1. Editorias
  2. Clima&Tempo
  3. Quatro cidades do Piauí registraram altas temperaturas, aponta INMET
Publicidade

Quatro cidades do Piauí registraram altas temperaturas, aponta INMET

Em Bom Jesus os termômetros registram 39,6º C

Quatro cidades do Piauí registraram temperaturas próximas a 40º graus nas últimas 24h, no Piauí, segundo o Instituto Nacional de Metereologia. Bom Jesus teve a maior alta, com 39,6º C seguida de Alvorada de Gurguéia (39,2), Piripiri (39,2) e Floriano (39º).

Quatro cidades do Piauí estão entre as mais quentes do país, diz INMET (Foto: Karine Rocha/Portal AZ)

Com o início do B-R-Ó-BRÓ, os piauienses sentem na pele as consequências da baixa umidade, pouca nebulosidade e secura do ar. Apesar do calor intenso, o professor e climatologista Werton Costa alerta para a ocorrência de chuvas em meados de novembro. Segundo ele o B-R-Ó-BRÓ de 2021 terá alterações na umidade.

"O oceano Atlântico explica porque o B-R-Ó-BRÓ de 2021 vai ser diferente. Segundo a metereologia nacional, que divulgou recentemente a previsão para o trimestre de setembro, outubro, e novembro, teremos temperaturas bem acima. A diferença está na umidade. Vamos ter uma entrada de umidade e isso se revela pela possibilidade de várias chuvas, inclusive mais vigorosas na segunda quinzena de novembro", disse o climatologista.

O clima seco também favorece a propagação de queimadas. Na última semana, um incêndio de grandes proporções iniciou em uma área de vegetação seca ao sul do estado, em São Raimundo Nonato. 

Quatro cidades do Piauí registraram temperaturas próximas a 40º graus nas últimas 24h, no Piauí, segundo o Instituto Nacional de Metereologia. Bom Jesus teve a maior alta, com 39,6º C seguida de Alvorada de Gurguéia (39,2), Piripiri (39,2) e Floriano (39º).

Quatro cidades do Piauí estão entre as mais quentes do país, diz INMET (Foto: Karine Rocha/Portal AZ)

Com o início do B-R-Ó-BRÓ, os piauienses sentem na pele as consequências da baixa umidade, pouca nebulosidade e secura do ar. Apesar do calor intenso, o professor e climatologista Werton Costa alerta para a ocorrência de chuvas em meados de novembro. Segundo ele o B-R-Ó-BRÓ de 2021 terá alterações na umidade.

"O oceano Atlântico explica porque o B-R-Ó-BRÓ de 2021 vai ser diferente. Segundo a metereologia nacional, que divulgou recentemente a previsão para o trimestre de setembro, outubro, e novembro, teremos temperaturas bem acima. A diferença está na umidade. Vamos ter uma entrada de umidade e isso se revela pela possibilidade de várias chuvas, inclusive mais vigorosas na segunda quinzena de novembro", disse o climatologista.

O clima seco também favorece a propagação de queimadas. Na última semana, um incêndio de grandes proporções iniciou em uma área de vegetação seca ao sul do estado, em São Raimundo Nonato.