responsabilidade dos colaboradores do Portal AZ

Pedaladas e irresponsabilidades Wellington, a CIDE e o cinismo