1. Colunas
  2. Cine Vício
  3. Pacto dos Lobos completa 20 anos de lançamento
Publicidade

Pacto dos Lobos completa 20 anos de lançamento

Filmão maravilhoso que colocou a França como celeiro de filmes de aventura, depois veio Rios Vermelhos 2 (2004) e  antes Doberman (1997) e o lugar  deixou de ser o país que só faz filme cabeça e abriu pra pancadaria com história. Filme francês  dirigido por Christophe Gans, o roteiro é baseado na história real da Besta de Gévaudan, uma criatura feroz que aterrorizou esta região francesa no final do século XVIII.

Ambientado na França pré-revolucionária, ele coloca dois aventureiros contra a fera ensandecida. O monstro, um mistério do lugar está matando tudo e a todos e alguém tem que detê-lo.  A cena de Mani, o filipino Marc Dacascos ( do excelente Lágrimas de Guerreiro e Contra o Tempo) tem aqui sua melhor interpretação principalmente nas sequencias de enfrentamento com o monstro.

No elenco também se destacam Vincent Cassel (Irreversível, Rios Selvagens, Senhores do Crime  a bela Monica Belucci e Samuel Le Bihan de obras como Desejos Secretos e Fraternidade é Vermelha e Igualdade é Branca do polonês Krystof Kieslowicz. 
Kung fu, filme histórico e suspense em grande fita que merece sempre aplausos e nunca envelhece.

Filmão maravilhoso que colocou a França como celeiro de filmes de aventura, depois veio Rios Vermelhos 2 (2004) e  antes Doberman (1997) e o lugar  deixou de ser o país que só faz filme cabeça e abriu pra pancadaria com história. Filme francês  dirigido por Christophe Gans, o roteiro é baseado na história real da Besta de Gévaudan, uma criatura feroz que aterrorizou esta região francesa no final do século XVIII.

Ambientado na França pré-revolucionária, ele coloca dois aventureiros contra a fera ensandecida. O monstro, um mistério do lugar está matando tudo e a todos e alguém tem que detê-lo.  A cena de Mani, o filipino Marc Dacascos ( do excelente Lágrimas de Guerreiro e Contra o Tempo) tem aqui sua melhor interpretação principalmente nas sequencias de enfrentamento com o monstro.

No elenco também se destacam Vincent Cassel (Irreversível, Rios Selvagens, Senhores do Crime  a bela Monica Belucci e Samuel Le Bihan de obras como Desejos Secretos e Fraternidade é Vermelha e Igualdade é Branca do polonês Krystof Kieslowicz. 
Kung fu, filme histórico e suspense em grande fita que merece sempre aplausos e nunca envelhece.

Ran é Obra de arte insuperável Esquadrão Suicida é o melhor filme de 2021