1. Editorias
  2. Justiça
  3. Assis Carvalho perde ação contra jornalista que o chamou de “ladrão” e ainda é condenado a pagar multa por se declarar “pobre”
Publicidade

Assis Carvalho perde ação contra jornalista que o chamou de “ladrão” e ainda é condenado a pagar multa por se declarar “pobre”

Juiz David Mourão Guimarães condenou o deputado por litigância de má-fé

O juiz David Mourão Guimarães, da Comarca de Barão do Grajaú (MA), julgou improcedente ação de danos morais movida pelo deputado federal Assis Carvalho (PT) contra o jornalista Wellington Raulino, da TV Tropical.

Assis Carvalho e Wellington Raulino (Fotos: Lucas Sousa/Portal AZ/Divulgação)

Em um das edições do programa “jornal da tropical”, Raulino diz que “esse Assis Carvalho é o pior ladrão que eu já vi na face da terra, desonesto...”, as declarações motivaram o processo por parte do deputado.

Na sentença, o magistrado ressalta que o profissional de imprensa apenas fazendo uso de sua liberdade de expressão e em pleno exercício profissional passou a criticar a atuação de um “cidadão cujo nome figura com grande frequência nos noticiários locais, e até mesmo de âmbito nacional, por suposto envolvimento na prática de crimes ou atos de improbidade administrativa”, diz trecho da decisão.

O juiz condenou ainda o político ao pagamento de multa de correspondente a 5% do valor da causa (R$ 1.800) por entender que ele atua com litigância de má-fé ao se declarar hipossuficiente para pedir justiça gratuita.

O magistrado ressalta que o parlamentar declarou recentemente à justiça eleitoral possuir um patrimônio de mais de R$ 500 mil o que serve para afastar tal possibilidade.

O deputado federal Assis Carvalho não foi encontrado para comentar o caso.

Assista ao vídeo abaixo:

O juiz David Mourão Guimarães, da Comarca de Barão do Grajaú (MA), julgou improcedente ação de danos morais movida pelo deputado federal Assis Carvalho (PT) contra o jornalista Wellington Raulino, da TV Tropical.

Assis Carvalho e Wellington Raulino (Fotos: Lucas Sousa/Portal AZ/Divulgação)

Em um das edições do programa “jornal da tropical”, Raulino diz que “esse Assis Carvalho é o pior ladrão que eu já vi na face da terra, desonesto...”, as declarações motivaram o processo por parte do deputado.

Na sentença, o magistrado ressalta que o profissional de imprensa apenas fazendo uso de sua liberdade de expressão e em pleno exercício profissional passou a criticar a atuação de um “cidadão cujo nome figura com grande frequência nos noticiários locais, e até mesmo de âmbito nacional, por suposto envolvimento na prática de crimes ou atos de improbidade administrativa”, diz trecho da decisão.

O juiz condenou ainda o político ao pagamento de multa de correspondente a 5% do valor da causa (R$ 1.800) por entender que ele atua com litigância de má-fé ao se declarar hipossuficiente para pedir justiça gratuita.

O magistrado ressalta que o parlamentar declarou recentemente à justiça eleitoral possuir um patrimônio de mais de R$ 500 mil o que serve para afastar tal possibilidade.

O deputado federal Assis Carvalho não foi encontrado para comentar o caso.

Assista ao vídeo abaixo: