1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. O distritão já existe
Publicidade

O distritão já existe

Muita gente acreditando que vai passar o tal distritão, que estabelece como deputados eleitos no país os mais votados para o equivalente número de cadeiras em cada estado. A ideia é bem acolhida porque se imagina que isso faria justiça a quem tem mais votos. Pelo atual sistema, um candidato com menos votos pode ser eleito porque seu partido somou mais votos que outra agremiação. Ocorre é que se essa forma de escolha majoritária de deputados estivesse em vigor, pelo menos 60 dos atuais 513 deputados não estariam lá e sim candidatos que obtiveram nominalmente mais votos que seus adversários. No Piauí, por exemplo, Átila Lira não seria deputado, porque teve menos votos que outros quatro candidatos. O eleito no lugar dele seria Merlong Solano, do PT, que ficou na primeira suplência. O mesmo se daria com Fabio Faria, atual ministro das Comunicações de Bolsonaro, que não seria deputado na atual legislatura,. Farias teve 70.350 votos e conseguiu uma cadeira no Rio Grande do Norte graças ao sistema proporcional, que, se favoreceu a ele deixou de fora um candidato chamado Mineiro, que teve 90.070 votos e não foi eleito. Faltando pouco mais de dois meses para se aprovar as regras eleitorais para 2022, ainda é incerto que o distritão seja acolhido, mas considerando que os partidos poderiam perder muito mais cadeiras que ganhar nesse processo, não é fácil apostar na aprovação da proposta, embora todas as filiações partidárias com o fito de disputa de vagas na Câmara dos Deputados em 2022 estejam no compasso de espera pela votação dessa proposta. O fato, contudo, é que em estados menores a lista de eleitos para a Câmara em geral inclui, se não a totalidade, até 90% das bancadas estaduais respectivas. Somente em Minas, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Paraná e Santa Catarina, estados com bancadas maiores, há um número maior de eleitos com menos votos que a lista dos mais votados para o correspondente número de deputados federais, mostrando que, na prática, o distritão já existe.

José Wilson Junior é mais um dos que lançaram-se na disputa pela vaga de desembargador do TJ-PI (Foto: divulgação)

A vaga de Desembargador

Na lista da OAB para o quinto Constitucional do Tribunal de Justiça do Piauí, outro nome que corre leve entre os candidatos é o do advogado José Wilson Junior, que foi procurador do município de Teresina na gestão Elmano Ferrer. 

A vaga de Desembargador  2

José Wilson é nome fortíssimo no Tribunal de Justiça, e tem quem diga que é a bola da vez para a escolha do governador Wellington Dias, que já teria esse compromisso com Wilson e seus poderosos amigos.

Clínica denunciada

O Ministério Público aceitou denúncia feita por K.M.C.S, uma ex-paciente das chamadas clínicas involuntárias, ou seja, as clínicas que tratam pessoas com dependentes de álcool, drogas e transtornos psiquiátricos. Na denúncia essa paciente fala dos horrores a que foi submetida relatando verdadeiros procedimentos de torturas.

O dia certo

Seu depoimento será na delegacia de Direitos Humanos no início de agosto. O pessoal da clínica em questão também será ouvido.

Fraude das Vans 1

É comum se dizer que na política o mais corrupto é o eleitor (em tese), pelas exigências que faz em troca do voto. Ou seja, ele vende o voto de várias formas, seja por dinheiro vivo, carradas de massará, tijolos, enfim. Algo parecido estaria acontecendo no setor de transportes coletivo de Teresina, através das vans, do transporte alternativo.

Fraude das Vans 2

Ontem, a coluna divulgou que a Strans recorreu à Policia Civil para apurar um escândalo envolvendo o cartão do sistema de bilhetagem eletrônica. Ou seja, o estudante ou trabalhador vende antecipadamente os créditos para as vans.

Fraude nas vans 3

Nessa camaradagem, a negociação envolve uma boa comissão para as vans. O negócio parece tão lucrativo que é fácil se ver cobradores das vans passando os cartões, repetidamente e, ao final, eles repassam a parte da passagem e retém a sua comissão.

O foguete van

Por isso que ontem, se apurou junto à prefeitura que uma só van aparece na investigação como tendo transportado 5 mil pessoas em apenas uma hora. Nem foguete rodaria o mundo em tão pouco tempo.

Caso de Polícia

Estão sujeitos às penas da lei o sujeito que vende e o que compra. 

CPI do Dudu

Essa prática já foi inclusive denunciada na CPI do Dudu – a Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara de Vereadores. Até agora Dudu não concluiu o relatório, mas já avisou que é preciso fazer auditoria nas planilhas de registro da bilhetagem eletrônica.

Mário Rosa

Muito bom o artigo do jornalista, consultor de comunicação e escritor Mário Rosa (“o presidente nunca pode estar certo?”), focando na nomeação do senador Ciro Nogueira para o cargo de ministro da Casa Civil. Rosa foi ou continua sendo um consultor do senador. Ao que parece, desde os tempos de deputado federal.

Revitalizar o que?

Dr. Pessoa está anunciando a revitalização da curva São Paulo, um balneário que até haver a intervenção da prefeitura, gestão Silvio Mendes, funcionava. Bastou o prefeito interferir, o espaço virou água. Literalmente, o espaço foi alagado, numa dessas enchentes. 

Olha o mico!

Pessoa corre o risco de gastar dinheiro da prefeitura e pagar um mico com essa sua anunciada revitalização. O espaço está abaixo do nível do mar e se não for feita uma correção de nada adiantará pintar os meios fios de cal, e montar as barracas à margem da água.

Relações tempestuosas 

A coisa está azedando entre Bolsonaro e os ministros do STF. Trocam farpas, ou melhor, sérias acusações. Agora os ministros o acusam de produzir fake News sobre o voto impresso. Ontem, Bolsonaro foi chamado de moleque e os ministros estão acenando até com punição contra ele.
Onde isso vai parar?

Chuva no molhado

Uma lei municipal de autoria do vereador Edilberto Borges, o Dudu do PT, proíbe o abandono de idosos na cidade. Em verdade, a legislação repete o que já diz a lei federal nº 10.741/2003 – Estatuto do Idoso.
Mas o que vale é a intenção né? Afinal, também fazer média não custa nada. Né não!

Jazida

Uma área de 18,74 hectares na localidade São Domingos, zona rural de Teresina, foi declarada de utilidade pública pela prefeitura.
O imóvel declarado de utilidade pública destina-se à realocação e regularização de jazida de argila destinada ao Polo Cerâmico do Poti Velho.

Cemitério

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas da zona norte de Teresina tem publicado uma série de editais convocando parentes de pessoas sepultadas no cemitério do Buenos Aires para regularizar a titularidade dos túmulos.
Como nem todo mundo lê o Diário Oficial do Município, é, quem sabe, o caso de as pessoas com algum interesse no assunto buscar informações na Saad Norte.

De saída

O PT poderá receber a suplente de deputada estadual, Elisângela Moura, do PCdoB, atualmente no exercício do mandato em razão da queda do governador Wellington Dias por convocar deputados pata seu secretariado.
Elisângela não vêm chances de sucesso eleitoral se ficar no Partido Comunista do Brasil.

Libera geral?

Semana que vem, quando a Assembleia Legislativa retomar as atividades, após recesso de 15 dias, a Comissão de Constituição e Justiça vai apreciar projeto de lei de autoria do deputado Paulo Martins (PT), que está propondo a autorização pelo governo do Piauí a permitir o acesso de pessoas vacinadas contra a Covid-19 em eventos culturais, esportivos e sociais.

Festa?

Dr. Pessoa constituiu na terça-feira a Comissão Organizadora do Aniversário de 169 anos de Teresina, formada por André Lopes Evangelista Dias (secretário de Governo), Fidel Papillon Maciel Guerra (Cerimonial), Lucas Pereira da Silva (coordenador de Comunicação) e Scheyvan Xavier Lima (Fundação Monsenhor Chaves).
Pelo pouco que têm e pelo não muito que foi feito pela administração, certamente o trabalho deles vai ser molim, molim.

Ping-Pong
Bola na área

Eleito presidente, Tancredo Neves foi aos Estados Unidos e Europa. Passou pelo México. Augusto Marzagão, vice-presidente da Televisa, a maior televisão do México, organizou uma entrevista coletiva. Desde a Copa de 70, quando o Brasil ganhou o tri com a maior seleção mundial de todos os tempos, os mexicanos são siderados pelo futebol brasileiro. Um jornalista perguntou a Tancredo:

— Presidente, é fácil ser eleito presidente da República no Brasil?
— É, sim. Difícil é ser escolhido técnico da seleção brasileira.

Fonte: “Folclore Político”, de Sebastião Nery. Geração Editorial. São Paulo, 2002

Expressas 

O Ministério da Infraestrutura vai fazer obra de melhoria e requalificação do aeródromo de Bom Jesus, polo dinâmico de economia do agronegócio no Sudoeste do Piauí. O anúncio foi feito pelo senador Elmano Ferrer.

São Luís iniciou, ontem, a vacinação de adolescentes de 12 anos de idade com o imunizante da Pfizer. Nem precisa dizer que isso deixa Teresina em má posição né?

Agosto deve ser um mês muito bom para as usinas eólicas do Piauí. Prevê-se um pico de geração de energia elétrica em todas elas.

Muita gente acreditando que vai passar o tal distritão, que estabelece como deputados eleitos no país os mais votados para o equivalente número de cadeiras em cada estado. A ideia é bem acolhida porque se imagina que isso faria justiça a quem tem mais votos. Pelo atual sistema, um candidato com menos votos pode ser eleito porque seu partido somou mais votos que outra agremiação. Ocorre é que se essa forma de escolha majoritária de deputados estivesse em vigor, pelo menos 60 dos atuais 513 deputados não estariam lá e sim candidatos que obtiveram nominalmente mais votos que seus adversários. No Piauí, por exemplo, Átila Lira não seria deputado, porque teve menos votos que outros quatro candidatos. O eleito no lugar dele seria Merlong Solano, do PT, que ficou na primeira suplência. O mesmo se daria com Fabio Faria, atual ministro das Comunicações de Bolsonaro, que não seria deputado na atual legislatura,. Farias teve 70.350 votos e conseguiu uma cadeira no Rio Grande do Norte graças ao sistema proporcional, que, se favoreceu a ele deixou de fora um candidato chamado Mineiro, que teve 90.070 votos e não foi eleito. Faltando pouco mais de dois meses para se aprovar as regras eleitorais para 2022, ainda é incerto que o distritão seja acolhido, mas considerando que os partidos poderiam perder muito mais cadeiras que ganhar nesse processo, não é fácil apostar na aprovação da proposta, embora todas as filiações partidárias com o fito de disputa de vagas na Câmara dos Deputados em 2022 estejam no compasso de espera pela votação dessa proposta. O fato, contudo, é que em estados menores a lista de eleitos para a Câmara em geral inclui, se não a totalidade, até 90% das bancadas estaduais respectivas. Somente em Minas, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Paraná e Santa Catarina, estados com bancadas maiores, há um número maior de eleitos com menos votos que a lista dos mais votados para o correspondente número de deputados federais, mostrando que, na prática, o distritão já existe.

José Wilson Junior é mais um dos que lançaram-se na disputa pela vaga de desembargador do TJ-PI (Foto: divulgação)

A vaga de Desembargador

Na lista da OAB para o quinto Constitucional do Tribunal de Justiça do Piauí, outro nome que corre leve entre os candidatos é o do advogado José Wilson Junior, que foi procurador do município de Teresina na gestão Elmano Ferrer. 

A vaga de Desembargador  2

José Wilson é nome fortíssimo no Tribunal de Justiça, e tem quem diga que é a bola da vez para a escolha do governador Wellington Dias, que já teria esse compromisso com Wilson e seus poderosos amigos.

Clínica denunciada

O Ministério Público aceitou denúncia feita por K.M.C.S, uma ex-paciente das chamadas clínicas involuntárias, ou seja, as clínicas que tratam pessoas com dependentes de álcool, drogas e transtornos psiquiátricos. Na denúncia essa paciente fala dos horrores a que foi submetida relatando verdadeiros procedimentos de torturas.

O dia certo

Seu depoimento será na delegacia de Direitos Humanos no início de agosto. O pessoal da clínica em questão também será ouvido.

Fraude das Vans 1

É comum se dizer que na política o mais corrupto é o eleitor (em tese), pelas exigências que faz em troca do voto. Ou seja, ele vende o voto de várias formas, seja por dinheiro vivo, carradas de massará, tijolos, enfim. Algo parecido estaria acontecendo no setor de transportes coletivo de Teresina, através das vans, do transporte alternativo.

Fraude das Vans 2

Ontem, a coluna divulgou que a Strans recorreu à Policia Civil para apurar um escândalo envolvendo o cartão do sistema de bilhetagem eletrônica. Ou seja, o estudante ou trabalhador vende antecipadamente os créditos para as vans.

Fraude nas vans 3

Nessa camaradagem, a negociação envolve uma boa comissão para as vans. O negócio parece tão lucrativo que é fácil se ver cobradores das vans passando os cartões, repetidamente e, ao final, eles repassam a parte da passagem e retém a sua comissão.

O foguete van

Por isso que ontem, se apurou junto à prefeitura que uma só van aparece na investigação como tendo transportado 5 mil pessoas em apenas uma hora. Nem foguete rodaria o mundo em tão pouco tempo.

Caso de Polícia

Estão sujeitos às penas da lei o sujeito que vende e o que compra. 

CPI do Dudu

Essa prática já foi inclusive denunciada na CPI do Dudu – a Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara de Vereadores. Até agora Dudu não concluiu o relatório, mas já avisou que é preciso fazer auditoria nas planilhas de registro da bilhetagem eletrônica.

Mário Rosa

Muito bom o artigo do jornalista, consultor de comunicação e escritor Mário Rosa (“o presidente nunca pode estar certo?”), focando na nomeação do senador Ciro Nogueira para o cargo de ministro da Casa Civil. Rosa foi ou continua sendo um consultor do senador. Ao que parece, desde os tempos de deputado federal.

Revitalizar o que?

Dr. Pessoa está anunciando a revitalização da curva São Paulo, um balneário que até haver a intervenção da prefeitura, gestão Silvio Mendes, funcionava. Bastou o prefeito interferir, o espaço virou água. Literalmente, o espaço foi alagado, numa dessas enchentes. 

Olha o mico!

Pessoa corre o risco de gastar dinheiro da prefeitura e pagar um mico com essa sua anunciada revitalização. O espaço está abaixo do nível do mar e se não for feita uma correção de nada adiantará pintar os meios fios de cal, e montar as barracas à margem da água.

Relações tempestuosas 

A coisa está azedando entre Bolsonaro e os ministros do STF. Trocam farpas, ou melhor, sérias acusações. Agora os ministros o acusam de produzir fake News sobre o voto impresso. Ontem, Bolsonaro foi chamado de moleque e os ministros estão acenando até com punição contra ele.
Onde isso vai parar?

Chuva no molhado

Uma lei municipal de autoria do vereador Edilberto Borges, o Dudu do PT, proíbe o abandono de idosos na cidade. Em verdade, a legislação repete o que já diz a lei federal nº 10.741/2003 – Estatuto do Idoso.
Mas o que vale é a intenção né? Afinal, também fazer média não custa nada. Né não!

Jazida

Uma área de 18,74 hectares na localidade São Domingos, zona rural de Teresina, foi declarada de utilidade pública pela prefeitura.
O imóvel declarado de utilidade pública destina-se à realocação e regularização de jazida de argila destinada ao Polo Cerâmico do Poti Velho.

Cemitério

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas da zona norte de Teresina tem publicado uma série de editais convocando parentes de pessoas sepultadas no cemitério do Buenos Aires para regularizar a titularidade dos túmulos.
Como nem todo mundo lê o Diário Oficial do Município, é, quem sabe, o caso de as pessoas com algum interesse no assunto buscar informações na Saad Norte.

De saída

O PT poderá receber a suplente de deputada estadual, Elisângela Moura, do PCdoB, atualmente no exercício do mandato em razão da queda do governador Wellington Dias por convocar deputados pata seu secretariado.
Elisângela não vêm chances de sucesso eleitoral se ficar no Partido Comunista do Brasil.

Libera geral?

Semana que vem, quando a Assembleia Legislativa retomar as atividades, após recesso de 15 dias, a Comissão de Constituição e Justiça vai apreciar projeto de lei de autoria do deputado Paulo Martins (PT), que está propondo a autorização pelo governo do Piauí a permitir o acesso de pessoas vacinadas contra a Covid-19 em eventos culturais, esportivos e sociais.

Festa?

Dr. Pessoa constituiu na terça-feira a Comissão Organizadora do Aniversário de 169 anos de Teresina, formada por André Lopes Evangelista Dias (secretário de Governo), Fidel Papillon Maciel Guerra (Cerimonial), Lucas Pereira da Silva (coordenador de Comunicação) e Scheyvan Xavier Lima (Fundação Monsenhor Chaves).
Pelo pouco que têm e pelo não muito que foi feito pela administração, certamente o trabalho deles vai ser molim, molim.

Ping-Pong
Bola na área

Eleito presidente, Tancredo Neves foi aos Estados Unidos e Europa. Passou pelo México. Augusto Marzagão, vice-presidente da Televisa, a maior televisão do México, organizou uma entrevista coletiva. Desde a Copa de 70, quando o Brasil ganhou o tri com a maior seleção mundial de todos os tempos, os mexicanos são siderados pelo futebol brasileiro. Um jornalista perguntou a Tancredo:

— Presidente, é fácil ser eleito presidente da República no Brasil?
— É, sim. Difícil é ser escolhido técnico da seleção brasileira.

Fonte: “Folclore Político”, de Sebastião Nery. Geração Editorial. São Paulo, 2002

Expressas 

O Ministério da Infraestrutura vai fazer obra de melhoria e requalificação do aeródromo de Bom Jesus, polo dinâmico de economia do agronegócio no Sudoeste do Piauí. O anúncio foi feito pelo senador Elmano Ferrer.

São Luís iniciou, ontem, a vacinação de adolescentes de 12 anos de idade com o imunizante da Pfizer. Nem precisa dizer que isso deixa Teresina em má posição né?

Agosto deve ser um mês muito bom para as usinas eólicas do Piauí. Prevê-se um pico de geração de energia elétrica em todas elas.

A vergonhosa falta d'água O golpe publicitário que não colou