1. Editorias
  2. Maranhão
  3. Polícia Federal encontra 85 mil pés de maconha em terras indígenas no Maranhão
Publicidade

Polícia Federal encontra 85 mil pés de maconha em terras indígenas no Maranhão

O material foi encontrado em terras indígenas de Alto Turiaçu, Alto Rio Guamá e em Terras da União

Cerca de 85 mil pés de maconha, 500 mudas e 1 kg de sementes da planta foram destruídas em uma operação da Polícia Federal, realizada de 18 a 23 de de outubro, no Maranhão. O material foi encontrado em terras indígenas de Alto Turiaçu, Alto Rio Guamá e em Terras da União, nas proximidades dos municípios de Centro do Guilherme e Centro Novo.

Polícia Federal deflagra Operação Fusarium no Maranhão — Foto: Divulgação

A 5ª fase da Operação Fusarium também se estendeu para outros estados, como Pernambuco, Bahia e até para o Paraguai. A polícia diz que toda as substâncias encontradas somam cerca de 28 toneladas de entorpecentes.

A operação chegou a prender em flagrante uma pessoa que foi encontrada em uma das plantações portando droga e uma espingarda.

Para deflagração da operação, a Policia Federal empregou cerca de 42 servidores (entre delegados, agentes, escrivães e agentes administrativos), dois helicópteros da Coordenação de Aviação Operacional da Polícia Federal – CAOP, bem como, contou com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão.

Cerca de 85 mil pés de maconha, 500 mudas e 1 kg de sementes da planta foram destruídas em uma operação da Polícia Federal, realizada de 18 a 23 de de outubro, no Maranhão. O material foi encontrado em terras indígenas de Alto Turiaçu, Alto Rio Guamá e em Terras da União, nas proximidades dos municípios de Centro do Guilherme e Centro Novo.

Polícia Federal deflagra Operação Fusarium no Maranhão — Foto: Divulgação

A 5ª fase da Operação Fusarium também se estendeu para outros estados, como Pernambuco, Bahia e até para o Paraguai. A polícia diz que toda as substâncias encontradas somam cerca de 28 toneladas de entorpecentes.

A operação chegou a prender em flagrante uma pessoa que foi encontrada em uma das plantações portando droga e uma espingarda.

Para deflagração da operação, a Policia Federal empregou cerca de 42 servidores (entre delegados, agentes, escrivães e agentes administrativos), dois helicópteros da Coordenação de Aviação Operacional da Polícia Federal – CAOP, bem como, contou com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão.