1. Editorias
  2. Entretenimento
  3. Simony volta a comandar Balão Mágico após assédio de Dudu Camargo
Publicidade

Simony volta a comandar Balão Mágico após assédio de Dudu Camargo

A cantora se apresentará no próximo fim de semana, em Belo Horizonte (MG), com seu companheiro Tob

Envolvida em uma das maiores polêmicas do Carnaval deste ano por causa de Dudu Camargo, Simony retomou sua agenda de shows da Turma do Balão Mágico. De acordo com o colunista Miguel Arcanjo Prado, do portal UOL, ela voltará a se apresentar pelo Brasil com o companheiro Tob.

Simony (Foto: reprodução)

O primeiro espetáculo está marcado para o próximo fim de semana, em Belo Horizonte (MG), no Palácio das Artes. O grupo do Balão Mágico espalhará nostalgia com sucessos dos anos 1980.

A volta de Simony aos palcos se dá poucos dias após ela ser assediada por Dudu Camargo durante uma transmissão ao vivo da RedeTV! no Carnaval. Na ocasião, o apresentador apalpou os seios dela e ainda revelou que gostaria de ter um filho com a cantora.

Simony não curtiu a atitude do rapaz e entrará com um processo contra ele na Justiça. Dudu já foi denunciado pelo Ministério Público, mas ainda não se manifestou sobre o episódio.

Envolvida em uma das maiores polêmicas do Carnaval deste ano por causa de Dudu Camargo, Simony retomou sua agenda de shows da Turma do Balão Mágico. De acordo com o colunista Miguel Arcanjo Prado, do portal UOL, ela voltará a se apresentar pelo Brasil com o companheiro Tob.

Simony (Foto: reprodução)

O primeiro espetáculo está marcado para o próximo fim de semana, em Belo Horizonte (MG), no Palácio das Artes. O grupo do Balão Mágico espalhará nostalgia com sucessos dos anos 1980.

A volta de Simony aos palcos se dá poucos dias após ela ser assediada por Dudu Camargo durante uma transmissão ao vivo da RedeTV! no Carnaval. Na ocasião, o apresentador apalpou os seios dela e ainda revelou que gostaria de ter um filho com a cantora.

Simony não curtiu a atitude do rapaz e entrará com um processo contra ele na Justiça. Dudu já foi denunciado pelo Ministério Público, mas ainda não se manifestou sobre o episódio.