1. Editorias
  2. AZ Esporte
  3. Vasco vende ingressos virtuais para reprise da final da Libertadores
Publicidade

Vasco vende ingressos virtuais para reprise da final da Libertadores

Renda arrecadada será destinada a pagamento de salários

Domingo vai ser dia de Vasco. Quem ainda não conseguiu ver ou quer lembrar da maior conquista dentro de campo do Gigante da Colina, terá a oportunidade de reviver e sentir a emoção do título da Libertadores. A partir das 16h, a TV Globo vai transmitir a reprise do segundo jogo da final entre Barcelona (Equador) e Vasco, de 1998. O cruzmaltino conquistou o título após ter vencido a primeira partida em São Januário, por 2 a 0. Em Guayaquil, nova vitória, por 2 a 1, com gols de Donizete e Luizão.


Título da Libertadores - Foto: reprodução / Twitter

Só que a torcida do Vasco quer mais. Não basta apenas acompanhar a glória do time, ela também quer ajudar a recuperar o seu patrimônio. Vivendo anos de crise financeira, o torcedor mostra não ter abandonado o clube. Assim como na construção de São Januário, em 1927, os vascaínos mais uma vez escrevem uma história de amor. Primeiro com o financiamento do novo Centro de Treinamento, depois a conquista do maior programa de sócio torcedor do Brasil, e agora iniciou um movimento para cobrança de ingressos virtuais na reprise de domingo.

A diretoria do Vasco embarcou na onda dos torcedores e colocou em prática a ideia. Os bilhetes virtuais terão o valor único de R$ 10 e o torcedor poderá comprar quantos ingressos quiser. Toda a renda será destinada ao pagamento de salários do quadro de colaboradores do clube.

O ingresso pode ser comprado na internet e o torcedor vai receber um bilhete digital da partida. A transmissão de domingo será a original, com narração de Galvão Bueno, comentários de Falcão e Arnaldo César Coelho, e as reportagens de Tino Marcos. Para o torcedor que não quer perder nada, a Vasco TV vai exibir um pré-jogo a partir das 14h.

Lembrando que o Vasco divulgou a conclusão da terceira fase da campanha de financiamento do novo CT, no valor de R$ 1,61 milhão. Com isso, o clube já chegou a um total de mais de R$ 5,3 milhões. A quarta e última etapa do financiamento do CT prevê um valor de R$ 1 milhão para a construção das edificações do futebol profissional.

Domingo vai ser dia de Vasco. Quem ainda não conseguiu ver ou quer lembrar da maior conquista dentro de campo do Gigante da Colina, terá a oportunidade de reviver e sentir a emoção do título da Libertadores. A partir das 16h, a TV Globo vai transmitir a reprise do segundo jogo da final entre Barcelona (Equador) e Vasco, de 1998. O cruzmaltino conquistou o título após ter vencido a primeira partida em São Januário, por 2 a 0. Em Guayaquil, nova vitória, por 2 a 1, com gols de Donizete e Luizão.


Título da Libertadores - Foto: reprodução / Twitter

Só que a torcida do Vasco quer mais. Não basta apenas acompanhar a glória do time, ela também quer ajudar a recuperar o seu patrimônio. Vivendo anos de crise financeira, o torcedor mostra não ter abandonado o clube. Assim como na construção de São Januário, em 1927, os vascaínos mais uma vez escrevem uma história de amor. Primeiro com o financiamento do novo Centro de Treinamento, depois a conquista do maior programa de sócio torcedor do Brasil, e agora iniciou um movimento para cobrança de ingressos virtuais na reprise de domingo.

A diretoria do Vasco embarcou na onda dos torcedores e colocou em prática a ideia. Os bilhetes virtuais terão o valor único de R$ 10 e o torcedor poderá comprar quantos ingressos quiser. Toda a renda será destinada ao pagamento de salários do quadro de colaboradores do clube.

O ingresso pode ser comprado na internet e o torcedor vai receber um bilhete digital da partida. A transmissão de domingo será a original, com narração de Galvão Bueno, comentários de Falcão e Arnaldo César Coelho, e as reportagens de Tino Marcos. Para o torcedor que não quer perder nada, a Vasco TV vai exibir um pré-jogo a partir das 14h.

Lembrando que o Vasco divulgou a conclusão da terceira fase da campanha de financiamento do novo CT, no valor de R$ 1,61 milhão. Com isso, o clube já chegou a um total de mais de R$ 5,3 milhões. A quarta e última etapa do financiamento do CT prevê um valor de R$ 1 milhão para a construção das edificações do futebol profissional.