1. Editorias
  2. Municípios
  3. Rios Marathaoan e Longá continuam em cota de inundação; Poti registra redução
Publicidade

Rios Marathaoan e Longá continuam em cota de inundação; Poti registra redução

Corpo de Bombeiros e Defesa Civil estão reforçando equipes para remover famílias de áreas afetadas

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) divulgou que o nível dos rios Marathaoan e Longá continua evoluindo e acima da cota de inundação. Já o rio Poti apresentou uma redução consideravel e está fora da cota. 

Inundações após intensas chuvas (Foto: Divulgação/Governo do Piauí)

De acordo com o último boletim emitido pelo CPRM, o rio Marathaoan, em Barras, registrou cota de 5,45m neste domingo (22). "Com previsão de elevação do nível para a cota em torno de 5,51m nas próximas 8h, portanto, 1,31 cm de lâmina de inundação", diz. 

Já em Esperantina, as informações do último boletim mostram que o nível atual do rio Longá é de 8,60 m, e está a 1,20m acima da cota de inundação. "Devido as precipitações ocorridas na bacia o nível apresenta tendência de continuar se elevando", afirma.

Diferente da tendência de elevação dos rios de Barras e Esperantina, o rio Poti, em Teresina, teve redução no nível da água de 75 cm nas últimas 24 horas, ficando a 43cm abaixo da cota de alerta. De acordo com o boletim, a tendência é que o rio continue a reduzir seu nível nas próximas 10 horas.

Reforço

Segundo o Governo do Piauí as cidades afetadas pelas chuvas estão recebendo reforços do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, alguns kits de ajuda humanitária já teriam sido enviados às cidades para as famílias atingidas.

Rio sobe cota de inundação  (Foto: Divulgação/Governo do Piauí)

O governador Wellington Dias informou que está mantendo contato com os prefeitos das regiões afetadas. “Conversei mais cedo com a prefeita de Esperantina, Vilma Amorim, e com o prefeito de Barras, Carlos Monte. Estamos direcionando esforços para garantir que essas cidades recebam o apoio necessário, seja de ajuda humanitária, deslocamento de equipes do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil. É importante mantermos nosso espirito solidário nesse momento, principalmente com as medidas que também necessitamos continuar seguindo por causa da Covid-19”, disse o gestor.

A prefeita de Esperantina afirmou que o trabalho de monitoramento está sendo constante e agradeceu o apoio do governo. “Já recebemos nossos kits de ajuda humanitária e realizamos a entrega. Estamos recebendo o apoio necessário nesse momento, fazendo o monitoramento devido e resgatando famílias”, garantiu  Vilma Amorim.

O secretário de Estado da Defesa Civil, Geraldo Magela, disse que equipes já foram enviadas para Esperantina e Barras para ajudarem a remover famílias afetadas. “Estamos em alerta, acompanhando todos os boletins e em contato com os prefeitos”, disse .
 

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) divulgou que o nível dos rios Marathaoan e Longá continua evoluindo e acima da cota de inundação. Já o rio Poti apresentou uma redução consideravel e está fora da cota. 

Inundações após intensas chuvas (Foto: Divulgação/Governo do Piauí)

De acordo com o último boletim emitido pelo CPRM, o rio Marathaoan, em Barras, registrou cota de 5,45m neste domingo (22). "Com previsão de elevação do nível para a cota em torno de 5,51m nas próximas 8h, portanto, 1,31 cm de lâmina de inundação", diz. 

Já em Esperantina, as informações do último boletim mostram que o nível atual do rio Longá é de 8,60 m, e está a 1,20m acima da cota de inundação. "Devido as precipitações ocorridas na bacia o nível apresenta tendência de continuar se elevando", afirma.

Diferente da tendência de elevação dos rios de Barras e Esperantina, o rio Poti, em Teresina, teve redução no nível da água de 75 cm nas últimas 24 horas, ficando a 43cm abaixo da cota de alerta. De acordo com o boletim, a tendência é que o rio continue a reduzir seu nível nas próximas 10 horas.

Reforço

Segundo o Governo do Piauí as cidades afetadas pelas chuvas estão recebendo reforços do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, alguns kits de ajuda humanitária já teriam sido enviados às cidades para as famílias atingidas.

Rio sobe cota de inundação  (Foto: Divulgação/Governo do Piauí)

O governador Wellington Dias informou que está mantendo contato com os prefeitos das regiões afetadas. “Conversei mais cedo com a prefeita de Esperantina, Vilma Amorim, e com o prefeito de Barras, Carlos Monte. Estamos direcionando esforços para garantir que essas cidades recebam o apoio necessário, seja de ajuda humanitária, deslocamento de equipes do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil. É importante mantermos nosso espirito solidário nesse momento, principalmente com as medidas que também necessitamos continuar seguindo por causa da Covid-19”, disse o gestor.

A prefeita de Esperantina afirmou que o trabalho de monitoramento está sendo constante e agradeceu o apoio do governo. “Já recebemos nossos kits de ajuda humanitária e realizamos a entrega. Estamos recebendo o apoio necessário nesse momento, fazendo o monitoramento devido e resgatando famílias”, garantiu  Vilma Amorim.

O secretário de Estado da Defesa Civil, Geraldo Magela, disse que equipes já foram enviadas para Esperantina e Barras para ajudarem a remover famílias afetadas. “Estamos em alerta, acompanhando todos os boletins e em contato com os prefeitos”, disse .