1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. As espertezas que a fiscalização não vê
Publicidade

As espertezas que a fiscalização não vê

Essa gente do governo do PT perdeu o pudor! O TCE acaba de cancelar uma compra de tecidos, de mais de R$ 1 milhão, feita pela Fundação  hospitalar para o HGV, de Teresina e hospital Justino Luz, de Picos, a uma oficina de automotores. A tal mecânica é de um servidor da assembleia legislativa. E, vai-se ver, lotado no gabinete do deputado donatário da Fundação. E não é preciso ir muito longe. Se um agente dos órgãos de controle tivesse vontade de exercer sua função, bastaria dar uma olha nas colunas aqui arquivadas para ver e perceber que não é nada republicana a maneira como secretários e outros auxiliares da governadora Regina Sousa  vem se conduzindo. Eles simplesmente se transformaram em construtores. Secretário de turismo faz calçamento, estradas, prédios para escolas, praças; secretário de Desenvolvimento Econômico segue na mesma pisada e assim outros mais se transformam em grandes operadores. Chama a atenção a Secretaria do Agronegócios, invenção do governo petista para fomentar o desenvolvimento  na área, mas de agro, só na sigla, porque a espertise é outra: fazer dinheiro que seja capaz de ser dividido para todo mundo. Essa moda começou com Wellington Dias que regulamentou essas espertezas através de decreto e, quando se imaginava que Regina iria estancar esse veio de ouro, ela passou a estimular, decretando até emergência para livrar os “construtores” do processo licitatório. Não foi sem sentido que o próprio Wellington Dias tirou da procuradoria geral do Estado o poder de fiscalizar o uso do dinheiro público em tais obras. Pois, assim fica fácil para cada gestor, devidamente indicado por uma facção política, seguir fazendo caixa para todos. Um dia, quem sabe, controladores, investigadores e ministério público acordem e vejam o estão fazendo com o dinheiro do contribuinte. 

Charge do impagável Isanio, mostrando o larápio surrupiando a carteira do prefeito de Teresina, que ao invés de fazer o BO, ficou agradecido. E promete empregar o meliante na prefeitura. Lá não já tem demais?

Kenard Kruel - o imortal

Ontem, Kenard Kruel tomou posse na Academia Parnaibana de Letras. Em Tutoia MA, onde Deus faz a morada. Atualmente a APAL está sendo presidida pelo secretário geral professor Gallas Pimentel, em razão do afastamento do presidente José Luiz de Carvalho, pré-candidato a deputado federal. 

Kenard Kruel (Foto: divulgação)

Dá- lhe, Chico!

Um candidato que tem se movimentado a caça de votos, com inteligência e profissionalmente nas suas redes sociais, não é nenhum desses do lado do Piauí. 
É o Chico Leitoa, bem ali de Timon.

Chico Leitoa (Foto: divulgação)

Marketing

Leitoa divulga tudo que faz no dia-dia no instagram e Facebook sem cansar ou irritar os internautas. 
Uma boa dica de marketing para tantos que fazem verdadeira poluição visual e sonora nessa campanha eleitoral.  

Coisa do Brasil

O comando das Forças Armadas vem há tempos tentando interferir na Justiça Eleitoral para mudar o sistema de votação. 
Enquanto isso a Amazônia (cuja guarda é de sua competência), está sendo devastada pela bandidagem de grupos até internacionais. 

O ataque do coronel

Postagem no Facebook feita pelo coronel-deputado Carlos Augusto no meio da semana que passou:  “Hoje estive no Centro de Educação Profissional (CEP) para uma conversa com os PMs no intuito de prestar contas do meu mandato”. 
Menos, coronel deputado. O que muitos PMs informaram aos colunistas substitutos é que Carlos Augusto estava era pedindo votos. 
Na maior cara limpa.  

Lugar esquecido

Um soldado chegou a informar que Carlos Augusto estava há pelo menos três anos sem andar por lá. 
Então…

Comunicação difícil

O empresário Miguel Xavier está em Teresina. Veio em busca de informações do governo do estado sobre projeto que pretende elaborar. 
Mas, desolado, o mineiro Miguel Xavier  desabafa: 
“Todos órgãos públicos incomunicáveis. Inclusive a secretaria de Comunicação. Experimente usar o google e assim consegue falar com o estado.”

Seria ameaça

Se a eleição de Enzo Samuel significar independência da câmara municipal, Dr Pessoa e Robert Rios que se cuidem. 
Porque não haverá mais massará, cargos e obrinhas não periferia capazes de comprar votos dos vereadores. 
Impeachment à vista. 

Time do povo

Lá se vai o time do povo. No cartaz, Lula, mas só na imaginação dos “companheiros” do Piauí. 
Porque Lula não pode andar nas ruas. 

De COVID

Lula está com COVID. 
Essa é a desculpa arranjada para justificar que ele não pode participar presencialmente de ações políticas. 
Mas até o final da campanha tem mais COVID, cachumba, zicagunha, dengue. 

Perdoando o ladrão

Ladrão de sorte o que furtou a carteira de Dr Pessoa com R$ 1 mil. 
O prefeito não foi fazer boletim de ocorrência e ainda disse que perdoaria o meliante, dando-lhe um emprego na prefeitura. 
Pode-se dizer que furtando de quem, esse gatuno tem cem anos de perdão? 

Responde, Pessoa!

Um delegado de polícia pede que os colunistas substitutos indaguem: “Será que o senhor prefeito não acredita no aparelho policial do estado, ou sabe quem é o punguista e, a promessa de emprego seria apenas uma forma de chamar o ladrão de ingrato, pois suspeita de alguém de sua cercania?”
Tá aí, responde Zezim Leal de Água Branca. 

Praça de São Pedro

Pense na revolta dos fiéis na cidade de São Pedro do Piauí!!!
O prefeito Júnior Bill simplesmente mandou cortar as árvores da praça da igreja da matriz. Alega-se que a “poda” foi para se ter mais visibilidade nos festejos ao santo do mesmo nome que ocorrerá na semana em curso. 

Fotos boas

“Para se ter imagens melhores através dos drones”, diz um aliado do prefeito. 
“A praça já era feia, agora ficou pior. Parece um descampado”, protesta uma moradora das imediações. 

Ping-pong 

O atleta francês

Conta Deusdeth Nunes, o Garrincha, o encontro de um francês com o comentarista esportivo Carlos Said, na década de 60. O francês queria conhecer o jogador D´Ran que seria seu compatriota, que jogava no time de Teresina.

O francês: “Como faço para encontrar o jogador francês?”
Carlos: “Que francês?”
O francês: “O D´Ran...”
Carlos Said: “Que francês que nada. O apelido dele é Cu de Rã. Como não podemos chamá-lo assim, abreviamos para D´Ran”.

Originalmente publicado em 10 de dezembro de 2007.

Expressas

Os produtores piauienses foram surpreendidos pelo reajuste da pauta fiscal do milho (tabela de preço que deve servir de base para o cálculo do ICSM). 

O ato normativo baixado pela Sefaz Piauí (Secretaria de Fazenda do Piauí) chegou sem nenhum conhecimento por parte dos produtores e em plena colheita da safra de milho no Piauí. 

No ato, o Governo estabelece o valor de referência para venda as saca de milho a R$ 81; valor acima do valor de mercado, hoje praticado em R$ 70 a R$ 75. 

*Esta coluna é de responsabilidade dos colaboradores do Portal AZ

Essa gente do governo do PT perdeu o pudor! O TCE acaba de cancelar uma compra de tecidos, de mais de R$ 1 milhão, feita pela Fundação  hospitalar para o HGV, de Teresina e hospital Justino Luz, de Picos, a uma oficina de automotores. A tal mecânica é de um servidor da assembleia legislativa. E, vai-se ver, lotado no gabinete do deputado donatário da Fundação. E não é preciso ir muito longe. Se um agente dos órgãos de controle tivesse vontade de exercer sua função, bastaria dar uma olha nas colunas aqui arquivadas para ver e perceber que não é nada republicana a maneira como secretários e outros auxiliares da governadora Regina Sousa  vem se conduzindo. Eles simplesmente se transformaram em construtores. Secretário de turismo faz calçamento, estradas, prédios para escolas, praças; secretário de Desenvolvimento Econômico segue na mesma pisada e assim outros mais se transformam em grandes operadores. Chama a atenção a Secretaria do Agronegócios, invenção do governo petista para fomentar o desenvolvimento  na área, mas de agro, só na sigla, porque a espertise é outra: fazer dinheiro que seja capaz de ser dividido para todo mundo. Essa moda começou com Wellington Dias que regulamentou essas espertezas através de decreto e, quando se imaginava que Regina iria estancar esse veio de ouro, ela passou a estimular, decretando até emergência para livrar os “construtores” do processo licitatório. Não foi sem sentido que o próprio Wellington Dias tirou da procuradoria geral do Estado o poder de fiscalizar o uso do dinheiro público em tais obras. Pois, assim fica fácil para cada gestor, devidamente indicado por uma facção política, seguir fazendo caixa para todos. Um dia, quem sabe, controladores, investigadores e ministério público acordem e vejam o estão fazendo com o dinheiro do contribuinte. 

Charge do impagável Isanio, mostrando o larápio surrupiando a carteira do prefeito de Teresina, que ao invés de fazer o BO, ficou agradecido. E promete empregar o meliante na prefeitura. Lá não já tem demais?

Kenard Kruel - o imortal

Ontem, Kenard Kruel tomou posse na Academia Parnaibana de Letras. Em Tutoia MA, onde Deus faz a morada. Atualmente a APAL está sendo presidida pelo secretário geral professor Gallas Pimentel, em razão do afastamento do presidente José Luiz de Carvalho, pré-candidato a deputado federal. 

Kenard Kruel (Foto: divulgação)

Dá- lhe, Chico!

Um candidato que tem se movimentado a caça de votos, com inteligência e profissionalmente nas suas redes sociais, não é nenhum desses do lado do Piauí. 
É o Chico Leitoa, bem ali de Timon.

Chico Leitoa (Foto: divulgação)

Marketing

Leitoa divulga tudo que faz no dia-dia no instagram e Facebook sem cansar ou irritar os internautas. 
Uma boa dica de marketing para tantos que fazem verdadeira poluição visual e sonora nessa campanha eleitoral.  

Coisa do Brasil

O comando das Forças Armadas vem há tempos tentando interferir na Justiça Eleitoral para mudar o sistema de votação. 
Enquanto isso a Amazônia (cuja guarda é de sua competência), está sendo devastada pela bandidagem de grupos até internacionais. 

O ataque do coronel

Postagem no Facebook feita pelo coronel-deputado Carlos Augusto no meio da semana que passou:  “Hoje estive no Centro de Educação Profissional (CEP) para uma conversa com os PMs no intuito de prestar contas do meu mandato”. 
Menos, coronel deputado. O que muitos PMs informaram aos colunistas substitutos é que Carlos Augusto estava era pedindo votos. 
Na maior cara limpa.  

Lugar esquecido

Um soldado chegou a informar que Carlos Augusto estava há pelo menos três anos sem andar por lá. 
Então…

Comunicação difícil

O empresário Miguel Xavier está em Teresina. Veio em busca de informações do governo do estado sobre projeto que pretende elaborar. 
Mas, desolado, o mineiro Miguel Xavier  desabafa: 
“Todos órgãos públicos incomunicáveis. Inclusive a secretaria de Comunicação. Experimente usar o google e assim consegue falar com o estado.”

Seria ameaça

Se a eleição de Enzo Samuel significar independência da câmara municipal, Dr Pessoa e Robert Rios que se cuidem. 
Porque não haverá mais massará, cargos e obrinhas não periferia capazes de comprar votos dos vereadores. 
Impeachment à vista. 

Time do povo

Lá se vai o time do povo. No cartaz, Lula, mas só na imaginação dos “companheiros” do Piauí. 
Porque Lula não pode andar nas ruas. 

De COVID

Lula está com COVID. 
Essa é a desculpa arranjada para justificar que ele não pode participar presencialmente de ações políticas. 
Mas até o final da campanha tem mais COVID, cachumba, zicagunha, dengue. 

Perdoando o ladrão

Ladrão de sorte o que furtou a carteira de Dr Pessoa com R$ 1 mil. 
O prefeito não foi fazer boletim de ocorrência e ainda disse que perdoaria o meliante, dando-lhe um emprego na prefeitura. 
Pode-se dizer que furtando de quem, esse gatuno tem cem anos de perdão? 

Responde, Pessoa!

Um delegado de polícia pede que os colunistas substitutos indaguem: “Será que o senhor prefeito não acredita no aparelho policial do estado, ou sabe quem é o punguista e, a promessa de emprego seria apenas uma forma de chamar o ladrão de ingrato, pois suspeita de alguém de sua cercania?”
Tá aí, responde Zezim Leal de Água Branca. 

Praça de São Pedro

Pense na revolta dos fiéis na cidade de São Pedro do Piauí!!!
O prefeito Júnior Bill simplesmente mandou cortar as árvores da praça da igreja da matriz. Alega-se que a “poda” foi para se ter mais visibilidade nos festejos ao santo do mesmo nome que ocorrerá na semana em curso. 

Fotos boas

“Para se ter imagens melhores através dos drones”, diz um aliado do prefeito. 
“A praça já era feia, agora ficou pior. Parece um descampado”, protesta uma moradora das imediações. 

Ping-pong 

O atleta francês

Conta Deusdeth Nunes, o Garrincha, o encontro de um francês com o comentarista esportivo Carlos Said, na década de 60. O francês queria conhecer o jogador D´Ran que seria seu compatriota, que jogava no time de Teresina.

O francês: “Como faço para encontrar o jogador francês?”
Carlos: “Que francês?”
O francês: “O D´Ran...”
Carlos Said: “Que francês que nada. O apelido dele é Cu de Rã. Como não podemos chamá-lo assim, abreviamos para D´Ran”.

Originalmente publicado em 10 de dezembro de 2007.

Expressas

Os produtores piauienses foram surpreendidos pelo reajuste da pauta fiscal do milho (tabela de preço que deve servir de base para o cálculo do ICSM). 

O ato normativo baixado pela Sefaz Piauí (Secretaria de Fazenda do Piauí) chegou sem nenhum conhecimento por parte dos produtores e em plena colheita da safra de milho no Piauí. 

No ato, o Governo estabelece o valor de referência para venda as saca de milho a R$ 81; valor acima do valor de mercado, hoje praticado em R$ 70 a R$ 75. 

*Esta coluna é de responsabilidade dos colaboradores do Portal AZ

Pedaladas e irresponsabilidades A montanha pariu um rato