1. Editorias
  2. Política
  3. Bolsonaro agradece ao STF por “garantir governabilidade”
Publicidade

Bolsonaro agradece ao STF por “garantir governabilidade”

Presidente discursou na cerimônia do Dia do Marinheiro, no Grupamento de Fuzileiros Navais

Um discurso na cerimônia do Dia do Marinheiro, no Grupamento de Fuzileiros Navais, em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez um agradecimento especial ao Supremo Tribunal Federal. Para o chefe do Palácio do Planalto, o STF tem ajudado a “garantir a governabilidade” da atual gestão.

Bolsonaro agradece ao STF por “garantir governabilidade” (Foto:Alan Santos PR)

O mandatário do país, no entanto, não especificou quais decisões da Suprema Corte ajudaram o governo. Bolsonaro também ressaltou ser grato às Forças Armadas, ao Senado Federal e à Câmara dos Deputados.

“Os nossos desafios são muitos. Ninguém pode nada sozinho. Eu tenho gratidão às Forças Armadas, à população como um todo e à Câmara e ao Senado, que têm nos ajudado a construir este futuro”, disse nesta sexta-feira (13/12/2019).

O titular da República voltou a fazer elogios aos presidentes do período militar Humberto Castello Branco e Emílio Garrastazu Médici pela criação da Zona Franca de Manaus e pela ampliação da costa brasileira.

Um discurso na cerimônia do Dia do Marinheiro, no Grupamento de Fuzileiros Navais, em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez um agradecimento especial ao Supremo Tribunal Federal. Para o chefe do Palácio do Planalto, o STF tem ajudado a “garantir a governabilidade” da atual gestão.

Bolsonaro agradece ao STF por “garantir governabilidade” (Foto:Alan Santos PR)

O mandatário do país, no entanto, não especificou quais decisões da Suprema Corte ajudaram o governo. Bolsonaro também ressaltou ser grato às Forças Armadas, ao Senado Federal e à Câmara dos Deputados.

“Os nossos desafios são muitos. Ninguém pode nada sozinho. Eu tenho gratidão às Forças Armadas, à população como um todo e à Câmara e ao Senado, que têm nos ajudado a construir este futuro”, disse nesta sexta-feira (13/12/2019).

O titular da República voltou a fazer elogios aos presidentes do período militar Humberto Castello Branco e Emílio Garrastazu Médici pela criação da Zona Franca de Manaus e pela ampliação da costa brasileira.