1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. As malfeitorias de quem deveria combater o crime
Publicidade

As malfeitorias de quem deveria combater o crime

O cometimento de irregularidades na administração pública estadual no Piauí parece mesmo ser uma exigência para o exercício de funções de confiança no atual governo. Do tipo, se o sujeito sabe “operar”; se tem tendência para a rapinagem; se é mesmo desonesto. Só pode. Há um sem-número de atropelamentos das regras de boa governança, de probidade e transparência. Mas o que aconteceu na Secretaria de Segurança, donataria do deputado federal Fabio Abreu, é espantoso até mesmo para os padrões de descaso que marcaram a gestão de Wellington Dias. A prestação de contas das gestões de Fábio Abreu e de seu lugar-tenente Rubens Pereira, em 2019, mostra uma recorrente prática de irregularidades. Ou seja, quem combate o crime termina sendo tão criminoso quanto os que prende. Pois bem: o relatório de fiscalização do TCE indica um padrão de desvio ou mau uso com a utilização de serviços mecânicos ou abastecimentos de veículos, que resultou em um prejuízo de R$ 4.193.741,46, resultantes das seguintes operações irregulares: manutenção e abastecimento em veículos baixados do patrimônio, onerando os cofres públicos indevidamente no valor de R$ 315.276,84; manutenção em 149 veículos não incluídos na relação das viaturas utilizadas pela SSP/PI em 2019, onerando indevidamente os cofres públicos no montante de R$ 962.043,77; pagamento de R$ 2.479.590,85 com manutenção e abastecimento de veículos classificados como “inservíveis” pela Lei Estadual nº. 3.963/84, de 23.10.84; pagamento de R$ 436.830,00 com manutenção de veículos para os quais não constam registros de abastecimentos no exercício de 2019. O pendor para irregularidades com justificativas automotivas se completava, segundo a auditoria do TCE, em ações como direcionamento no abastecimento dos veículos; abastecimentos realizados paralelamente ao sistema eletrônico com a utilização de “bloqueto” de autorização e ausência de identificação pessoal do motorista; despesas com manutenção veicular acima de 50% do valor de mercado; direcionamento dos serviços de manutenção veicular por parte da SSP/PI: três oficinas concentram 74,84% do total da referida despesa no exercício de 2019; não adoção de política de revisões veiculares regulares, resultando em custo maior com realização de manutenções; veículos locados que não foram identificados nos relatórios de abastecimento, e, consequentemente não foram utilizados, configurando um superfaturamento quantitativo. Há mais coisas além disso, como a utilização indevida de Suprimento de fundos no montante de R$ 1.405.737,19; conclusão de licitação fora do prazo regimental; atraso no envio das prestações de contas mensais;  ausência de documentos nas prestações de contas mensais. Com tanta vontade de errar, os gestores sob investigação também pagavam diárias sem assinatura do ordenador de despesa e ausência de fiscalização de contratos. O TCE vê-se agora às voltas com esse monstrengo contábil que poderia e deveria ser rejeitado para o bem do Erário. E, claro, tem que denunciar os malfeitores. 

Governadora trata com membros do Conselho Penitenciário do Piaui das “soluções” para o sistema prisional. E as muriçocas?     

Regina e os conselheiros

Regina sousa recebeu membros do conselho penitenciário para discutir, segundo ela própria postou em suas redes sociais, soluções no sistema prisional do estado. 
A governadora já esteve em um presídio recentemente e parece, não sabe de nada. 
Ou finge não saber. 

De viseiras

Ontem ela ouviu que os conselheiros fazem inspeções nos presídios uma vez por mês. 
Devem entrar nas penitenciárias de viseiras, porque os problemas estão à vista de todos. 

Querem ver?

Encaminharam aos colunistas substitutos um áudio de uma “conselheira”, essa sim, viu como vivem os 500 presos no pavilhão e que lamenta a tortura porque passam os apenados  na Irmão Guido por causa das muriçocas. 

Tudo escuro

“Eu acho que não tem condição do mundo, por tudo que é de mais sagrado, a irmão Guido ter aquela quantidade de muriçoca com aqueles presos dormindo no escuro. Aquilo não é de Deus, não. As pessoas não abrem a boca e engolem muriçoca.” 
Esse relato confirma as reclamações de parentes de presos que se queixam das muriçocas. 

Ação de governo

Um técnico diz que a solução para o caso das muriçocas da irmão Guido é simples e barata: basta Regina mandar tratar duas lagoas das proximidades. 
Um advogado disse aos colunistas substitutos que quando vai lá, sai da sala da OAB todo mordido. 
“Imagina nos pavilhões que nem ventiladores existem”, pondera ele. 

Olha o cargo

O Sindicato dos Servidores Municipais não dá trégua a Dr Pessoa. Na semana passada, ingressou com ação contra o prefeito por improbidade administrativa, alegando irregularidade na nomeação do presidente do Instituto de Previdência do Município, Kennedy Glauber Carvalho Leite.

Não segurado

Segundo o Sindserm, a nomeação é ilegal porque Leite não é segurado do IPMT, sendo esta uma condição exigida no regimento interno da autarquia para o exercício da presidência.
Assim, o sindicato quer processar o prefeito por improbidade e por crime de responsabilidade, bem como afastar o presidente do IPMT.

Dedo na ferida

Entrevistada ontem na TV Cidade Verde, a deputada estadual Teresa Brito foi cruelmente irônica com os tucanos, dizendo que todos já saíram de lá, ficando só o Luciano Nunes, que é um rapaz bom, mas somente isso.
A parlamentar do PV disse que atualmente seu partido é maior que o PSDB, que nem representação tem na Assembleia.

Contas de Júlio

Nas contas do deputado estadual Júlio Arcoverde, presidente do PP, chegam a 116 os prefeitos que vão apoiar o candidato a governador Silvio Mendes, da Oposição.
Segundo o parlamentar, são 96 os prefeitos filiados ao seu partido e que apoiam Silvio Mendes.

Novidade agrícola

Tem novidades na agricultura tecnológica e de precisão que se pratica no Sudoeste do Piauí. Como culturas para fixação de nitrogênio no solo e rotação após a colheita de soja, estão sendo feitos experimentos com alho e amendoim. Ainda é pontual o cultivo, mas se houver mercado, é possível que em alguns anos o Piauí passa a também ser um considerável produtor de amendoim e alho.

Integração

Com uma prática recorrente do plantio direto, que reduz o uso de fertilizantes químicos e mantém o solo mais protegidos, agricultores do Sudoeste do Piauí também começam a adotar uma nova alternativa de plantio para integração com a pecuária bovina.

Como é

Planta-se o milho safrinha já com braquiária. Quando se colhe o milho, fica o capim e o gado entra para pastagem, que brota no campo com uma vitalidade tremenda, pois aproveita a adubação do milho. Assim, pode-se fazer o uso do mesmo espaço, a menor custo, integrando lavoura e pecuária.

Para onde vai

Dois decretos de suplementação orçamentária publicados na semana passada destinam mais de R$ 19 milhões para uma rubrica chamada promoção e atração de investimento.
E o que vem  ser isso? 

A criação do índio

Desconfiam os colunistas substitutos que essa dinheirama toda vai para a última criação autárquica do ex-governador Wellington Dias, a tal Agência de Atração de Investimentos Estratégicos do Piauí (Investe Piauí).
O que a oposição já começa a desconfiar tratar-se de mais um terreiro de enriquecimento ilícito. 

Tempos bicudos

A Ônix Indústria de Colchões, do Grupo Claudino, fechou 2021 com lucro menor que no ano anterior – o faturamento foi também menor.
A empresa teve receitas de R$ 35,3 milhões em 2021 contra R$ 42,8 milhões no ano anterior, com despesas menores entre os dois exercícios.
O lucro caiu de R$ 7,9 milhões em 2020 para R$ 3,1 milhões no ano passado.

Solar

A empresa Netlux Solar Ltda. vai implantar um projeto de energia fotovoltaica em dois hectares na zona rural do município de Coivaras.
Não há informação sobre a potência da usina.

Substitutos

Regina Sousa autorizou a contratação de 121 professores substitutos para a Universidade Estadual do Piauí.
Os contratados estavam em cadastro de reserva e vão ser admitidos nos quadros da instituição para evitar um apagão nas aulas.

Sem licitação

O Instituto de Águas e Esgotos do Piauí contratou sem licitação a empresa Apoio Soluções em Engenharia Ltda. para uma obra de implantação de sistema de abastecimento de água na localidade Tanque Velho, zona rural do município de São Brás do Piauí, com custo estimado em R$ 985.821,72.

Senhor ladrão!

Enquanto os gestores da segurança pública do Piaui são pilhados pelo TCE com supostas falcatruas, os bandidos fazem as vezes de mandachuvas nas cidades. 
Em Parnaíba, estão cobrando pedagio para as pessoas circular.

Ping-pong

Pesquise-se-me

No início da campanha de 2012, o ‘empresário’ do ramo de pesquisas eleitorais, encontra casualmente o senador Wellington Dias (PT) e lhe mostra com muito entusiasmo uma nova técnica de consulta online de opinião aplicada. Exibe o resultado da pesquisa apontando a liderança de um candidato em cidade da família de Wellington, no interior.
Wellington: “Esse resultado não bate com a realidade”.
O pesquisador: “Senador, eu sou assessor do candidato, e lhe garanto que os números batem”
Wellington: “Ah! Como estatístico, continuo dizendo que você está errado mas, como assessor obediente, você está ótimo”.

Originalmente publicado em 4 de outubro de 2012.

Expressas

Uma servidora de uma Vara de Família de Teresina, que não teve o nome divulgado, foi presa em flagrante pela Polícia Civil, pelo crime de corrupção.

Militares do Exército e equipes do Zoonoses encontraram mais de 600 focos do mosquito da dengue em imóveis da capital.

A avenida dos Expedicionários, localizada na zona Sudeste de Teresina, receberá a implantação de rede de esgoto, entre as avenidas Fernando Pires Leal e Deputado Ferraz. Segundo a Águas de Teresina, as obras iniciarão hoje. 

*Esta coluna é de responsabilidade dos colaboradores do Portal AZ

O cometimento de irregularidades na administração pública estadual no Piauí parece mesmo ser uma exigência para o exercício de funções de confiança no atual governo. Do tipo, se o sujeito sabe “operar”; se tem tendência para a rapinagem; se é mesmo desonesto. Só pode. Há um sem-número de atropelamentos das regras de boa governança, de probidade e transparência. Mas o que aconteceu na Secretaria de Segurança, donataria do deputado federal Fabio Abreu, é espantoso até mesmo para os padrões de descaso que marcaram a gestão de Wellington Dias. A prestação de contas das gestões de Fábio Abreu e de seu lugar-tenente Rubens Pereira, em 2019, mostra uma recorrente prática de irregularidades. Ou seja, quem combate o crime termina sendo tão criminoso quanto os que prende. Pois bem: o relatório de fiscalização do TCE indica um padrão de desvio ou mau uso com a utilização de serviços mecânicos ou abastecimentos de veículos, que resultou em um prejuízo de R$ 4.193.741,46, resultantes das seguintes operações irregulares: manutenção e abastecimento em veículos baixados do patrimônio, onerando os cofres públicos indevidamente no valor de R$ 315.276,84; manutenção em 149 veículos não incluídos na relação das viaturas utilizadas pela SSP/PI em 2019, onerando indevidamente os cofres públicos no montante de R$ 962.043,77; pagamento de R$ 2.479.590,85 com manutenção e abastecimento de veículos classificados como “inservíveis” pela Lei Estadual nº. 3.963/84, de 23.10.84; pagamento de R$ 436.830,00 com manutenção de veículos para os quais não constam registros de abastecimentos no exercício de 2019. O pendor para irregularidades com justificativas automotivas se completava, segundo a auditoria do TCE, em ações como direcionamento no abastecimento dos veículos; abastecimentos realizados paralelamente ao sistema eletrônico com a utilização de “bloqueto” de autorização e ausência de identificação pessoal do motorista; despesas com manutenção veicular acima de 50% do valor de mercado; direcionamento dos serviços de manutenção veicular por parte da SSP/PI: três oficinas concentram 74,84% do total da referida despesa no exercício de 2019; não adoção de política de revisões veiculares regulares, resultando em custo maior com realização de manutenções; veículos locados que não foram identificados nos relatórios de abastecimento, e, consequentemente não foram utilizados, configurando um superfaturamento quantitativo. Há mais coisas além disso, como a utilização indevida de Suprimento de fundos no montante de R$ 1.405.737,19; conclusão de licitação fora do prazo regimental; atraso no envio das prestações de contas mensais;  ausência de documentos nas prestações de contas mensais. Com tanta vontade de errar, os gestores sob investigação também pagavam diárias sem assinatura do ordenador de despesa e ausência de fiscalização de contratos. O TCE vê-se agora às voltas com esse monstrengo contábil que poderia e deveria ser rejeitado para o bem do Erário. E, claro, tem que denunciar os malfeitores. 

Governadora trata com membros do Conselho Penitenciário do Piaui das “soluções” para o sistema prisional. E as muriçocas?     

Regina e os conselheiros

Regina sousa recebeu membros do conselho penitenciário para discutir, segundo ela própria postou em suas redes sociais, soluções no sistema prisional do estado. 
A governadora já esteve em um presídio recentemente e parece, não sabe de nada. 
Ou finge não saber. 

De viseiras

Ontem ela ouviu que os conselheiros fazem inspeções nos presídios uma vez por mês. 
Devem entrar nas penitenciárias de viseiras, porque os problemas estão à vista de todos. 

Querem ver?

Encaminharam aos colunistas substitutos um áudio de uma “conselheira”, essa sim, viu como vivem os 500 presos no pavilhão e que lamenta a tortura porque passam os apenados  na Irmão Guido por causa das muriçocas. 

Tudo escuro

“Eu acho que não tem condição do mundo, por tudo que é de mais sagrado, a irmão Guido ter aquela quantidade de muriçoca com aqueles presos dormindo no escuro. Aquilo não é de Deus, não. As pessoas não abrem a boca e engolem muriçoca.” 
Esse relato confirma as reclamações de parentes de presos que se queixam das muriçocas. 

Ação de governo

Um técnico diz que a solução para o caso das muriçocas da irmão Guido é simples e barata: basta Regina mandar tratar duas lagoas das proximidades. 
Um advogado disse aos colunistas substitutos que quando vai lá, sai da sala da OAB todo mordido. 
“Imagina nos pavilhões que nem ventiladores existem”, pondera ele. 

Olha o cargo

O Sindicato dos Servidores Municipais não dá trégua a Dr Pessoa. Na semana passada, ingressou com ação contra o prefeito por improbidade administrativa, alegando irregularidade na nomeação do presidente do Instituto de Previdência do Município, Kennedy Glauber Carvalho Leite.

Não segurado

Segundo o Sindserm, a nomeação é ilegal porque Leite não é segurado do IPMT, sendo esta uma condição exigida no regimento interno da autarquia para o exercício da presidência.
Assim, o sindicato quer processar o prefeito por improbidade e por crime de responsabilidade, bem como afastar o presidente do IPMT.

Dedo na ferida

Entrevistada ontem na TV Cidade Verde, a deputada estadual Teresa Brito foi cruelmente irônica com os tucanos, dizendo que todos já saíram de lá, ficando só o Luciano Nunes, que é um rapaz bom, mas somente isso.
A parlamentar do PV disse que atualmente seu partido é maior que o PSDB, que nem representação tem na Assembleia.

Contas de Júlio

Nas contas do deputado estadual Júlio Arcoverde, presidente do PP, chegam a 116 os prefeitos que vão apoiar o candidato a governador Silvio Mendes, da Oposição.
Segundo o parlamentar, são 96 os prefeitos filiados ao seu partido e que apoiam Silvio Mendes.

Novidade agrícola

Tem novidades na agricultura tecnológica e de precisão que se pratica no Sudoeste do Piauí. Como culturas para fixação de nitrogênio no solo e rotação após a colheita de soja, estão sendo feitos experimentos com alho e amendoim. Ainda é pontual o cultivo, mas se houver mercado, é possível que em alguns anos o Piauí passa a também ser um considerável produtor de amendoim e alho.

Integração

Com uma prática recorrente do plantio direto, que reduz o uso de fertilizantes químicos e mantém o solo mais protegidos, agricultores do Sudoeste do Piauí também começam a adotar uma nova alternativa de plantio para integração com a pecuária bovina.

Como é

Planta-se o milho safrinha já com braquiária. Quando se colhe o milho, fica o capim e o gado entra para pastagem, que brota no campo com uma vitalidade tremenda, pois aproveita a adubação do milho. Assim, pode-se fazer o uso do mesmo espaço, a menor custo, integrando lavoura e pecuária.

Para onde vai

Dois decretos de suplementação orçamentária publicados na semana passada destinam mais de R$ 19 milhões para uma rubrica chamada promoção e atração de investimento.
E o que vem  ser isso? 

A criação do índio

Desconfiam os colunistas substitutos que essa dinheirama toda vai para a última criação autárquica do ex-governador Wellington Dias, a tal Agência de Atração de Investimentos Estratégicos do Piauí (Investe Piauí).
O que a oposição já começa a desconfiar tratar-se de mais um terreiro de enriquecimento ilícito. 

Tempos bicudos

A Ônix Indústria de Colchões, do Grupo Claudino, fechou 2021 com lucro menor que no ano anterior – o faturamento foi também menor.
A empresa teve receitas de R$ 35,3 milhões em 2021 contra R$ 42,8 milhões no ano anterior, com despesas menores entre os dois exercícios.
O lucro caiu de R$ 7,9 milhões em 2020 para R$ 3,1 milhões no ano passado.

Solar

A empresa Netlux Solar Ltda. vai implantar um projeto de energia fotovoltaica em dois hectares na zona rural do município de Coivaras.
Não há informação sobre a potência da usina.

Substitutos

Regina Sousa autorizou a contratação de 121 professores substitutos para a Universidade Estadual do Piauí.
Os contratados estavam em cadastro de reserva e vão ser admitidos nos quadros da instituição para evitar um apagão nas aulas.

Sem licitação

O Instituto de Águas e Esgotos do Piauí contratou sem licitação a empresa Apoio Soluções em Engenharia Ltda. para uma obra de implantação de sistema de abastecimento de água na localidade Tanque Velho, zona rural do município de São Brás do Piauí, com custo estimado em R$ 985.821,72.

Senhor ladrão!

Enquanto os gestores da segurança pública do Piaui são pilhados pelo TCE com supostas falcatruas, os bandidos fazem as vezes de mandachuvas nas cidades. 
Em Parnaíba, estão cobrando pedagio para as pessoas circular.

Ping-pong

Pesquise-se-me

No início da campanha de 2012, o ‘empresário’ do ramo de pesquisas eleitorais, encontra casualmente o senador Wellington Dias (PT) e lhe mostra com muito entusiasmo uma nova técnica de consulta online de opinião aplicada. Exibe o resultado da pesquisa apontando a liderança de um candidato em cidade da família de Wellington, no interior.
Wellington: “Esse resultado não bate com a realidade”.
O pesquisador: “Senador, eu sou assessor do candidato, e lhe garanto que os números batem”
Wellington: “Ah! Como estatístico, continuo dizendo que você está errado mas, como assessor obediente, você está ótimo”.

Originalmente publicado em 4 de outubro de 2012.

Expressas

Uma servidora de uma Vara de Família de Teresina, que não teve o nome divulgado, foi presa em flagrante pela Polícia Civil, pelo crime de corrupção.

Militares do Exército e equipes do Zoonoses encontraram mais de 600 focos do mosquito da dengue em imóveis da capital.

A avenida dos Expedicionários, localizada na zona Sudeste de Teresina, receberá a implantação de rede de esgoto, entre as avenidas Fernando Pires Leal e Deputado Ferraz. Segundo a Águas de Teresina, as obras iniciarão hoje. 

*Esta coluna é de responsabilidade dos colaboradores do Portal AZ

Pedaladas e irresponsabilidades Os deseducadores