1. Editorias
  2. Geral
  3. Consumidores enfrentam fila para participar da 2ª edição do Bazar Solidário em Teresina
Publicidade

Consumidores enfrentam fila para participar da 2ª edição do Bazar Solidário em Teresina

O bazar conta com produtos eletrônicos, celulares, brinquedos, materiais esportivos, escolares e muito mais!

Consumidores enfrentam uma longa fila para aproveitar os descontos e produtos da segunda edição do Bazar Solidário. O evento teve início na manhã desta sexta-feira (08), e segue até domingo (10). Muitos clientes chegaram durante a madrugada na sede do Ceir, localizado no bairro Ilhotas, zona Sul de Teresina. 

Consumidores enfrentam fila para participar da 2ª edição do Bazar Solidário (Foto: Portal AZ)

O bazar é uma realização do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) e da Fundação Nossa Senhora da Paz. As instituições receberam mais de 40 mil itens, que foram apreendidos pela Receita Federal do Brasil.

Neste primeiro dia, o bazar vai funcionar até às 16h. No sábado (09) e domingo (10), os portões abrem às 8h. Para participar, o cliente pagará uma taxa de R$ 5,00, que dará direito a uma pulseira de acesso. O tempo máximo do visitante para realizar as compras é de 30 minutos.

Bazar Solidário teve início nesta sexta-feira em Teresina (Foto: divulgação)

O bazar conta com produtos eletrônicos, celulares, brinquedos, materiais esportivos, materiais escolares, produtos de beleza, artigos de vestuário, pesca, decoração, utilidades domésticas, equipamentos de som automotivo, acessórios para motociclista, entre outros.

De acordo com a organização, os produtos não podem ser trocados, testados e não têm garantia. A Associação Reabilitar e a Fundação Nossa Senhora da Paz não se responsabilizam pelos produtos vendidos.

Regras do Bazar Solidário:

  • O valor máximo para compra é R$ 1 mil, por pessoa física, sendo obrigatória a apresentação de CPF e documento oficial com foto. 

  • As formas de pagamento serão em dinheiro, cartão de débito e cartão de crédito.

  • A parcela mínima é de R$ 50, em até 3 vezes, nas bandeiras Visa, Master, Elo, Dinner’s, American, Hipercard e Credishop.

O Bazar é fruto do Projeto Leão Amigo, exibido pela Associação Reabilitar, entidade social que administra o Ceir, e do Projeto Receita da Paz da Fundação Nossa Senhora da Paz.

Consumidores enfrentam uma longa fila para aproveitar os descontos e produtos da segunda edição do Bazar Solidário. O evento teve início na manhã desta sexta-feira (08), e segue até domingo (10). Muitos clientes chegaram durante a madrugada na sede do Ceir, localizado no bairro Ilhotas, zona Sul de Teresina. 

Consumidores enfrentam fila para participar da 2ª edição do Bazar Solidário (Foto: Portal AZ)

O bazar é uma realização do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) e da Fundação Nossa Senhora da Paz. As instituições receberam mais de 40 mil itens, que foram apreendidos pela Receita Federal do Brasil.

Neste primeiro dia, o bazar vai funcionar até às 16h. No sábado (09) e domingo (10), os portões abrem às 8h. Para participar, o cliente pagará uma taxa de R$ 5,00, que dará direito a uma pulseira de acesso. O tempo máximo do visitante para realizar as compras é de 30 minutos.

Bazar Solidário teve início nesta sexta-feira em Teresina (Foto: divulgação)

O bazar conta com produtos eletrônicos, celulares, brinquedos, materiais esportivos, materiais escolares, produtos de beleza, artigos de vestuário, pesca, decoração, utilidades domésticas, equipamentos de som automotivo, acessórios para motociclista, entre outros.

De acordo com a organização, os produtos não podem ser trocados, testados e não têm garantia. A Associação Reabilitar e a Fundação Nossa Senhora da Paz não se responsabilizam pelos produtos vendidos.

Regras do Bazar Solidário:

  • O valor máximo para compra é R$ 1 mil, por pessoa física, sendo obrigatória a apresentação de CPF e documento oficial com foto. 

  • As formas de pagamento serão em dinheiro, cartão de débito e cartão de crédito.

  • A parcela mínima é de R$ 50, em até 3 vezes, nas bandeiras Visa, Master, Elo, Dinner’s, American, Hipercard e Credishop.

O Bazar é fruto do Projeto Leão Amigo, exibido pela Associação Reabilitar, entidade social que administra o Ceir, e do Projeto Receita da Paz da Fundação Nossa Senhora da Paz.