1. Editorias
  2. Política
  3. Ex-governador do Piauí, Guilherme Melo, morre em Teresina
Publicidade

Ex-governador do Piauí, Guilherme Melo, morre em Teresina

Ele lutava contra um câncer no cérebro e possuía outras comorbidades

(Atualizada às 9h15)

O ex-governador do Piauí, Guilherme Cavalcante Melo, morreu na noite desta quarta-feira (21), aos 68 anos, vítima de um câncer no cérebro. Ele estava internado há 15 dias no Hospital de Terapia Intensiva (HTI). 

Ex-governador do Piauí, Guilherme Melo, morre em Teresina (Foto: reprodução internet)

Ele deixa a esposa e a filha Cínthia Portella, de seu casamento com a deputada federal Iracema Portella. Ainda não há informações sobre velório ou sepultamento. Em janeiro deste ano, Guilherme havia sido diagnosticado com um tumor no cérebro.

Em 2017, o ex-governador foi submetido um cateterismo e uma angioplastia para desobstruir artérias do coração.

Depois de dois procedimentos cirúrgicos, Guilherme Melo ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Teresina. Ele havia descoberto o problema durante um exame de rotina. Na época, ele já sofria também de diabete. 

Relembre a história 

Em 1990, Guilherme Melo foi escolhido candidato a vice-governador do Piauí na chapa de Freitas Neto. Ambos venceram a eleição no segundo turno.  Ele foi efetivado governador do Piauí em 30 de março de 1994 quando Freitas renunciou para concorrer ao Senado Federal estando então filiado ao PPR e meses depois ao PPB. Nesta última legenda, ele foi eleito primeiro suplente de deputado federal. 

Em menos de uma década, Guilherme Melo foi deputado estadual, vice-governador e depois governador do Piauí entre os anos de 1994 e 1995. O ex-governador do Piauí era formado em administração de empresas pelo Centro Universitário de Brasília. 

Segundo informações do portal da Câmara dos Deputados, Guilherme Melo exerceu as seguintes atividades: 

  • Suplente de deputado federal na legislatura 1999-2003, de 17 de dezembro de 2002 a 15 de janeiro de 2003. 

Atividades Partidárias

  • Presidente e Membro, Diretório Municipal do MDB, Teresina, PI; Tesoureiro e Membro, Diretório Regional do PDS, PI; Líder do PDS; Vice-Presidente e Delegado Regional, Diretório Nacional do PPB.

Atividades Profissionais e Cargos Públicos:

  • Secretário Chefe da Casa Civil do Governo do Piauí, Teresina, 1983-1985; Diretor Presidente, COHAB, Teresina, PI, 2001-2002; Assessor de Diretoria, COHABITA, Brasília, DF; Assistente Administrativo, EMBRATER, Brasília, DF; Fundador e Diretor-Gerente, Terranova Reflorestadora e Agropecuária Ltda.; Fundador e Diretor-Gerente, Imobiliária Primavera Ltda.; Diretor, Associação Comercial do Piauí; Assessor Parlamentar, Câmara dos Deputados, Brasília, DF.

Atividades Sindicais Representativas de Classe Associativas e Conselhos:

  • Diretor, Associação Comercial do Piauí, Teresina.; Membro, CRECI; Presidente, Conselho de Administração, COHAB, Teresinha, PI, 2001-2002..
  • Estudos e Cursos Diversos:
  • Administração de Empresas Públicas e Privadas, CEUB, Brasília, DF, 1974-1977; Direito, UFPI, Teresina, 1981-1984. 

Notas de pesar

Personalidades políticas e entidades públicas emitiram nota de pesar. Confira:

Prefeitura de Teresina

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa manifestou solidariedade aos familiares do ex-gestor. A Prefeitura de Teresina manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento do ex-deputado e ex-governador do Piauí, Guilherme Melo. Guilherme Melo ocupou diversos cargos públicos no Piauí, sempre exercendo-os com competência e dedicação.  O prefeito Dr. Pessoa se solidariza com a família enlutada ao tempo em que manifesta condolências a todos.

Ciro Nogueira 

Com pesar, recebi na manhã desta quinta-feira, 22 de abril, a notícia do falecimento do ex-governador Guilherme Melo, vencido por um câncer. Guilherme foi deputado estadual e assumiu o governo do Piauí em 1994, administrando o estado por um período de nove meses. Era um homem de destacadas qualidades pessoais, marcado pela alegria de viver e pela fidelidade aos amigos. A ele devemos dedicar os nossas orações e as nossas melhores lembranças.

Governo do Estado

O Governo do Estado do Piauí manifesta seu profundo pesar em decorrência do falecimento do ex-governador Guilherme Melo.

Formado em Administração de Empresas pelo Centro Universitário de Brasília e Direito pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), atuou como empresário do ramo imobiliário, além de ter exercido inúmeros cargos públicos. Atuou recentemente como diretor da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), mas já exerceu os cargos de governador, vice-governador, presidente da Cohab/PI, entre outras funções públicas.

O ex-governador também exerceu cargos na área sindical e de conselhos, como presidente do Conselho de Administração; como pecuarista foi presidente da Associação Brasileira de Criadores do Gado Curraleiro Pé-Duro.

Guilherme Melo era casado com Naira Danielle Melo e deixa uma filha, a médica Cínthia Portella.

Neste momento de dor, o Governo do Estado do Piauí expressa as mais sinceras condolências à família, aos amigos e aos piauienses por essa imensurável perda e decreta luto oficial de três dias.

(Atualizada às 9h15)

O ex-governador do Piauí, Guilherme Cavalcante Melo, morreu na noite desta quarta-feira (21), aos 68 anos, vítima de um câncer no cérebro. Ele estava internado há 15 dias no Hospital de Terapia Intensiva (HTI). 

Ex-governador do Piauí, Guilherme Melo, morre em Teresina (Foto: reprodução internet)

Ele deixa a esposa e a filha Cínthia Portella, de seu casamento com a deputada federal Iracema Portella. Ainda não há informações sobre velório ou sepultamento. Em janeiro deste ano, Guilherme havia sido diagnosticado com um tumor no cérebro.

Em 2017, o ex-governador foi submetido um cateterismo e uma angioplastia para desobstruir artérias do coração.

Depois de dois procedimentos cirúrgicos, Guilherme Melo ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Teresina. Ele havia descoberto o problema durante um exame de rotina. Na época, ele já sofria também de diabete. 

Relembre a história 

Em 1990, Guilherme Melo foi escolhido candidato a vice-governador do Piauí na chapa de Freitas Neto. Ambos venceram a eleição no segundo turno.  Ele foi efetivado governador do Piauí em 30 de março de 1994 quando Freitas renunciou para concorrer ao Senado Federal estando então filiado ao PPR e meses depois ao PPB. Nesta última legenda, ele foi eleito primeiro suplente de deputado federal. 

Em menos de uma década, Guilherme Melo foi deputado estadual, vice-governador e depois governador do Piauí entre os anos de 1994 e 1995. O ex-governador do Piauí era formado em administração de empresas pelo Centro Universitário de Brasília. 

Segundo informações do portal da Câmara dos Deputados, Guilherme Melo exerceu as seguintes atividades: 

  • Suplente de deputado federal na legislatura 1999-2003, de 17 de dezembro de 2002 a 15 de janeiro de 2003. 

Atividades Partidárias

  • Presidente e Membro, Diretório Municipal do MDB, Teresina, PI; Tesoureiro e Membro, Diretório Regional do PDS, PI; Líder do PDS; Vice-Presidente e Delegado Regional, Diretório Nacional do PPB.

Atividades Profissionais e Cargos Públicos:

  • Secretário Chefe da Casa Civil do Governo do Piauí, Teresina, 1983-1985; Diretor Presidente, COHAB, Teresina, PI, 2001-2002; Assessor de Diretoria, COHABITA, Brasília, DF; Assistente Administrativo, EMBRATER, Brasília, DF; Fundador e Diretor-Gerente, Terranova Reflorestadora e Agropecuária Ltda.; Fundador e Diretor-Gerente, Imobiliária Primavera Ltda.; Diretor, Associação Comercial do Piauí; Assessor Parlamentar, Câmara dos Deputados, Brasília, DF.

Atividades Sindicais Representativas de Classe Associativas e Conselhos:

  • Diretor, Associação Comercial do Piauí, Teresina.; Membro, CRECI; Presidente, Conselho de Administração, COHAB, Teresinha, PI, 2001-2002..
  • Estudos e Cursos Diversos:
  • Administração de Empresas Públicas e Privadas, CEUB, Brasília, DF, 1974-1977; Direito, UFPI, Teresina, 1981-1984. 

Notas de pesar

Personalidades políticas e entidades públicas emitiram nota de pesar. Confira:

Prefeitura de Teresina

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa manifestou solidariedade aos familiares do ex-gestor. A Prefeitura de Teresina manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento do ex-deputado e ex-governador do Piauí, Guilherme Melo. Guilherme Melo ocupou diversos cargos públicos no Piauí, sempre exercendo-os com competência e dedicação.  O prefeito Dr. Pessoa se solidariza com a família enlutada ao tempo em que manifesta condolências a todos.

Ciro Nogueira 

Com pesar, recebi na manhã desta quinta-feira, 22 de abril, a notícia do falecimento do ex-governador Guilherme Melo, vencido por um câncer. Guilherme foi deputado estadual e assumiu o governo do Piauí em 1994, administrando o estado por um período de nove meses. Era um homem de destacadas qualidades pessoais, marcado pela alegria de viver e pela fidelidade aos amigos. A ele devemos dedicar os nossas orações e as nossas melhores lembranças.

Governo do Estado

O Governo do Estado do Piauí manifesta seu profundo pesar em decorrência do falecimento do ex-governador Guilherme Melo.

Formado em Administração de Empresas pelo Centro Universitário de Brasília e Direito pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), atuou como empresário do ramo imobiliário, além de ter exercido inúmeros cargos públicos. Atuou recentemente como diretor da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), mas já exerceu os cargos de governador, vice-governador, presidente da Cohab/PI, entre outras funções públicas.

O ex-governador também exerceu cargos na área sindical e de conselhos, como presidente do Conselho de Administração; como pecuarista foi presidente da Associação Brasileira de Criadores do Gado Curraleiro Pé-Duro.

Guilherme Melo era casado com Naira Danielle Melo e deixa uma filha, a médica Cínthia Portella.

Neste momento de dor, o Governo do Estado do Piauí expressa as mais sinceras condolências à família, aos amigos e aos piauienses por essa imensurável perda e decreta luto oficial de três dias.