1. Editorias
  2. Saúde
  3. Para evitar colapso, hospitais do interior do Piauí ganham reforço de leitos
Publicidade

Para evitar colapso, hospitais do interior do Piauí ganham reforço de leitos

Estado busca maior quantidade de profissionais para atuar no interior

De acordo com números divulgados pelo Governo do Estado, foram instalados, nos hospitais do interior do Piauí, para ajudar no combate a Covid-19, 148 leitos clínicos, 94 unidades de terapia intensiva (UTI) e 16 leitos de estabilização. No total, as unidades de saúde fora da capital contam com 438 leitos clínicos (214 ocupados), 132 leitos de UTIs (77 ocupados) e 40 leitos de estabilização (05 ocupados). Hoje, a doença está se caracterizando com o espalhamento pelo interior do estado. 

Leitos - Foto: divulgação

Segundo o secretario de Saúde, Florentino Neto, o momento de interiorização da doença já era esperado e por isso foi necessário um maior reforço nos hospitais para evitar o colapso. 

“Desde o começo, ainda em janeiro, tivemos um olhar atento para os hospitais do interior, pois sabíamos que o vírus, infelizmente, chegaria a essas regiões. Com isso, buscamos investi em mais leitos clínicos e de UTI, para que os pacientes pudessem fazer o seu tratamento mais próximo de casa, o que estamos conseguindo. Nossa luta agora é por levar mais profissionais de saúde para essas cidades”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Uma das unidades de saúde referência para o tratamento da Covid-19, no interior do estado, é Hospital Justino Luz, em Picos, que possui 35 leitos clínicos, 20 leitos de UTI e 02 leitos de estabilização. O hospital, que recebe pacientes de mais de 40 municípios das regiões do Vale do Guaribas e Vale do Canindé, já recuperou 115  infectados pelo coronavírus, que puderam retornar as suas casas após alta médica. 

“O Hospital Justino Luz atende hoje 29 pacientes, que estão nos leitos clínicos e 08 nas unidades de terapia intensiva, conseguimos manter nossos pacientes aqui, sem precisar realizar transferência para a capital, pois contamos com uma estrutura que nos permite realizar um tratamento de qualidade, possibilitando essa proximidade dos internados com sua residência ”, lembra a diretora do hospital, Samara Sá. 

Foto: divulgação

A estrutura do Hospital Justino Luz passará a contar com 74 leitos clínicos no setor Covid-19. O Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, é outra unidade de excelência no tratamento da doença, que conta 30 leitos clínicos, para tratar casos mais leves da doença, e 20 leitos de UTI, que disponibilizam tratamento de qualidade aos moradores das regiões dos Tabuleiros dos Rios Piauí e Itaueira e Tabuleiro do Alto Parnaíba. 

“Na nossa unidade encontram-se 10 pacientes internados nas UTI’s e 15 em leitos clínicos. Infelizmente, desses 20 leitos de UTI, apenas 10 estão ativos, e dos 30 clínicos, 18 estão, pois não conseguimos profissionais de saúde para trabalhar, já que nenhum médico se cadastrou no processo seletivo da Sesapi, porém a secretaria está buscando soluções para esse contratempo. Mas já conseguimos realizar 72 altas médicas no nosso hospital”, lembra o diretor do hospital David Teles.

De acordo com números divulgados pelo Governo do Estado, foram instalados, nos hospitais do interior do Piauí, para ajudar no combate a Covid-19, 148 leitos clínicos, 94 unidades de terapia intensiva (UTI) e 16 leitos de estabilização. No total, as unidades de saúde fora da capital contam com 438 leitos clínicos (214 ocupados), 132 leitos de UTIs (77 ocupados) e 40 leitos de estabilização (05 ocupados). Hoje, a doença está se caracterizando com o espalhamento pelo interior do estado. 

Leitos - Foto: divulgação

Segundo o secretario de Saúde, Florentino Neto, o momento de interiorização da doença já era esperado e por isso foi necessário um maior reforço nos hospitais para evitar o colapso. 

“Desde o começo, ainda em janeiro, tivemos um olhar atento para os hospitais do interior, pois sabíamos que o vírus, infelizmente, chegaria a essas regiões. Com isso, buscamos investi em mais leitos clínicos e de UTI, para que os pacientes pudessem fazer o seu tratamento mais próximo de casa, o que estamos conseguindo. Nossa luta agora é por levar mais profissionais de saúde para essas cidades”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Uma das unidades de saúde referência para o tratamento da Covid-19, no interior do estado, é Hospital Justino Luz, em Picos, que possui 35 leitos clínicos, 20 leitos de UTI e 02 leitos de estabilização. O hospital, que recebe pacientes de mais de 40 municípios das regiões do Vale do Guaribas e Vale do Canindé, já recuperou 115  infectados pelo coronavírus, que puderam retornar as suas casas após alta médica. 

“O Hospital Justino Luz atende hoje 29 pacientes, que estão nos leitos clínicos e 08 nas unidades de terapia intensiva, conseguimos manter nossos pacientes aqui, sem precisar realizar transferência para a capital, pois contamos com uma estrutura que nos permite realizar um tratamento de qualidade, possibilitando essa proximidade dos internados com sua residência ”, lembra a diretora do hospital, Samara Sá. 

Foto: divulgação

A estrutura do Hospital Justino Luz passará a contar com 74 leitos clínicos no setor Covid-19. O Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, é outra unidade de excelência no tratamento da doença, que conta 30 leitos clínicos, para tratar casos mais leves da doença, e 20 leitos de UTI, que disponibilizam tratamento de qualidade aos moradores das regiões dos Tabuleiros dos Rios Piauí e Itaueira e Tabuleiro do Alto Parnaíba. 

“Na nossa unidade encontram-se 10 pacientes internados nas UTI’s e 15 em leitos clínicos. Infelizmente, desses 20 leitos de UTI, apenas 10 estão ativos, e dos 30 clínicos, 18 estão, pois não conseguimos profissionais de saúde para trabalhar, já que nenhum médico se cadastrou no processo seletivo da Sesapi, porém a secretaria está buscando soluções para esse contratempo. Mas já conseguimos realizar 72 altas médicas no nosso hospital”, lembra o diretor do hospital David Teles.