1. Editorias
  2. Entretenimento
  3. Sex Education é série mais pesquisada por brasileiros em 2020
Publicidade

Sex Education é série mais pesquisada por brasileiros em 2020

Série da Netflix foi buscada 1,6 milhão de vezes; veja top 10

A série Sex Education, da Netflix, foi a mais pesquisada por brasileiros na internet em janeiro e fevereiro de 2020, revela levantamento realizado pela SEMrush, ferramenta de pesquisa em marketing digital.

Sex Education (Foto: reprodução / Netflix) 

A empresa apurou que a série foi procurada no Google e no Bing cerca de 1,6 milhão de vezes. Além de Sex Education, a Netflix ocupou todo o pódio das pesquisas: Anne with an E ficou em segundo lugar, com 1,3 milhão de buscas, e Stranger Things ocupou a terceira posição, pesquisada 1,2 milhão de vezes.

A pesquisa revela que a Netflix foi a plataforma de streaming mais procurada, com 24 milhões de buscas, seguida pela Globoplay, com 8,3 milhões. Amazon Prime Video aparece em terceiro, pesquisada 1,3 milhão de vezes no primeiro bimestre de 2020.

Confira o ranking com as 10 séries mais pesquisadas no Brasil no começo de 2020:

Sex Education - 1,6 milhão
Anne With E - 1,3 milhão
Stranger Things - 1,2 milhão
Grey’s Anatomy - 918 mil
The Walking Dead - 669 mil
La Casa de Papel - 492 mil
Outlander - 336 mil
O Mundo Sombrio de Sabrina - 255 mil
Elite - 245 mil
Dark - 245 mil

A popularidade de Sex Education não é uma surpresa: A série britânica conquistou o público quando foi lançada em 2019. Sex Education foi a produção mais buscada no Google no primeiro semestre do ano passado, superando até a popular Stranger Things.

Ao longo das duas temporadas da série, o jovem Otis (Asa Butterfield) oferece conselhos para relacionamentos e tira dúvidas sobre sexo dos colegas de escola. As duas temporadas de Sex Education estão no catálogo da Netflix. A terceira temporada já foi confirmada, mas ainda não teve data de estreia anunciada. 

A série Sex Education, da Netflix, foi a mais pesquisada por brasileiros na internet em janeiro e fevereiro de 2020, revela levantamento realizado pela SEMrush, ferramenta de pesquisa em marketing digital.

Sex Education (Foto: reprodução / Netflix) 

A empresa apurou que a série foi procurada no Google e no Bing cerca de 1,6 milhão de vezes. Além de Sex Education, a Netflix ocupou todo o pódio das pesquisas: Anne with an E ficou em segundo lugar, com 1,3 milhão de buscas, e Stranger Things ocupou a terceira posição, pesquisada 1,2 milhão de vezes.

A pesquisa revela que a Netflix foi a plataforma de streaming mais procurada, com 24 milhões de buscas, seguida pela Globoplay, com 8,3 milhões. Amazon Prime Video aparece em terceiro, pesquisada 1,3 milhão de vezes no primeiro bimestre de 2020.

Confira o ranking com as 10 séries mais pesquisadas no Brasil no começo de 2020:

Sex Education - 1,6 milhão
Anne With E - 1,3 milhão
Stranger Things - 1,2 milhão
Grey’s Anatomy - 918 mil
The Walking Dead - 669 mil
La Casa de Papel - 492 mil
Outlander - 336 mil
O Mundo Sombrio de Sabrina - 255 mil
Elite - 245 mil
Dark - 245 mil

A popularidade de Sex Education não é uma surpresa: A série britânica conquistou o público quando foi lançada em 2019. Sex Education foi a produção mais buscada no Google no primeiro semestre do ano passado, superando até a popular Stranger Things.

Ao longo das duas temporadas da série, o jovem Otis (Asa Butterfield) oferece conselhos para relacionamentos e tira dúvidas sobre sexo dos colegas de escola. As duas temporadas de Sex Education estão no catálogo da Netflix. A terceira temporada já foi confirmada, mas ainda não teve data de estreia anunciada.