1. Editorias
  2. Arte Cultura
  3. Livro sobre a história da deputada Francisca Trindade será lançado em julho de 2021
Publicidade

Livro sobre a história da deputada Francisca Trindade será lançado em julho de 2021

Obra é escrita pela escritora e jornalista Dina Magalhães em co-autoria com Marcelino Fonteles

O falecimento da importante líder do movimento negro no Piauí e Deputada Federal piauiense, Francisca Trindade, completará 18 anos dia 27 de julho de 2021. A data será marcada por eventos virtuais e celebrações restritas em função da pandemia. Mas, principalmente, pelo lançamento do livro da escritora e jornalista Dina Magalhães, em co-autoria com o Deputado Marcelino Fonteles. O livro está sendo finalizado pela Editora Quimera, de propriedade do Professor Wellington Soares, e terá como título “Eternamente Trindade: A Mulher, Profissional e Líder Política”.  

Livro sobre a história da deputada Francisca Trindade será lançado em julho de 2021 (Foto: divulgação)

A Deputada Federal Francisca Trindade faleceu em 2003 e neste ano de 2021 para celebrar sua história de luta o Vereador Dudu, esposo e viúvo da liderança, convidou a jornalista e escritora Dina Magalhães para eternizar a vida da líder por meio da publicação de um livro sobre suas históricas lições e sua carreira política. 

A obra literária está sendo finalizada com diagramação pela Editora Quimera do professor Wellington Soares. O livro contará com depoimentos importantes como os do Governador do Piauí, Wellington Dias, e do ex-Presidente Lula. A jornalista, escritora e co-autora da obra Dina Magalhães fala com orgulho sobre seu vigésima livro da carreira de profissional da imprensa, jornalista e agora imortal da Academia de Letras de Teresina: “Fui convidada a escrever este importante livro em co-autoria com o Deputado Marcelino Fonteles, por meio de um convite do Vereador Dudu, esposo da parlamentar falecida Francisca Trindade; essa grande líder que nos deixou cedo. Eu fiquei honrada com o convite para eternizar a história de uma liderança com largo histórico político e bastante relevante no Piauí e no Brasil. Este registro literário ficará para sempre como fonte de pesquisa às futuras gerações. Na oportunidade, informo minha disposição em doar parte das obras para as escolas públicas e bibliotecas estaduais.” 

Dina Magalhães que é autora de 19 livros escritos e publicados nos segmentos da literatura, poesia e empreendedorismo. Como jornalista, apresentadora de TV e escritora, ela diz se sente honrada em ter sido convidada para eternizar este importante capítulo da história do Piauí, pois considera que a liderança de Francisca Trindade representa a força das mulheres na política e nos movimentos sociais, em especial da raça negra.  

Ela informa: “Para mim como escritora e jornalista foi uma grande honra receber este convite do Vereador Dudu, seu viúvo. Assim, poderei contribuir deixando registrado este capítulo tão importante na história do nosso Estado. Narrar a vida da grande líder muito me honra, especialmente por ter tido o privilégio de conhecê-la ainda muito jovem quando nos encontrávamos nas coberturas dos movimentos sindicais e partidários, os quais eu cobria como repórter. Logo fizemos amizade por intermédio do amigo Wellington Dias, hoje Governador do Piauí. Mas, na época Presidente do Sindicato dos Bancários. Assim, muito me honra eternizar esse belo histórico”. 

Dina Magalhães garante que a amizade com a líder se manteve mesmo quando a jornalista foi residir por anos no Rio de Janeiro quando concluía o seu curso de Jornalismo na UFRJ. Posteriormente, quando a autora, escritora e jornalista Dina Magalhães retornou ao Piauí a amizade com a líder Francisca Trindade se manteve, em especial por conta da cobertura de imprensa do desempenho da parlamentar na política.  

Francisca Trindade Nasceu em 26 de março de 1966 e faleceu em 27 de julho de 2003, já atuando como uma grande Deputada do Partido dos Trabalhadores. Filha de Raimundo Pereira da Trindade e Lídia Maria da Trindade, a mesma era esposa do Vereador Edilberto Oliveira, popularmente conhecido como Dudu da Trindade; um importante político da atualidade.  

ATUAÇÃO POLÍTICA 

Francisca Trindade foi Vereadora em Teresina pelo PT_ Partido dos Trabalhadores de 1995 a 1998. Posteriormente, Deputada Estadual de 1998 a 2003. Depois, foi eleita Deputada Federal para o mandato de 2003 a 2007. Tomou posse em 01 de fevereiro de 2003. Mas, em julho do mesmo ano veio à falecer. 

Participou da liderança de importante comissões permanentes como as da Agricultura e Política Rural; foi suplente das comissões de Desenvolvimento Urbano e Interior; Primeira Vice-Presidente e titular da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado. Atuou em comissões especiais como da Reforma Política. 

Mas, ainda no primeiro ano do mandato de Deputada Federal pelo PT, em 27 de julho de 2003, a líder Francisca Trindade faleceu. No entanto, seu histórico político e grande exemplo será eternizado com a obra literária “Eternamente Trindade – A Mulher, A Profissional e Líder Política”. 

O falecimento da importante líder do movimento negro no Piauí e Deputada Federal piauiense, Francisca Trindade, completará 18 anos dia 27 de julho de 2021. A data será marcada por eventos virtuais e celebrações restritas em função da pandemia. Mas, principalmente, pelo lançamento do livro da escritora e jornalista Dina Magalhães, em co-autoria com o Deputado Marcelino Fonteles. O livro está sendo finalizado pela Editora Quimera, de propriedade do Professor Wellington Soares, e terá como título “Eternamente Trindade: A Mulher, Profissional e Líder Política”.  

Livro sobre a história da deputada Francisca Trindade será lançado em julho de 2021 (Foto: divulgação)

A Deputada Federal Francisca Trindade faleceu em 2003 e neste ano de 2021 para celebrar sua história de luta o Vereador Dudu, esposo e viúvo da liderança, convidou a jornalista e escritora Dina Magalhães para eternizar a vida da líder por meio da publicação de um livro sobre suas históricas lições e sua carreira política. 

A obra literária está sendo finalizada com diagramação pela Editora Quimera do professor Wellington Soares. O livro contará com depoimentos importantes como os do Governador do Piauí, Wellington Dias, e do ex-Presidente Lula. A jornalista, escritora e co-autora da obra Dina Magalhães fala com orgulho sobre seu vigésima livro da carreira de profissional da imprensa, jornalista e agora imortal da Academia de Letras de Teresina: “Fui convidada a escrever este importante livro em co-autoria com o Deputado Marcelino Fonteles, por meio de um convite do Vereador Dudu, esposo da parlamentar falecida Francisca Trindade; essa grande líder que nos deixou cedo. Eu fiquei honrada com o convite para eternizar a história de uma liderança com largo histórico político e bastante relevante no Piauí e no Brasil. Este registro literário ficará para sempre como fonte de pesquisa às futuras gerações. Na oportunidade, informo minha disposição em doar parte das obras para as escolas públicas e bibliotecas estaduais.” 

Dina Magalhães que é autora de 19 livros escritos e publicados nos segmentos da literatura, poesia e empreendedorismo. Como jornalista, apresentadora de TV e escritora, ela diz se sente honrada em ter sido convidada para eternizar este importante capítulo da história do Piauí, pois considera que a liderança de Francisca Trindade representa a força das mulheres na política e nos movimentos sociais, em especial da raça negra.  

Ela informa: “Para mim como escritora e jornalista foi uma grande honra receber este convite do Vereador Dudu, seu viúvo. Assim, poderei contribuir deixando registrado este capítulo tão importante na história do nosso Estado. Narrar a vida da grande líder muito me honra, especialmente por ter tido o privilégio de conhecê-la ainda muito jovem quando nos encontrávamos nas coberturas dos movimentos sindicais e partidários, os quais eu cobria como repórter. Logo fizemos amizade por intermédio do amigo Wellington Dias, hoje Governador do Piauí. Mas, na época Presidente do Sindicato dos Bancários. Assim, muito me honra eternizar esse belo histórico”. 

Dina Magalhães garante que a amizade com a líder se manteve mesmo quando a jornalista foi residir por anos no Rio de Janeiro quando concluía o seu curso de Jornalismo na UFRJ. Posteriormente, quando a autora, escritora e jornalista Dina Magalhães retornou ao Piauí a amizade com a líder Francisca Trindade se manteve, em especial por conta da cobertura de imprensa do desempenho da parlamentar na política.  

Francisca Trindade Nasceu em 26 de março de 1966 e faleceu em 27 de julho de 2003, já atuando como uma grande Deputada do Partido dos Trabalhadores. Filha de Raimundo Pereira da Trindade e Lídia Maria da Trindade, a mesma era esposa do Vereador Edilberto Oliveira, popularmente conhecido como Dudu da Trindade; um importante político da atualidade.  

ATUAÇÃO POLÍTICA 

Francisca Trindade foi Vereadora em Teresina pelo PT_ Partido dos Trabalhadores de 1995 a 1998. Posteriormente, Deputada Estadual de 1998 a 2003. Depois, foi eleita Deputada Federal para o mandato de 2003 a 2007. Tomou posse em 01 de fevereiro de 2003. Mas, em julho do mesmo ano veio à falecer. 

Participou da liderança de importante comissões permanentes como as da Agricultura e Política Rural; foi suplente das comissões de Desenvolvimento Urbano e Interior; Primeira Vice-Presidente e titular da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado. Atuou em comissões especiais como da Reforma Política. 

Mas, ainda no primeiro ano do mandato de Deputada Federal pelo PT, em 27 de julho de 2003, a líder Francisca Trindade faleceu. No entanto, seu histórico político e grande exemplo será eternizado com a obra literária “Eternamente Trindade – A Mulher, A Profissional e Líder Política”.