1. Editorias
  2. Polícia
  3. Suspeito de atirar em segurança do governador Wellington Dias é preso
Publicidade

Suspeito de atirar em segurança do governador Wellington Dias é preso

Homem de 29 anos estava com um mandado de prisão em aberto

A Força Tarefa da Polícia Militar do Piauí prendeu nas primeiras horas desta terça-feira (18) um homem de 29 anos identificado apenas como Salatiel. De acordo com a PM, ele é suspeito de ter atirado no segurança do governador do Piauí, Wellington Dias, em novembro de 2021. Contra ele, havia um mandado de prisão em aberto cumprido nesta manhã no Residencial Pedro Balzi, zona sudeste de Teresina. 

Segurança do governador é baleado durante assalto em Teresina (Foto: reprodução)

O relatório divulgado pela PM afirma que "o elemento é de alta periculosidade, nas mais diversas práticas criminosas e acusado de ter praticado crime de roubo contra o policial militar". No caso contra o segurança, o suspeito empreendeu luta corporal e atingiu a vítima com um tiro de raspão no braço.

Com a prisão, o suspeito foi encaminhado para Central de Flagrantes, em Teresina.

Entenda o caso

Um cabo da Polícia Militar do Piauí, lotado no Batalhão de Guarda, responsável pela segurança do Palácio de Karnak e do governador Wellington Dias (PT), teve a arma roubada e foi baleado por bandidos, no dia 5 de novembro de 2021, no bairro Gurupi, zona Sudeste de Teresina, próximo ao Condomínio Mirante do Lago. A informação foi confirmada ao Portal AZ pelo subtenente Quixaba do 8º BPM.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o PM parado na porta da casa do Major Albert, quando foi abordado por dois criminosos em uma motocicleta, de cor preta, que anunciaram o assalto.

Os bandidos e o policial travaram uma luta corporal. Logo em seguida, chegam mais dois assaltantes em outra motocicleta e ajudam os comparsas a tomarem a arma do policial. Ao perceber a ação, o major sai de casa com a arma em punho, mas os quatro assaltantes já haviam fugido.

Matéria relacionada

Segurança do governador Wellington Dias é baleado durante assalto em Teresina; assista ao vídeo

A Força Tarefa da Polícia Militar do Piauí prendeu nas primeiras horas desta terça-feira (18) um homem de 29 anos identificado apenas como Salatiel. De acordo com a PM, ele é suspeito de ter atirado no segurança do governador do Piauí, Wellington Dias, em novembro de 2021. Contra ele, havia um mandado de prisão em aberto cumprido nesta manhã no Residencial Pedro Balzi, zona sudeste de Teresina. 

Segurança do governador é baleado durante assalto em Teresina (Foto: reprodução)

O relatório divulgado pela PM afirma que "o elemento é de alta periculosidade, nas mais diversas práticas criminosas e acusado de ter praticado crime de roubo contra o policial militar". No caso contra o segurança, o suspeito empreendeu luta corporal e atingiu a vítima com um tiro de raspão no braço.

Com a prisão, o suspeito foi encaminhado para Central de Flagrantes, em Teresina.

Entenda o caso

Um cabo da Polícia Militar do Piauí, lotado no Batalhão de Guarda, responsável pela segurança do Palácio de Karnak e do governador Wellington Dias (PT), teve a arma roubada e foi baleado por bandidos, no dia 5 de novembro de 2021, no bairro Gurupi, zona Sudeste de Teresina, próximo ao Condomínio Mirante do Lago. A informação foi confirmada ao Portal AZ pelo subtenente Quixaba do 8º BPM.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o PM parado na porta da casa do Major Albert, quando foi abordado por dois criminosos em uma motocicleta, de cor preta, que anunciaram o assalto.

Os bandidos e o policial travaram uma luta corporal. Logo em seguida, chegam mais dois assaltantes em outra motocicleta e ajudam os comparsas a tomarem a arma do policial. Ao perceber a ação, o major sai de casa com a arma em punho, mas os quatro assaltantes já haviam fugido.

Matéria relacionada

Segurança do governador Wellington Dias é baleado durante assalto em Teresina; assista ao vídeo