1. Editorias
  2. AZ Esporte
  3. Atletas da categoria elite avaliam primeiro dia de prova e traçam metas para vencer competição
Publicidade

Atletas da categoria elite avaliam primeiro dia de prova e traçam metas para vencer competição

O primeiro colocado na categoria elite masculino foi Rubens Donizete Valeriano, conhecido como Rubinho

Uma prova mais curta e rápida, porém com terrenos diversificados que exigiu um pouco de técnica dos atletas. É essa a avaliação dos primeiros colocados na categoria elite, masculina e feminina da Picos Pro Race, maior competição de mountain bike do Norte e Nordeste e uma das maiores do país. O primeiro dia de provas aconteceu neste sábado, com um percurso de 46 quilometros.

Atletas da categoria elite avaliam primeiro dia de prova e traçam metas para vencer competição (Foto: divulgação)

O primeiro colocado na categoria elite masculino foi Rubens Donizete Valeriano, conhecido como Rubinho. Pela primeira vez na Picos Pro Race, ele já acumula um histórico de bons resultados na carreira de ciclista. Já coleciona três medalhas olímpicas: Rio 2007, Medellín 2010 e Santiago 2014. Ele avalia o primeiro dia de evento. “Foi uma prova muito rápida, mas sabia que teria alguns trechos mais técnicos. Mantive o ritmo no começo, mas depois consegui imprimir uma velocidade maior e abrir vantagem em relação aos demais. O segundo dia acredito que será mais difícil, que exigirá mais da cabeça também, mas espero poder manter um resultado positivo”, comentou.

Já a primeira colocada na categoria elite feminina foi Karine Frota. Veterana na Picos Pro Race, ela havia ficado de fora da edição do ano passado, após sofrer uma lesão durante uma competição às vésperas da PPR. Neste ano, ela vinha mantendo um ritmo intenso de treinos para retomar o primeiro lugar no pódio. “Neste sábado, o percurso foi mais tranquilo, fluido. Ainda fomos abençoados com o sol dando uma trégua no início da competição. Acredito que a cereja do bolo será neste domingo. Vamos tentar manter o ritmo, apesar de que acredito que será um percurso mais técnico, que vá travar e judiar mais os atletas”, disse.

Este ano, os primeiros colocados de cada categoria serão contemplados com premiação em dinheiro no total de R$ 25 mil, além de troféus, medalhas e brindes dos patrocinadores. A Picos Pro Race segue até este domingo com a participação de centenas de atletas de 16 Estados do país.

Uma prova mais curta e rápida, porém com terrenos diversificados que exigiu um pouco de técnica dos atletas. É essa a avaliação dos primeiros colocados na categoria elite, masculina e feminina da Picos Pro Race, maior competição de mountain bike do Norte e Nordeste e uma das maiores do país. O primeiro dia de provas aconteceu neste sábado, com um percurso de 46 quilometros.

Atletas da categoria elite avaliam primeiro dia de prova e traçam metas para vencer competição (Foto: divulgação)

O primeiro colocado na categoria elite masculino foi Rubens Donizete Valeriano, conhecido como Rubinho. Pela primeira vez na Picos Pro Race, ele já acumula um histórico de bons resultados na carreira de ciclista. Já coleciona três medalhas olímpicas: Rio 2007, Medellín 2010 e Santiago 2014. Ele avalia o primeiro dia de evento. “Foi uma prova muito rápida, mas sabia que teria alguns trechos mais técnicos. Mantive o ritmo no começo, mas depois consegui imprimir uma velocidade maior e abrir vantagem em relação aos demais. O segundo dia acredito que será mais difícil, que exigirá mais da cabeça também, mas espero poder manter um resultado positivo”, comentou.

Já a primeira colocada na categoria elite feminina foi Karine Frota. Veterana na Picos Pro Race, ela havia ficado de fora da edição do ano passado, após sofrer uma lesão durante uma competição às vésperas da PPR. Neste ano, ela vinha mantendo um ritmo intenso de treinos para retomar o primeiro lugar no pódio. “Neste sábado, o percurso foi mais tranquilo, fluido. Ainda fomos abençoados com o sol dando uma trégua no início da competição. Acredito que a cereja do bolo será neste domingo. Vamos tentar manter o ritmo, apesar de que acredito que será um percurso mais técnico, que vá travar e judiar mais os atletas”, disse.

Este ano, os primeiros colocados de cada categoria serão contemplados com premiação em dinheiro no total de R$ 25 mil, além de troféus, medalhas e brindes dos patrocinadores. A Picos Pro Race segue até este domingo com a participação de centenas de atletas de 16 Estados do país.