1. Editorias
  2. AZ nas Eleições
  3. Candidato a vice-prefeito de Teresina, Roberto Rios, faz duras críticas ao senador Ciro Nogueira
Publicidade

Candidato a vice-prefeito de Teresina, Roberto Rios, faz duras críticas ao senador Ciro Nogueira

O candidato também afirmou que o PT tem que optar por um dos dois projetos para prefeitura da cidade nesse segundo turno

O ex-deputado estadual e candidato a vice-prefeito de Teresina,Robert Rios, fez duras críticas na manhã desta sexta-feira (20) ao senador Ciro Nogueira (Progressistas), apoiador da candidatura de Kleber Montezuma e responsável pela indicação de R.Silva como vice na chapa.

O ex-deputado estadual Robert Rios e candidato a vice-prefeito de Teresina Robert Rios (foto:Karine Rocha/Portal AZ)

O candidato também afirmou que o PT tem que optar por um dos dois projetos para prefeitura da cidade nesse segundo turno. “O PT tem um projeto e nós temos outro, que no início eram incompatíveis. Então o PT agora tem que escolher ou o projeto Ciro ou o projeto Dr. Pessoa”, diz.

Para Robert Rios, Ciro Nogueira está apoiando a candidatura de Kleber Montezuma apenas de olho nas eleições de 2022. “Tudo que o Ciro quer é arrebatar o cofre da prefeitura, para através dele chegar ao cofre do governo do estado. O Ciro é um predador, onde ele chega nem erva nasce mais. Por onde ele passou deixou a cara de traição de roubalheira”, afirmou.

Em relação aos debates, Rios afirmou que Dr. Pessoa quer debater com Kleber Montezuma, mas em lugares públicos, como a Ceasa e também com classe de professores municipais.

“Quem fez a campanha do Ciro, há dois anos, faz hoje a do Kleber, o Siqueira Campos que há dois anos não permitiu que o Ciro fizesse um único debate com o Robert e hoje ele quer que tenha debate de meia em meia hora. E o Pessoa quer debate, se marcar ele quer. Marque na Ceasa, com os usuários de lá, levem o Kleber lá. Debater no sindicato dos professores, leve o Kleber para lá. Quer debater no sindicato dos médicos. Esse segundo turno é debate com o povo”, afirma.

Sobre a declaração de Kleber Montezuma de que ele e a família estão sofrendo ataques nas redes sociais por parte de Robert Rios, o candidato nega a informação. 

“Primeiro não sei de rede social ele está falando. Nunca ataquei o Kleber, porque não posso atacar o que não existe, não sou caça fantasmas. Eu ataco o Ciro e o Firmino, que por trás do Kleber está todo o poderio e truculência da Lava-Jato e o Kleber é um inocente, atacar ele é com atacar uma freira. Eu ataco o Ciro, que é o príncipe da Lava-Jato do Piauí e do Brasil, que tem 28 processos na operação”, conclui.

As declarações de Robert Riod ocorreram, quando foi feito o anúncio de apoio de Gessy a candidatura de Dr. Pessoa. 

O ex-deputado estadual e candidato a vice-prefeito de Teresina,Robert Rios, fez duras críticas na manhã desta sexta-feira (20) ao senador Ciro Nogueira (Progressistas), apoiador da candidatura de Kleber Montezuma e responsável pela indicação de R.Silva como vice na chapa.

O ex-deputado estadual Robert Rios e candidato a vice-prefeito de Teresina Robert Rios (foto:Karine Rocha/Portal AZ)

O candidato também afirmou que o PT tem que optar por um dos dois projetos para prefeitura da cidade nesse segundo turno. “O PT tem um projeto e nós temos outro, que no início eram incompatíveis. Então o PT agora tem que escolher ou o projeto Ciro ou o projeto Dr. Pessoa”, diz.

Para Robert Rios, Ciro Nogueira está apoiando a candidatura de Kleber Montezuma apenas de olho nas eleições de 2022. “Tudo que o Ciro quer é arrebatar o cofre da prefeitura, para através dele chegar ao cofre do governo do estado. O Ciro é um predador, onde ele chega nem erva nasce mais. Por onde ele passou deixou a cara de traição de roubalheira”, afirmou.

Em relação aos debates, Rios afirmou que Dr. Pessoa quer debater com Kleber Montezuma, mas em lugares públicos, como a Ceasa e também com classe de professores municipais.

“Quem fez a campanha do Ciro, há dois anos, faz hoje a do Kleber, o Siqueira Campos que há dois anos não permitiu que o Ciro fizesse um único debate com o Robert e hoje ele quer que tenha debate de meia em meia hora. E o Pessoa quer debate, se marcar ele quer. Marque na Ceasa, com os usuários de lá, levem o Kleber lá. Debater no sindicato dos professores, leve o Kleber para lá. Quer debater no sindicato dos médicos. Esse segundo turno é debate com o povo”, afirma.

Sobre a declaração de Kleber Montezuma de que ele e a família estão sofrendo ataques nas redes sociais por parte de Robert Rios, o candidato nega a informação. 

“Primeiro não sei de rede social ele está falando. Nunca ataquei o Kleber, porque não posso atacar o que não existe, não sou caça fantasmas. Eu ataco o Ciro e o Firmino, que por trás do Kleber está todo o poderio e truculência da Lava-Jato e o Kleber é um inocente, atacar ele é com atacar uma freira. Eu ataco o Ciro, que é o príncipe da Lava-Jato do Piauí e do Brasil, que tem 28 processos na operação”, conclui.

As declarações de Robert Riod ocorreram, quando foi feito o anúncio de apoio de Gessy a candidatura de Dr. Pessoa.