1. Editorias
  2. Meio Ambiente
  3. Ibama autoriza contratação de brigadistas para combater incêndios no Piauí
Publicidade

Ibama autoriza contratação de brigadistas para combater incêndios no Piauí

Outros estados também receberão as ações por estarem em situação de emergência ambiental

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) autorizou a contratação de brigadas federais para a prevenção e combate aos incêndios florestais nos municípios de Uruçuí, Floriano e Alvorada do Gurguéia, no Piauí. 

Com o texto da Portaria nº 493 de 16 de agosto de 2019 editado e publicado no Diário Oficial da União na sexta-feira (23), o Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) poderá contratar os brigadistas federais com a estrutura de um Brigadista Chefe de Brigada, dois Brigadistas Chefes de Esquadrão e dez Brigadistas.

Incêndio atinge vegetação em Pio IX no Piauí( Foto: divulgação/ Corpo de Bombeiros)

Além do Piauí, outros estados também receberão reforço da Brigada Federal, são eles: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Tocantins e o Distrito Federal.

Os estados e o Distrito Federal vão receber ações de combate a incêndios florestais por estarem, segundo o Ministério do Meio Ambiente, em estado de emergência ambiental, de acordo com a Portaria nº 153, de 18 de março de 2019, publicada no Diário Oficial no dia 09 de abril de 2019.

O Centro Especializado Prevfogo ficará  responsável pela seleção, contratação, administração e gerenciamento das atividades das brigadas.

Leia a Portaria nº 493 

Matéria relacionada: Inpe registra mais de mil focos de incêndios em agosto no Piauí

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) autorizou a contratação de brigadas federais para a prevenção e combate aos incêndios florestais nos municípios de Uruçuí, Floriano e Alvorada do Gurguéia, no Piauí. 

Com o texto da Portaria nº 493 de 16 de agosto de 2019 editado e publicado no Diário Oficial da União na sexta-feira (23), o Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) poderá contratar os brigadistas federais com a estrutura de um Brigadista Chefe de Brigada, dois Brigadistas Chefes de Esquadrão e dez Brigadistas.

fff

Incêndio atinge vegetação em Pio IX no Piauí( Foto: divulgação/ Corpo de Bombeiros)

Além do Piauí, outros estados também receberão reforço da Brigada Federal, são eles: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Tocantins e o Distrito Federal.

Os estados e o Distrito Federal vão receber ações de combate a incêndios florestais por estarem, segundo o Ministério do Meio Ambiente, em estado de emergência ambiental, de acordo com a Portaria nº 153, de 18 de março de 2019, publicada no Diário Oficial no dia 09 de abril de 2019.

O Centro Especializado Prevfogo ficará  responsável pela seleção, contratação, administração e gerenciamento das atividades das brigadas.

Leia a Portaria nº 493 

Matéria relacionada: Inpe registra mais de mil focos de incêndios em agosto no Piauí