1. Editorias
  2. Polícia
  3. Bandidos fazem arrastão em loja no Centro de Teresina; prejuízo de R$ 60 mil
Publicidade

Bandidos fazem arrastão em loja no Centro de Teresina; prejuízo de R$ 60 mil

Polícia divulgou imagens para que população ajude na identificação dos suspeitos

(Atualizada às 17h24)

Bandidos realizaram um arrastão em uma loja de celulares da Vivo, localizada na rua Barroso, Centro de Teresina, na última segunda-feira (20). Imagens de câmeras de segurança flagraram toda ação criminosa. Eles levaram 17 celulares, notebooks e objetos pessoais dos funcionários e clientes que estavam no local. Segundo a polícia, o prejuízo estimado no estabelecimento foi de R$ 60 mil. 

Bandidos fazem arrastão em loja no Centro de Teresina; prejuízo de R$ 60 mil (Foto: reprodução)

Através das imagens é possível perceber que os dois homens chegaram separados ao local. Um primeiro homem, de camisa azul e mochila, entra na loja e depois o segundo criminoso de roupa cinza adentra o local. 

Conforme os vídeos, um dos homens entrega sua mochila para que o funcionário da loja coloque aparelhos celulares lacrados dentro. O outro assaltante rouba os notebooks, assim como pega também os celulares das pessoas que estavam no local.

“Eles entraram na loja, anunciaram o assalto e levaram 17 celulares, três notebooks e uma caixa de som. Essa quantidade foi apenas da loja. A quantidade dos clientes não tem como saber porque não registraram Boletim de Ocorrência”, afirmou o delegado Sérgio Alencar, do 1º Distrito Policial, ao Portal AZ.

Polícia divulgou imagens para que população ajude na identificação dos suspeitos (Foto: reprodução)

Ainda de acordo com o delegado, a polícia ainda não conseguiu identificar a identidade ou o destino dos dois assaltantes. Um número de telefone foi disponibilizado pelo delegado para que a população, caso tenha informações, avisa à polícia.

“Divulgamos as imagens para que se alguém identifique os dois homens, informe para a polícia. O número (86) 9. 9486-9073 está disponível para informações sobre esse caso. Não temos ainda a identificação dessas pessoas nem o paradeiro delas. Estamos investigando ainda”, disse. 

Depois do assalto os dois homens saíram do local com o material roubado e seguiram para destino desconhecido. 

(Atualizada às 17h24)

Bandidos realizaram um arrastão em uma loja de celulares da Vivo, localizada na rua Barroso, Centro de Teresina, na última segunda-feira (20). Imagens de câmeras de segurança flagraram toda ação criminosa. Eles levaram 17 celulares, notebooks e objetos pessoais dos funcionários e clientes que estavam no local. Segundo a polícia, o prejuízo estimado no estabelecimento foi de R$ 60 mil. 

Bandidos fazem arrastão em loja no Centro de Teresina; prejuízo de R$ 60 mil (Foto: reprodução)

Através das imagens é possível perceber que os dois homens chegaram separados ao local. Um primeiro homem, de camisa azul e mochila, entra na loja e depois o segundo criminoso de roupa cinza adentra o local. 

Conforme os vídeos, um dos homens entrega sua mochila para que o funcionário da loja coloque aparelhos celulares lacrados dentro. O outro assaltante rouba os notebooks, assim como pega também os celulares das pessoas que estavam no local.

“Eles entraram na loja, anunciaram o assalto e levaram 17 celulares, três notebooks e uma caixa de som. Essa quantidade foi apenas da loja. A quantidade dos clientes não tem como saber porque não registraram Boletim de Ocorrência”, afirmou o delegado Sérgio Alencar, do 1º Distrito Policial, ao Portal AZ.

Polícia divulgou imagens para que população ajude na identificação dos suspeitos (Foto: reprodução)

Ainda de acordo com o delegado, a polícia ainda não conseguiu identificar a identidade ou o destino dos dois assaltantes. Um número de telefone foi disponibilizado pelo delegado para que a população, caso tenha informações, avisa à polícia.

“Divulgamos as imagens para que se alguém identifique os dois homens, informe para a polícia. O número (86) 9. 9486-9073 está disponível para informações sobre esse caso. Não temos ainda a identificação dessas pessoas nem o paradeiro delas. Estamos investigando ainda”, disse. 

Depois do assalto os dois homens saíram do local com o material roubado e seguiram para destino desconhecido.