1. Editorias
  2. Política
  3. Deputada denuncia obras de quase R$ 1 milhão da Educação abandonadas
Publicidade

Deputada denuncia obras de quase R$ 1 milhão da Educação abandonadas

Seduc afirma que construtoras pararam as construções sem justificativas

Duas escolas da rede estadual de ensino do município de José de Freitas, região norte do Piauí, têm obras de quase R$ 1 milhão paradas, sem previsão para retomada das construções. A situação foi identificada pela deputada estadual Lucy Soares, integrante da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Piauí, que pediu explicações à Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Lucy Soares (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Nos Centros Estaduais de Educação de Tempo Integral (Ceti) Ferdinand Freitas e Antônio Freitas, as construções abandonadas são de quadras poliesportivas. A primeira era de responsabilidade da F&L Construtora, com assinatura do contrato 135 em 2013, vigência de 240 dias e validade até julho do mesmo ano. No entanto, após seis anos, a obra nunca foi concluída. O valor orçado para o referido contrato (nº 135/2013) foi de R$ 517.309,06.

Deputada denuncia obras de quase R$ 1 milhão da Educação abandonadas (Foto: divulgação)

A segunda quadra de esportes, no CETI Antônio Freitas, deveria ter sido construída pela RGE LTDA, sob o contrato nº 217/2017 e com validade até dezembro de 2018. O valor a ser investido no local seria de R$ 396.699,42. As empresas citadas não foram encontradas para mais detalhes sobre o abandono das obras.

Obras abandonadas (Foto: divulgação)

Em resposta, a Secretaria informou que os contratos foram assinados com as empresas Construtora RGE LTDA e F&L Construtora LTDA, ambas abandonaram as obras sem fornecer justificativas ao Estado, segundo afirma a Seduc. Ainda de acordo com a secretaria, já foram tomadas as medidas cabíveis e está sendo realizado um novo processo licitatório para execução das obras.

Confira a resposta da Seduc:

Duas escolas da rede estadual de ensino do município de José de Freitas, região norte do Piauí, têm obras de quase R$ 1 milhão paradas, sem previsão para retomada das construções. A situação foi identificada pela deputada estadual Lucy Soares, integrante da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Piauí, que pediu explicações à Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Lucy Soares (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Nos Centros Estaduais de Educação de Tempo Integral (Ceti) Ferdinand Freitas e Antônio Freitas, as construções abandonadas são de quadras poliesportivas. A primeira era de responsabilidade da F&L Construtora, com assinatura do contrato 135 em 2013, vigência de 240 dias e validade até julho do mesmo ano. No entanto, após seis anos, a obra nunca foi concluída. O valor orçado para o referido contrato (nº 135/2013) foi de R$ 517.309,06.

Deputada denuncia obras de quase R$ 1 milhão da Educação abandonadas (Foto: divulgação)

A segunda quadra de esportes, no CETI Antônio Freitas, deveria ter sido construída pela RGE LTDA, sob o contrato nº 217/2017 e com validade até dezembro de 2018. O valor a ser investido no local seria de R$ 396.699,42. As empresas citadas não foram encontradas para mais detalhes sobre o abandono das obras.

Obras abandonadas (Foto: divulgação)

Em resposta, a Secretaria informou que os contratos foram assinados com as empresas Construtora RGE LTDA e F&L Construtora LTDA, ambas abandonaram as obras sem fornecer justificativas ao Estado, segundo afirma a Seduc. Ainda de acordo com a secretaria, já foram tomadas as medidas cabíveis e está sendo realizado um novo processo licitatório para execução das obras.

Confira a resposta da Seduc: