">
  1. Bolsonaro antecipa retorno a Brasília para a tarde desta segunda-feira
Publicidade

Bolsonaro antecipa retorno a Brasília para a tarde desta segunda-feira

Antecipação da chegada em Brasília veio em meio a uma troca de farpas com João Doria

O presidente Jair Bolsonaro decidiu antecipar seu retorno a Brasília para a tarde desta segunda-feira (13). Ele está desde a última 5ª feira (9.jan) no Guarujá, litoral de São Paulo, e só regressaria à capital federal na manhã de 3ª feira (14.jan). A informação foi confirmada ao Poder360 pela assessoria do Palácio do Planalto.

A chegada à capital federal é esperada para 16h. De acordo com o site do jornal Folha de S.Paulo, a razão é o tempo chuvoso naquela região e o cancelamento da visita que faria na tarde desta 2ª feira ao Porto de Santos. O Poder360 também questionou o Planalto sobre os motivos para o retorno precoce a Brasília e ainda aguarda resposta.

O presidente Jair Bolsonaro deve retornar a Brasília durante a tarde. Na foto, o presidente em evento na Base Aérea de Anápolis (GO) (Foto: Sérgio Lima/Poder360)

A antecipação da chegada em Brasília veio em meio a uma troca de farpas de Bolsonaro com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Houve distanciamento –e desentendimentos públicos– entre os 2 desde que Doria sinalizou disputar a Presidência em 2022.

O governador de São Paulo afirmou recentemente que os portos de Santos e São Sebastião serão desestatizados neste ano. O Ministério da Infraestrutura negou a informação. Já Bolsonaro, em live nas redes sociais realizada na 5ª feira, disse que Doria estava “desinformado”.

Na 6ª feira (10.jan), o presidente esteve em Santos para a inauguração do pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia da cidade. Dividiu palco com os prefeitos de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), e de São Vicente, Pedro Gouvêa (MDB). Os 2 são críticos de Doria.

O presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf (MDB), também participou do evento. Recebeu elogios de Bolsonaro na cerimônia. Skaf foi concorrente de Doria nas eleições para o governo de São Paulo em 2018.

O presidente Jair Bolsonaro decidiu antecipar seu retorno a Brasília para a tarde desta segunda-feira (13). Ele está desde a última 5ª feira (9.jan) no Guarujá, litoral de São Paulo, e só regressaria à capital federal na manhã de 3ª feira (14.jan). A informação foi confirmada ao Poder360 pela assessoria do Palácio do Planalto.

A chegada à capital federal é esperada para 16h. De acordo com o site do jornal Folha de S.Paulo, a razão é o tempo chuvoso naquela região e o cancelamento da visita que faria na tarde desta 2ª feira ao Porto de Santos. O Poder360 também questionou o Planalto sobre os motivos para o retorno precoce a Brasília e ainda aguarda resposta.

O presidente Jair Bolsonaro deve retornar a Brasília durante a tarde. Na foto, o presidente em evento na Base Aérea de Anápolis (GO) (Foto: Sérgio Lima/Poder360)

A antecipação da chegada em Brasília veio em meio a uma troca de farpas de Bolsonaro com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Houve distanciamento –e desentendimentos públicos– entre os 2 desde que Doria sinalizou disputar a Presidência em 2022.

O governador de São Paulo afirmou recentemente que os portos de Santos e São Sebastião serão desestatizados neste ano. O Ministério da Infraestrutura negou a informação. Já Bolsonaro, em live nas redes sociais realizada na 5ª feira, disse que Doria estava “desinformado”.

Na 6ª feira (10.jan), o presidente esteve em Santos para a inauguração do pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia da cidade. Dividiu palco com os prefeitos de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), e de São Vicente, Pedro Gouvêa (MDB). Os 2 são críticos de Doria.

O presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf (MDB), também participou do evento. Recebeu elogios de Bolsonaro na cerimônia. Skaf foi concorrente de Doria nas eleições para o governo de São Paulo em 2018.