1. Editorias
  2. Arte Cultura
  3. Parada de Cinema começa nesta quarta com programação gratuita e online
Publicidade

Parada de Cinema começa nesta quarta com programação gratuita e online

No sábado, sessão presencial tem estreia de documentário sobre Torquato Neto, produzido por diretores piauienses

Começa nesta quarta, 20, a Parada de Cinema 2021 - 6ª Mostra de Cinema Brasileiro Contemporâneo e você pode se preparar para assistir de onde quiser. Nesta edição, as exibições serão onlines com filmes disponíveis no site paradadecinema.com.br para livre acesso.

No total, 18 filmes brasileiros produzidos em 2020 e 2021 foram selecionados para serem exibidos. A curadoria atenciosa de Tássia Araújo e Janaína Oliveira traz um recorte da diversidade do audiovisual brasileiro, com filmes experimentais, ficção e documentários. 

Como uma linha quase transparente tecendo todas as produções, aspectos identitários sobre gênero, raça e diversidade sexual devem pautar os 4 dias de debates. Sempre às 19h, nos dias 20, 21, 22 e 23, acontece um bate-papo online com mediadores convidados e a participação dos diretores dos filmes. 

No sábado, a Parada encerra com uma exibição presencial em sessão única: o filme Torquato, Imagem da Incompletude, estreia no Teatro João Paulo II, às 19h. Os ingressos podem ser adquiridos pelo Sympla, mas a bilheteria também disponibilizará alguns na hora da sessão. O documentário é uma reflexão sobre os últimos anos de produção do multiartista Torquato Neto. Ao fim da sessão, o diretor Guga Carvalho participa do bate-papo com o público, mediado por Tássia Araújo e Demétrios Galvão. 

PROGRAMAÇÃO GERAL

Quarta - 20/10

9h: Filmes disponíveis no site

Acesso, Dir. Julia Leite, Documentário, 18 min, SP, 2020

Fluído, Dir. Juhx, Documentário, 18 min, PI, 2021

Hortelã, Dir. Thiago Furtado, Ficção, 19 min, PI, 2020

Propsopopeia, Dir, Andréia Pires, Ficção, CE, 22 min, 2021

19h: Debate com provocação de Fábio Leal (PE) e realizadores dos filmes

Quinta - 21/10

9h: Filmes disponíveis no site

- Netuna Parte I, Dir. João Eduardo, Documentário, 4 min, PE, 2020
- Praia dos tempos, Dir. Luan Santos, Ficção, 10, min, BA, 2021
- Suellen e a Diáspora Periférica, Dir. Renata Dorea, Documentário, 4 min, MG, 2020
- Urubá. Dir. Rodrigo Sena, Documentário, 15 min, RN, 2021

19h: Debate com provocação de Polly Di (CE) e realizadores dos filmes.

Sexta - 22/10

9h: Filmes disponíveis no site

- Carta à Pátria,  Dir. Nelson Moura Fé Pinheiro, Animação, 2 min, PI, 2020
- A Mãe de Todas as Lutas,  Dir. Susanna Lira, Documentário, 84 min, RJ, 2021
- Vai melhorar, Dir. Pedro Fiúza, Ficção,17 min, RN, 2020
- Visões de Copacabana – uma breve trilogia do acaso, Dir. Rita Brás, Documentário, 19 min RJ, 2021

19h: Debate com realizadores dos filmes.

Sábado - 23/10

9h: Filmes disponíveis no site

- Álbum de família - Carta I, Dir. Milena Rocha, Documentário, 10 min, PI, 2021
- O Que Conto por Carta, Bibi Dória, Experimental, 5 min, SP, 6 min, SP, 2020
- EntrElas, Dir. Débora Lopes, Experimental, 14 min, PI, 2021
- Casa de Um Corpo Gasoso, Dir. Bruno Moreno, Experimental, 05 min, PI, 2021
- Vagalumes, Dir. Léo Bittencourt, Ficção, 19 min, RJ, 2021

11h: Debate com provocação de Elielson Pacheco (PI) e com realizadores dos filmes.

19h: Torquato Imagem da Incompletude, Dir. Danilo Carvalho e Guga Carvalho, Documentário, 70 min, PI, 2020 / Sessão presencial no Teatro João Paulo II, seguida de debate com o diretor do filme Guga Carvalho, mediado por Tássia Araújo e Demétrios Galvão.
 

Começa nesta quarta, 20, a Parada de Cinema 2021 - 6ª Mostra de Cinema Brasileiro Contemporâneo e você pode se preparar para assistir de onde quiser. Nesta edição, as exibições serão onlines com filmes disponíveis no site paradadecinema.com.br para livre acesso.

No total, 18 filmes brasileiros produzidos em 2020 e 2021 foram selecionados para serem exibidos. A curadoria atenciosa de Tássia Araújo e Janaína Oliveira traz um recorte da diversidade do audiovisual brasileiro, com filmes experimentais, ficção e documentários. 

Como uma linha quase transparente tecendo todas as produções, aspectos identitários sobre gênero, raça e diversidade sexual devem pautar os 4 dias de debates. Sempre às 19h, nos dias 20, 21, 22 e 23, acontece um bate-papo online com mediadores convidados e a participação dos diretores dos filmes. 

No sábado, a Parada encerra com uma exibição presencial em sessão única: o filme Torquato, Imagem da Incompletude, estreia no Teatro João Paulo II, às 19h. Os ingressos podem ser adquiridos pelo Sympla, mas a bilheteria também disponibilizará alguns na hora da sessão. O documentário é uma reflexão sobre os últimos anos de produção do multiartista Torquato Neto. Ao fim da sessão, o diretor Guga Carvalho participa do bate-papo com o público, mediado por Tássia Araújo e Demétrios Galvão. 

PROGRAMAÇÃO GERAL

Quarta - 20/10

9h: Filmes disponíveis no site

Acesso, Dir. Julia Leite, Documentário, 18 min, SP, 2020

Fluído, Dir. Juhx, Documentário, 18 min, PI, 2021

Hortelã, Dir. Thiago Furtado, Ficção, 19 min, PI, 2020

Propsopopeia, Dir, Andréia Pires, Ficção, CE, 22 min, 2021

19h: Debate com provocação de Fábio Leal (PE) e realizadores dos filmes

Quinta - 21/10

9h: Filmes disponíveis no site

- Netuna Parte I, Dir. João Eduardo, Documentário, 4 min, PE, 2020
- Praia dos tempos, Dir. Luan Santos, Ficção, 10, min, BA, 2021
- Suellen e a Diáspora Periférica, Dir. Renata Dorea, Documentário, 4 min, MG, 2020
- Urubá. Dir. Rodrigo Sena, Documentário, 15 min, RN, 2021

19h: Debate com provocação de Polly Di (CE) e realizadores dos filmes.

Sexta - 22/10

9h: Filmes disponíveis no site

- Carta à Pátria,  Dir. Nelson Moura Fé Pinheiro, Animação, 2 min, PI, 2020
- A Mãe de Todas as Lutas,  Dir. Susanna Lira, Documentário, 84 min, RJ, 2021
- Vai melhorar, Dir. Pedro Fiúza, Ficção,17 min, RN, 2020
- Visões de Copacabana – uma breve trilogia do acaso, Dir. Rita Brás, Documentário, 19 min RJ, 2021

19h: Debate com realizadores dos filmes.

Sábado - 23/10

9h: Filmes disponíveis no site

- Álbum de família - Carta I, Dir. Milena Rocha, Documentário, 10 min, PI, 2021
- O Que Conto por Carta, Bibi Dória, Experimental, 5 min, SP, 6 min, SP, 2020
- EntrElas, Dir. Débora Lopes, Experimental, 14 min, PI, 2021
- Casa de Um Corpo Gasoso, Dir. Bruno Moreno, Experimental, 05 min, PI, 2021
- Vagalumes, Dir. Léo Bittencourt, Ficção, 19 min, RJ, 2021

11h: Debate com provocação de Elielson Pacheco (PI) e com realizadores dos filmes.

19h: Torquato Imagem da Incompletude, Dir. Danilo Carvalho e Guga Carvalho, Documentário, 70 min, PI, 2020 / Sessão presencial no Teatro João Paulo II, seguida de debate com o diretor do filme Guga Carvalho, mediado por Tássia Araújo e Demétrios Galvão.