1. Editorias
  2. Entretenimento
  3. Luan Santana dá resposta a fã que questionou sua sexualidade
Publicidade

Luan Santana dá resposta a fã que questionou sua sexualidade

Cantor causou na web ao postar uma montagem com seu rosto no corpo de um Papai Noel malhado

Quem fala o que quer, escuta o que não quer também. Nesta terça-feira (11), Luan Santana causou na web ao postar uma montagem com seu rosto no corpo de um Papai Noel para lá de malhado. A postagem rendeu diversos comentários, e o cantor não deixou barato a postagem de um fã que questionou sua sexualidade.

Luan Santana dá resposta a fã que questionou sua sexualidade (Foto: divulgação)

"Quando é que essa Coca-Cola vai assumir que é Fanta?", perguntou um rapaz. Prontamente, o músico fez questão de responder. "Estava esperando você vir aqui para eu te dar a notícia exclusiva. Divulga para a galera aí", rebateu o sertanejo.

Durante uma entrevista concedida à Revista Veja em outubro, Luan Santana quebrou o silêncio sobre boatos envolvendo sua orientação sexual: "eu me incomodei tanto com os boatos de que eu seria homossexual que comecei a me questionar se me sentava de um jeito muito afetado, sei lá. Saíram boatos na imprensa, na TV. Mas sei que o homossexualismo jamais pode ser chamado de ofensa".

Quem fala o que quer, escuta o que não quer também. Nesta terça-feira (11), Luan Santana causou na web ao postar uma montagem com seu rosto no corpo de um Papai Noel para lá de malhado. A postagem rendeu diversos comentários, e o cantor não deixou barato a postagem de um fã que questionou sua sexualidade.

Luan Santana dá resposta a fã que questionou sua sexualidade (Foto: divulgação)

"Quando é que essa Coca-Cola vai assumir que é Fanta?", perguntou um rapaz. Prontamente, o músico fez questão de responder. "Estava esperando você vir aqui para eu te dar a notícia exclusiva. Divulga para a galera aí", rebateu o sertanejo.

Durante uma entrevista concedida à Revista Veja em outubro, Luan Santana quebrou o silêncio sobre boatos envolvendo sua orientação sexual: "eu me incomodei tanto com os boatos de que eu seria homossexual que comecei a me questionar se me sentava de um jeito muito afetado, sei lá. Saíram boatos na imprensa, na TV. Mas sei que o homossexualismo jamais pode ser chamado de ofensa".