1. Editorias
  2. AZ Esporte
  3. Cruzeiro encaminha acerto com Felipe Conceição; encontros em São Paulo aceleraram acordo
Publicidade

Cruzeiro encaminha acerto com Felipe Conceição; encontros em São Paulo aceleraram acordo

Técnico irá finalizar campanha com o Guarani na Série B nesta sexta-feira e teve reunião com o presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, na última quarta-feira

Após um encontro pessoal em São Paulo, na última quarta-feira, Cruzeiro e Felipe Conceição encaminharam um acerto para o técnico substituir Luiz Felipe Scolari no clube mineiro e ser o comandante do time na Série B 2021. Falta o término da atual edição do torneio (nesta sexta-feira), para as partes firmarem o acordo, que deverá ser até o fim da próxima temporada.

Felipe Conceição está próximo de ser o novo treinador do Cruzeiro  — Foto: Daniel Chiesa e Rafael Fernandes / Guarani FC

Felipe Conceição segue no Guarani, que não tem mais chance de acesso e recebe o Juventude, em Campinas, na última rodada da segunda divisão. O presidente Sérgio Rodrigues fez a proposta ao treinador na capital paulista, e houve um segundo almoço decisivo para o acerto ficar próximo.

Para solucionar a situação do volante Jadsom Silva, que encontrou na Justiça do Trabalho contra a Raposa, o mandatário do Cruzeiro se sentou com Thiago Scuro, executivo do Bragantino, e que conhece de perto do trabalho de Conceição. O treinador esteve no comando do Massa Bruta no início da Série A 2020. As referências passadas foram positivas, o que fez o presidente celeste ficar otimista com o acerto.

Felipe Conceição estava no radar do Cruzeiro há alguns meses, quando a diretoria decidiu pela saída de Enderson Moreira, ainda em setembro. Não houve avanço no "namoro", e o clube decidiu pela volta de Ney Franco. Fracassou. Então, Scolari aceitou a missão de, ao menos, livrar o Cruzeiro da ameaça da Série C. Quando Felipão começou a sinalizar sua saída, então Felipe Conceição voltou no radar do clube, como plano A.

O treinador chegará à Toca da Raposa II tendo como credenciais duas boas campanhas na Série B. Primeiro, em 2019 com o América-MG, que ficou em quinto lugar e só não subiu por conta de um ponto. Foi a semente plantada para o ano glorioso do Coelho, sob o comando de Lisca. No Guarani, Conceição conseguiu boa arrancada na tabela, chegando a ficar em sexto. Mas houve queda nas últimas rodadas e o Bugre está em 13º, logo atrás do Cruzeiro.
 

Após um encontro pessoal em São Paulo, na última quarta-feira, Cruzeiro e Felipe Conceição encaminharam um acerto para o técnico substituir Luiz Felipe Scolari no clube mineiro e ser o comandante do time na Série B 2021. Falta o término da atual edição do torneio (nesta sexta-feira), para as partes firmarem o acordo, que deverá ser até o fim da próxima temporada.

Felipe Conceição está próximo de ser o novo treinador do Cruzeiro  — Foto: Daniel Chiesa e Rafael Fernandes / Guarani FC

Felipe Conceição segue no Guarani, que não tem mais chance de acesso e recebe o Juventude, em Campinas, na última rodada da segunda divisão. O presidente Sérgio Rodrigues fez a proposta ao treinador na capital paulista, e houve um segundo almoço decisivo para o acerto ficar próximo.

Para solucionar a situação do volante Jadsom Silva, que encontrou na Justiça do Trabalho contra a Raposa, o mandatário do Cruzeiro se sentou com Thiago Scuro, executivo do Bragantino, e que conhece de perto do trabalho de Conceição. O treinador esteve no comando do Massa Bruta no início da Série A 2020. As referências passadas foram positivas, o que fez o presidente celeste ficar otimista com o acerto.

Felipe Conceição estava no radar do Cruzeiro há alguns meses, quando a diretoria decidiu pela saída de Enderson Moreira, ainda em setembro. Não houve avanço no "namoro", e o clube decidiu pela volta de Ney Franco. Fracassou. Então, Scolari aceitou a missão de, ao menos, livrar o Cruzeiro da ameaça da Série C. Quando Felipão começou a sinalizar sua saída, então Felipe Conceição voltou no radar do clube, como plano A.

O treinador chegará à Toca da Raposa II tendo como credenciais duas boas campanhas na Série B. Primeiro, em 2019 com o América-MG, que ficou em quinto lugar e só não subiu por conta de um ponto. Foi a semente plantada para o ano glorioso do Coelho, sob o comando de Lisca. No Guarani, Conceição conseguiu boa arrancada na tabela, chegando a ficar em sexto. Mas houve queda nas últimas rodadas e o Bugre está em 13º, logo atrás do Cruzeiro.