1. Editorias
  2. Municípios
  3. Mulher registra Boletim de Ocorrência contra vice-prefeito por agressões
Publicidade

Mulher registra Boletim de Ocorrência contra vice-prefeito por agressões

Vítima revela que tem uma filha com Jordelio, mas que ele se nega a pagar pensar

Uma mulher, que preferiu não se identificar, registrou Boletim de Ocorrência contra o vice-prefeito de Campo Maior, Jordélio Pereira Parente. Ela o acusa de calúnia, ameaça, difamação e injúria. 

Mulher registra Boletim de Ocorrência contra vice-prefeito por agressões (Foto: reprodução internet)

A denunciante declarou que tem uma filha de um ano e três meses com Jordelio, mas que ele estaria se recusando a pagar a pensão alimentícia, descumprindo acordo judicial. Além disso, ele estaria praticando agressões verbais e psicológicas contra a mulher desde a gestação da própria filha, o que a levou a sofrer depressão pós-parto e abalos emocionais até hoje. 

“Ele não paga a pensão da minha filha. Eu estou aflita! Minha filha está passando por necessidades. Perdeu plano de saúde em plena pandemia. Eu sofri ameaças durante toda a minha gravidez e nascimento da minha filha. Ele alega que nossa relação foi só de uma noite e ele estava bêbado, difamando minha honra”, relatou a mulher ao Portal AZ

A vítima informou que tem buscado contato tanto com o vice-prefeito quanto com a família dele, mas que tem sido evitada por eles. “Me bloquearam. Estão ignorando todas as mensagens e ligações”, disse. 

A mulher busca uma maneira de resolver a situação, que estaria afetando, inclusive, a filha. “Moro com meus pais. Faço tratamento e tomo remédios. Às vezes penso que não tenho mais forças para lutar como mãe. Minha filha sofre por tudo isso, ela tem atraso no desenvolvimento”, desabafou. 

Outro lado

O Portal AZ tentou, por inúmeras vezes, contato com o vice-prefeito Jordélio Pereira Parente, mas as ligações não foram atendidas. O espaço segue aberto para esclarecimentos. 

Uma mulher, que preferiu não se identificar, registrou Boletim de Ocorrência contra o vice-prefeito de Campo Maior, Jordélio Pereira Parente. Ela o acusa de calúnia, ameaça, difamação e injúria. 

Mulher registra Boletim de Ocorrência contra vice-prefeito por agressões (Foto: reprodução internet)

A denunciante declarou que tem uma filha de um ano e três meses com Jordelio, mas que ele estaria se recusando a pagar a pensão alimentícia, descumprindo acordo judicial. Além disso, ele estaria praticando agressões verbais e psicológicas contra a mulher desde a gestação da própria filha, o que a levou a sofrer depressão pós-parto e abalos emocionais até hoje. 

“Ele não paga a pensão da minha filha. Eu estou aflita! Minha filha está passando por necessidades. Perdeu plano de saúde em plena pandemia. Eu sofri ameaças durante toda a minha gravidez e nascimento da minha filha. Ele alega que nossa relação foi só de uma noite e ele estava bêbado, difamando minha honra”, relatou a mulher ao Portal AZ

A vítima informou que tem buscado contato tanto com o vice-prefeito quanto com a família dele, mas que tem sido evitada por eles. “Me bloquearam. Estão ignorando todas as mensagens e ligações”, disse. 

A mulher busca uma maneira de resolver a situação, que estaria afetando, inclusive, a filha. “Moro com meus pais. Faço tratamento e tomo remédios. Às vezes penso que não tenho mais forças para lutar como mãe. Minha filha sofre por tudo isso, ela tem atraso no desenvolvimento”, desabafou. 

Outro lado

O Portal AZ tentou, por inúmeras vezes, contato com o vice-prefeito Jordélio Pereira Parente, mas as ligações não foram atendidas. O espaço segue aberto para esclarecimentos.