1. Colunas
  2. Carol Jericó
  3. Porrada do dia!
Publicidade

Porrada do dia!

Era uma vez, uma prefeitura do país das maravilhas que se situava lá perto de Marte, longe da pandemia e dos problemas econômicos e estruturais que assolam o Estado do Piauí, onde tem um prefeito  que faz licitações milionárias e um salário de fazer inveja até os marajás do judiciário, e mais, lá nessa cidadezinha tem de tudo, até uma pseudo assessora  que mais lembra a rainha vermelha do filme do Tim Burton que ameaça jornalistas, essas coisas e tal.

Essa cidadezinha é aqui! Não,  não, essa cidadezinha não é aqui!

Parte 1: Dedetização para expulgar os ratos e baratas

Bocaina é uma cidadezinha com pouco mais de 4 mil habitantes. Mesmo não sendo uma cidade sustentável financeiramente, eles abriram uma licitação de R$ 1.374.310,00 para dedetização dos prédios públicos.

A licitação deve ocorrer amanhã (19/03), logo após o feriado antecipado e quando a maioria das cidades decretou ponto facultativo no serviço público.

O atual prefeito de Bocaina é Erivelto, do Progressistas. Ele foi reeleito, no ano passado, com 2.675 votos.

Parte 2 - Licitação para deixar a floresta habitável

 A cidadezinha de Bocaina, que tem apenas 4 mil habitantes, abriu edital de licitação milionário para serviços de dedetização dos prédios públicos. Mas os gastos superfaturados do prefeito não param por aí: ele também abriu um pregão para contratação de serviços de poda de árvores na zona rural por valor de R$ 212.050,00.

Bocaina é um município que não é sustentável financeiramente. Com boa parte da população sem emprego fixo e a maioria vivendo de auxílios governamentais, é de se estranhar gastos tão altos em um momento de grave crise econômica.

Vale lembrar que o Tribunal de Contas do Estado que, recentemente, se incomodou com críticas à sua atuação irrelevante, tem dado o aval para todas essas licitações com grandes indícios de irregularidades.

Parte 3 : O soco no estômago!

O prefeito de Bocaina, Erivelto Barros, é um dos prefeitos com maiores salários do Piauí. Ele ganha, mensalmente, R$ 17.538,00. É quase o mesmo valor salarial do prefeito de Teresina, que recebe R$ 17.690,57.

Resumindo:

Contra a prefeitura da cidadezinha de Bocaina pesam graves denúncias

A prefeitura abriu licitação para dedetização dos prédios públicos no valor de R$ 1 milhão e 300 mil e outra de R$ 200 mil para poda das árvores da cidade.

O que mais surpreende é que a cidade de Bocaina tem apenas 4 mil habitantes e não é sustentável financeiramente. Mesmo assim, o prefeito não economiza em nada, enquanto a população amarga a miséria em uma das cidades mais pobres do Piauí.

É a farra do dinheiro público!

E caretas de Paris e New York, sem mágoas estamos aqui, e de olho em vocês!

Minha conta foi hackeada no Instagram, depois de umas verdades nunca ditas por ninguém! Sigam- me os bons no Instagram @falacaroljeri

*Este artigo é de responsabilidade de Petrus Evelyn e Carol Jericó, não reflete, necessariamente, a opinião do Portal AZ.

Era uma vez, uma prefeitura do país das maravilhas que se situava lá perto de Marte, longe da pandemia e dos problemas econômicos e estruturais que assolam o Estado do Piauí, onde tem um prefeito  que faz licitações milionárias e um salário de fazer inveja até os marajás do judiciário, e mais, lá nessa cidadezinha tem de tudo, até uma pseudo assessora  que mais lembra a rainha vermelha do filme do Tim Burton que ameaça jornalistas, essas coisas e tal.

Essa cidadezinha é aqui! Não,  não, essa cidadezinha não é aqui!

Parte 1: Dedetização para expulgar os ratos e baratas

Bocaina é uma cidadezinha com pouco mais de 4 mil habitantes. Mesmo não sendo uma cidade sustentável financeiramente, eles abriram uma licitação de R$ 1.374.310,00 para dedetização dos prédios públicos.

A licitação deve ocorrer amanhã (19/03), logo após o feriado antecipado e quando a maioria das cidades decretou ponto facultativo no serviço público.

O atual prefeito de Bocaina é Erivelto, do Progressistas. Ele foi reeleito, no ano passado, com 2.675 votos.

Parte 2 - Licitação para deixar a floresta habitável

 A cidadezinha de Bocaina, que tem apenas 4 mil habitantes, abriu edital de licitação milionário para serviços de dedetização dos prédios públicos. Mas os gastos superfaturados do prefeito não param por aí: ele também abriu um pregão para contratação de serviços de poda de árvores na zona rural por valor de R$ 212.050,00.

Bocaina é um município que não é sustentável financeiramente. Com boa parte da população sem emprego fixo e a maioria vivendo de auxílios governamentais, é de se estranhar gastos tão altos em um momento de grave crise econômica.

Vale lembrar que o Tribunal de Contas do Estado que, recentemente, se incomodou com críticas à sua atuação irrelevante, tem dado o aval para todas essas licitações com grandes indícios de irregularidades.

Parte 3 : O soco no estômago!

O prefeito de Bocaina, Erivelto Barros, é um dos prefeitos com maiores salários do Piauí. Ele ganha, mensalmente, R$ 17.538,00. É quase o mesmo valor salarial do prefeito de Teresina, que recebe R$ 17.690,57.

Resumindo:

Contra a prefeitura da cidadezinha de Bocaina pesam graves denúncias

A prefeitura abriu licitação para dedetização dos prédios públicos no valor de R$ 1 milhão e 300 mil e outra de R$ 200 mil para poda das árvores da cidade.

O que mais surpreende é que a cidade de Bocaina tem apenas 4 mil habitantes e não é sustentável financeiramente. Mesmo assim, o prefeito não economiza em nada, enquanto a população amarga a miséria em uma das cidades mais pobres do Piauí.

É a farra do dinheiro público!

E caretas de Paris e New York, sem mágoas estamos aqui, e de olho em vocês!

Minha conta foi hackeada no Instagram, depois de umas verdades nunca ditas por ninguém! Sigam- me os bons no Instagram @falacaroljeri

*Este artigo é de responsabilidade de Petrus Evelyn e Carol Jericó, não reflete, necessariamente, a opinião do Portal AZ.

Pra cima deles OAB! OAB é independente! Ou não? Ô Piauí esculhambado!