1. Editorias
  2. AZ Esporte
  3. Piauiense entra para história como primeiro a ser campeão da Libertadores
Publicidade

Piauiense entra para história como primeiro a ser campeão da Libertadores

Renê Rodrigues, 27 anos, foi campeão Brasileiro e da Libertadores no final de semana

A dupla comemoração do piauiense Renê Rodrigues com o Flamengo no final de semana rendeu ao Piauí dois feitos importantes. Com a conquista do bicampeonato da Libertadores pelo Flamengo, Renê se tornou o primeiro piauiense a conquistar a América no futebol.


Renê comemorou o título (Foto: reprodução / Instagram)

No domingo (24) a equipe rubro-negra comemorou mais uma vez, com a conquista antecipada do título Brasileiro de 2019. Com isso, Renê entrou para a lista como segundo piauiense a ser campeão brasileiro. Em 1977, o goleiro Toinho, com o São Paulo foi o primeiro a conquistar a marca. 


Renê esteve entre os relacionados para partida (Foto: reprodução / Instagram)

Natural de Picos, Renê saiu de sua cidade natal para jogar no Sport (PE) onde chegou a atuar no Sub-20 e profissional. Em 2017 teve sua primeira chance no Flamengo. No ano seguinte atuou como titular em diversas partidas e perdeu o espaço na equipe com a chegada de Felipe Luís. Mesmo assim, Renê vem sendo utilizado por Jorge Jesus em diversos jogos. 


Festa em Lima (Foto: reprodução / Instagram)

Na conquista da Libertadores, Renê estava em Lima, Peru, na lista de relacionados para a partida contra o River Plate (ARG). Nas rede sociais o lateral esquerdo comemorou a conquista inédita. 

- Gloria a Deus por estar vivendo esse momento único, Deus é fiel!

A dupla comemoração do piauiense Renê Rodrigues com o Flamengo no final de semana rendeu ao Piauí dois feitos importantes. Com a conquista do bicampeonato da Libertadores pelo Flamengo, Renê se tornou o primeiro piauiense a conquistar a América no futebol.


Renê comemorou o título (Foto: reprodução / Instagram)

No domingo (24) a equipe rubro-negra comemorou mais uma vez, com a conquista antecipada do título Brasileiro de 2019. Com isso, Renê entrou para a lista como segundo piauiense a ser campeão brasileiro. Em 1977, o goleiro Toinho, com o São Paulo foi o primeiro a conquistar a marca. 


Renê esteve entre os relacionados para partida (Foto: reprodução / Instagram)

Natural de Picos, Renê saiu de sua cidade natal para jogar no Sport (PE) onde chegou a atuar no Sub-20 e profissional. Em 2017 teve sua primeira chance no Flamengo. No ano seguinte atuou como titular em diversas partidas e perdeu o espaço na equipe com a chegada de Felipe Luís. Mesmo assim, Renê vem sendo utilizado por Jorge Jesus em diversos jogos. 


Festa em Lima (Foto: reprodução / Instagram)

Na conquista da Libertadores, Renê estava em Lima, Peru, na lista de relacionados para a partida contra o River Plate (ARG). Nas rede sociais o lateral esquerdo comemorou a conquista inédita. 

- Gloria a Deus por estar vivendo esse momento único, Deus é fiel!