1. Municipios
  2. Corrente
  3. Hospital de Corrente: Sesapi afirma que paciente recebeu 'toda assistência necessária'
Publicidade

Hospital de Corrente: Sesapi afirma que paciente recebeu 'toda assistência necessária'

Atualizada às 15h32

Moradores do município de Corrente denunciam a falta de atendimento no hospital regional da cidade. Em um vídeo que circula nas redes sociais, uma paciente cardíaca aparece passando mal e sendo socorrida por outras pessoas que também aguardam na sala de espera.

Foto: Corrente é notícia

De acordo com as filmagens, os pacientes estavam aguardando desde as 09h da manhã e não havia previsão para atendimento.

“A gente teve que gritar para que essa senhora fosse socorrida. Aqui é atendimento zero respeito com ser humano zero”, diz uma das moradoras.

Ainda de acordo com relatos, a única médica da unidade estaria fazendo um parto e o outro médico que atende no local não estava no hospital. Segundo o Portal AZ apurou, os terceirizados do Hospital Regional de Corrente estariam há quatro meses sem receber pagamento.

Veja o vídeo:

Secretaria de Saúde divulga nota de esclarecimento 

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) emitiu uma nota sobre o caso afirmando que a paciente Aureni Alves, que aparece no vídeo, teria dado entrada na unidade às 11h48 e às 12h10 ela já estava sendo atendida no setor de enfermagem.

Em nota, a Sesapi informa ainda que no exato momento da entrada da paciente, a equipe do hospital realizava três atendimentos de urgência.

A assessoria da secretaria afirma que o pagamento dos terceirizados já estaria sendo regularizado. Confira a nota na íntegra:

NOTA

A direção do Hospital Regional João Pacheco Cavalcante esclarece que a senhora Aureni Alves, filmada na recepção desta unidade, deu entrada nesta segunda, 6, às 11h48, conforme protocolo registrado na ficha de atendimento, com sintomas de dormência nos membros inferiores, dor de cabeça, além do estado emocional alterado. Às 12h10, a paciente já tinha sido triada pela Enfermagem, sendo classificada no nível amarelo de emergência, conforme o protocolo de Manchester, sendo atendida em seguida pela médica que identificou hipertensão e cefaleia. Ela foi medicada, mantida em observação e liberada após algumas horas. Portanto, recebendo toda assistência necessária para os seus cuidados e em tempo hábil.

Vale ainda registrar que, no exato momento da entrada da paciente, a equipe do hospital realizava três atendimentos de urgência, sendo um caso de acidente de moto, uma avaliação de uma gestante e um caso de anemia falciforme grave.

Deduzimos que a emoção da autora do vídeo, identificada por Mirian Folha, seja por causa da espera pelo seu atendimento, já que a mesma deu entrada na recepção às 10h23 por sintomas que, conforme preconiza o Ministério da Saúde, seria caso de posto de saúde.

Ressaltamos que, mesmo em meio a tantas dificuldades, a equipe do Hospital Regional de Corrente está pronta para acolher todo e qualquer paciente que necessitar de atendimento médico de urgência.

Sesapi

Abastecimento água continua prejudicado pela cheia do Rio Corrente Empresário morre ao cair em riacho no interior do Piauí

Mais lidas desta cidade