1. Editorias
  2. Municípios
  3. Suspeito de roubo morre carbonizado depois de receber descarga elétrica
Publicidade

Suspeito de roubo morre carbonizado depois de receber descarga elétrica

O homem tentava roubar a fiação do poste quando morreu eletrocutado

Um homem, que não teve a identidade revelada, morreu eletrocutado na madrugada deste sábado (20), no bairro Bebedouro, localizado na cidade de Parnaíba. De acordo com informações passada pelo major Rivelino, comandante do Corpo de Bombeiros da cidade, a vítima estaria tentando roubar a fiação elétrica quando recebeu a descarga de alta tensão e foi carbonizado.

Corpo de Bombeiros foi acionado para cobrir o caso (Foto: Google Maps)

O major Rivelino afirmou que o homem só foi retirado do poste pnas primeiras horas da manhã. "Fomos acionados pelos populares umas 5h da manhã. Mas o ocorrido foi de madrugada. A priori ele teria subido no poste para roubar os fios, foi quando recebeu a descarga e faleceu", relata Rivelino.

Ainda segundo o comandante, o homem tinha passagem pela polícia por furtos. "Pelas informações ele tinha passagem por outros furtos e roubos", conclui.

O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo carbonizado e adotar as medidas que o caso requer.

Um homem, que não teve a identidade revelada, morreu eletrocutado na madrugada deste sábado (20), no bairro Bebedouro, localizado na cidade de Parnaíba. De acordo com informações passada pelo major Rivelino, comandante do Corpo de Bombeiros da cidade, a vítima estaria tentando roubar a fiação elétrica quando recebeu a descarga de alta tensão e foi carbonizado.

Corpo de Bombeiros foi acionado para cobrir o caso (Foto: Google Maps)

O major Rivelino afirmou que o homem só foi retirado do poste pnas primeiras horas da manhã. "Fomos acionados pelos populares umas 5h da manhã. Mas o ocorrido foi de madrugada. A priori ele teria subido no poste para roubar os fios, foi quando recebeu a descarga e faleceu", relata Rivelino.

Ainda segundo o comandante, o homem tinha passagem pela polícia por furtos. "Pelas informações ele tinha passagem por outros furtos e roubos", conclui.

O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo carbonizado e adotar as medidas que o caso requer.