1. Editorias
  2. Turismo
  3. Consórcio criará plano para impulsionar turismo no NE com rotas no Piauí
Publicidade

Consórcio criará plano para impulsionar turismo no NE com rotas no Piauí

O esboço da proposta deve ser apresentado até o dia 30 de novembro

Com o objetivo de impulsionar o turismo e a economia local, equipes técnicas dos nove estados nordestinos e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) iniciaram um plano de estruturação do turismo na região. O esboço da proposta deve ser apresentado ao Consórcio do Nordeste até o dia 30 de novembro.

Consórcio criará plano para impulsionar turismo no NE com rotas no Piauí (Foto: Chico Rasta /MTur)

Nesta sexta-feira (09), o governador Wellington Dias (PT) se reuniu, em São Paulo, com o ex-ministro do Turismo, Luís Barreto, para discutir a pauta. Na ocasião, o chefe do executivo estadual definiu as rotas do Piauí na consolidação de três grandes áreas turísticas.

“Nós temos essa parceria, em nível de Consórcio do Nordeste, com o Pnud e, no que diz respeito ao Piauí, nos interessa a consolidação de três grandes áreas turísticas: a região da Rota das Emoções, no litoral, e a ideia agora é integrar para as Serras Nordeste, em direção ao Parque Nacional de Sete Cidades e Ubajara. Ao mesmo tempo, trabalhar em relação a grande Teresina e essa região da Serra da Capivara, podendo integrar com o Parque do Rangel, agora em Bom Jesus, onde temos também o cânion dos Vianas e ali próximo o Parque das Águas, em Cristino Castro”, detalhou Dias. 

Como vai funcionar?

Segundo o Governo do Estado, as equipes destacadas por cada um dos estados desenvolverão um estudo sobre quais os aeroportos que se comportam melhor como porta de entrada de voos e conexões regionais e quais deverão receber voos vindo de outros países. 

O objetivo é montar um complexo que leve em consideração desde a valorização e publicidade das belezas do litoral nordestino, até o turismo mais elaborado, que explore a diversidade das serras, com em São Raimundo Nonato, onde os registros mais antigos da chegada do homem às Américas vieram a público.

Com o objetivo de impulsionar o turismo e a economia local, equipes técnicas dos nove estados nordestinos e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) iniciaram um plano de estruturação do turismo na região. O esboço da proposta deve ser apresentado ao Consórcio do Nordeste até o dia 30 de novembro.

Consórcio criará plano para impulsionar turismo no NE com rotas no Piauí (Foto: Chico Rasta /MTur)

Nesta sexta-feira (09), o governador Wellington Dias (PT) se reuniu, em São Paulo, com o ex-ministro do Turismo, Luís Barreto, para discutir a pauta. Na ocasião, o chefe do executivo estadual definiu as rotas do Piauí na consolidação de três grandes áreas turísticas.

“Nós temos essa parceria, em nível de Consórcio do Nordeste, com o Pnud e, no que diz respeito ao Piauí, nos interessa a consolidação de três grandes áreas turísticas: a região da Rota das Emoções, no litoral, e a ideia agora é integrar para as Serras Nordeste, em direção ao Parque Nacional de Sete Cidades e Ubajara. Ao mesmo tempo, trabalhar em relação a grande Teresina e essa região da Serra da Capivara, podendo integrar com o Parque do Rangel, agora em Bom Jesus, onde temos também o cânion dos Vianas e ali próximo o Parque das Águas, em Cristino Castro”, detalhou Dias. 

Como vai funcionar?

Segundo o Governo do Estado, as equipes destacadas por cada um dos estados desenvolverão um estudo sobre quais os aeroportos que se comportam melhor como porta de entrada de voos e conexões regionais e quais deverão receber voos vindo de outros países. 

O objetivo é montar um complexo que leve em consideração desde a valorização e publicidade das belezas do litoral nordestino, até o turismo mais elaborado, que explore a diversidade das serras, com em São Raimundo Nonato, onde os registros mais antigos da chegada do homem às Américas vieram a público.