1. Colunas
  2. Carol Jericó
  3. Joga pedra na Geni
Publicidade

Joga pedra na Geni

Câmara reconheceu a utilidade pública da Associação das Prostitutas do PI

"Joga pedra na Geni
Joga pedra na Geni
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir
Ela dá pra qualquer um
Maldita Geni"

Os hipócritas usam seus serviços, mas não ligam para quem são! Parabéns vereadora Terezinha e Dr. Pessoa que sancionou a lei. 

O Projeto foi de nº 131/2021, de autoria da vereadora Teresinha Medeiros (PSL), foi aprovado na Câmara Municipal de Teresina, onde reconheceu a utilidade pública a Associação das Prostitutas do Estado do Piauí, no âmbito do município de Teresina. O objetivo principal do projeto é a prestação de serviços de saúde para as mulheres que possuem vínculo com a associação, além de oferecer cursos de capacitação em diferentes áreas, oferecendo novas oportunidades de trabalho.

Segundo Teresinha Medeiros, a prerrogativa é o reconhecimento de utilidade pública da associação que já existe há mais de 13 anos e que participa de diferentes trabalhos sociais em parcerias com as secretarias de saúde e assistência social. “A associação reconhece que várias mulheres tiveram oportunidades de se profissionalizar e sair para outro estilo de vida como empreendedora”, conta.

Para a parlamentar, a associação estimula a profissionalização das mulheres vulneráveis, além de prestação de serviços assistenciais à saúde da mulher. “Temos acompanhado a instituição, que oferece cursos de formação como fabricação de água sanitária, detergente, corte e costura, culinária, além de oferecer a alfabetização para adultos, com o objetivo de tornar visíveis aquelas mulheres que existem e que vivem à margem da sociedade. A proposta do projeto tem a finalidade de oferecer outras oportunidades às mulheres para que elas possam obter uma profissão e garantir as condições e oportunidades para quem deseja sair dessa vulnerabilidade. Trabalhamos para aqueles e aquelas que mais precisam”, destaca Teresinha.

A vereadora afirma ainda que com a aprovação do projeto, os serviços de saúde poderão ser oferecidos com uma maior rapidez. “Todo o processo assistencial acontecerá de forma mais rápida através da parceria entre a associação e a Fundação Municipal de Saúde, oferecendo testes rápidos para doenças transmissíveis, preservativos, além de palestras e rodas de conversa", diz. 

Teresinha finaliza explicando que há 13 anos a Associação vem fazendo um trabalho social e informativo. “A Fundação Municipal de Saúde já realiza um trabalho com a entidade oferecendo orientação sobre as Doenças Sexualmente Transmissíveis e realizando visitas e palestras. Agora com a aprovação do projeto será garantida uma continuidade das ações sem que haja interrupções por mudanças de gestão”, conclui.

Mais Terezinhas e menos Thanandras e Jeovás e outros.... que tô até nem o nome nem sei!

Terezinha Medeiros é uma vereadora que merece respeito por quebrar a barreira do preconceito sem hipocrisia!

Essa sim!

*Este artigo é de responsabilidade de Carol Jericó, não reflete, necessariamente, a opinião do Portal AZ.

Câmara reconheceu a utilidade pública da Associação das Prostitutas do PI

"Joga pedra na Geni
Joga pedra na Geni
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir
Ela dá pra qualquer um
Maldita Geni"

Os hipócritas usam seus serviços, mas não ligam para quem são! Parabéns vereadora Terezinha e Dr. Pessoa que sancionou a lei. 

O Projeto foi de nº 131/2021, de autoria da vereadora Teresinha Medeiros (PSL), foi aprovado na Câmara Municipal de Teresina, onde reconheceu a utilidade pública a Associação das Prostitutas do Estado do Piauí, no âmbito do município de Teresina. O objetivo principal do projeto é a prestação de serviços de saúde para as mulheres que possuem vínculo com a associação, além de oferecer cursos de capacitação em diferentes áreas, oferecendo novas oportunidades de trabalho.

Segundo Teresinha Medeiros, a prerrogativa é o reconhecimento de utilidade pública da associação que já existe há mais de 13 anos e que participa de diferentes trabalhos sociais em parcerias com as secretarias de saúde e assistência social. “A associação reconhece que várias mulheres tiveram oportunidades de se profissionalizar e sair para outro estilo de vida como empreendedora”, conta.

Para a parlamentar, a associação estimula a profissionalização das mulheres vulneráveis, além de prestação de serviços assistenciais à saúde da mulher. “Temos acompanhado a instituição, que oferece cursos de formação como fabricação de água sanitária, detergente, corte e costura, culinária, além de oferecer a alfabetização para adultos, com o objetivo de tornar visíveis aquelas mulheres que existem e que vivem à margem da sociedade. A proposta do projeto tem a finalidade de oferecer outras oportunidades às mulheres para que elas possam obter uma profissão e garantir as condições e oportunidades para quem deseja sair dessa vulnerabilidade. Trabalhamos para aqueles e aquelas que mais precisam”, destaca Teresinha.

A vereadora afirma ainda que com a aprovação do projeto, os serviços de saúde poderão ser oferecidos com uma maior rapidez. “Todo o processo assistencial acontecerá de forma mais rápida através da parceria entre a associação e a Fundação Municipal de Saúde, oferecendo testes rápidos para doenças transmissíveis, preservativos, além de palestras e rodas de conversa", diz. 

Teresinha finaliza explicando que há 13 anos a Associação vem fazendo um trabalho social e informativo. “A Fundação Municipal de Saúde já realiza um trabalho com a entidade oferecendo orientação sobre as Doenças Sexualmente Transmissíveis e realizando visitas e palestras. Agora com a aprovação do projeto será garantida uma continuidade das ações sem que haja interrupções por mudanças de gestão”, conclui.

Mais Terezinhas e menos Thanandras e Jeovás e outros.... que tô até nem o nome nem sei!

Terezinha Medeiros é uma vereadora que merece respeito por quebrar a barreira do preconceito sem hipocrisia!

Essa sim!

*Este artigo é de responsabilidade de Carol Jericó, não reflete, necessariamente, a opinião do Portal AZ.

Celso lidera as pesquisas! Sem fake News! O presídio que está dando certo