1. Editorias
  2. Municípios
  3. Vereador denuncia uso de máquinas do PAC em empresa da família de prefeito
Publicidade

Vereador denuncia uso de máquinas do PAC em empresa da família de prefeito

As máquinas estariam sendo usadas no local há alguns dias

O vereador Rafael, do município de Anísio de Abreu, a 573 km de Teresina, denunciou através de vídeo divulgado nas redes sociais que as máquinas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), recebidas pela prefeitura, estariam sendo usadas em uma empresa de cerâmica que seria do irmão do prefeito da cidade, Raimundo Nei. 

Máquinas do PAC sendo usadas em cerâmica do irmão do prefeito (Foto: divulgação)

O vereador conseguiu flagrar o momento exato em que a máquina está operando na cerâmica do irmão do prefeito. “Nós acompanhamos e conversamos com o operador da máquina que afirmou que a máquina da cerâmica está com o motor batido e por isso estão usando a máquina do PAC há alguns dias”, disse Rafael.

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) explica que as máquinas do PAC,  retroescavadeira, motoniveladora, pá carregadeira, caminhão pipa e caminhão caçamba, são para municípios com população até 50.000 habitantes e devem se centrar na recuperação e melhorias das estradas vicinais com foco no escoamento da produção rural. Também é orientado o uso para realização de ações para mitigação dos efeitos da seca e do acesso à água, melhorias para efetivação do transporte escolar, redução de erosão de terra e da degradação do meio ambiente e incremento do turismo rural.

Vereador Rafael (Foto: reprodução/vídeo)

O vereador destacou, portanto, que as máquinas deveriam estar sendo usadas em prol da população e, não, em propriedade particular. “Você criador que está precisando de água no seu período de seca, não tem carro-pipa, não tem abastecimento de água, se pergunte: cadê as máquinas do PAC? Estão servindo a quem? Às mesmas famílias que estão usando e se apropriando dos equipamentos para enriquecimento ilícito”, criticou.

Máquinas estariam operando na propriedade há alguns dias (Foto: divulgação)

No vídeo, Rafael ainda fala sobre a prisão do irmão do prefeito por furto de energia e da descoberta de que a empresa dele também desviou água da cidade, o que prejudicou um bairro com mais de 500 famílias. 

O Portal AZ não localizou a Prefeitura de Anísio de Abreu para comentar o caso. O espaço segue aberto para esclarecimentos. 

Assista ao vídeo:

 

 

O vereador Rafael, do município de Anísio de Abreu, a 573 km de Teresina, denunciou através de vídeo divulgado nas redes sociais que as máquinas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), recebidas pela prefeitura, estariam sendo usadas em uma empresa de cerâmica que seria do irmão do prefeito da cidade, Raimundo Nei. 

Máquinas do PAC sendo usadas em cerâmica do irmão do prefeito (Foto: divulgação)

O vereador conseguiu flagrar o momento exato em que a máquina está operando na cerâmica do irmão do prefeito. “Nós acompanhamos e conversamos com o operador da máquina que afirmou que a máquina da cerâmica está com o motor batido e por isso estão usando a máquina do PAC há alguns dias”, disse Rafael.

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) explica que as máquinas do PAC,  retroescavadeira, motoniveladora, pá carregadeira, caminhão pipa e caminhão caçamba, são para municípios com população até 50.000 habitantes e devem se centrar na recuperação e melhorias das estradas vicinais com foco no escoamento da produção rural. Também é orientado o uso para realização de ações para mitigação dos efeitos da seca e do acesso à água, melhorias para efetivação do transporte escolar, redução de erosão de terra e da degradação do meio ambiente e incremento do turismo rural.

Vereador Rafael (Foto: reprodução/vídeo)

O vereador destacou, portanto, que as máquinas deveriam estar sendo usadas em prol da população e, não, em propriedade particular. “Você criador que está precisando de água no seu período de seca, não tem carro-pipa, não tem abastecimento de água, se pergunte: cadê as máquinas do PAC? Estão servindo a quem? Às mesmas famílias que estão usando e se apropriando dos equipamentos para enriquecimento ilícito”, criticou.

Máquinas estariam operando na propriedade há alguns dias (Foto: divulgação)

No vídeo, Rafael ainda fala sobre a prisão do irmão do prefeito por furto de energia e da descoberta de que a empresa dele também desviou água da cidade, o que prejudicou um bairro com mais de 500 famílias. 

O Portal AZ não localizou a Prefeitura de Anísio de Abreu para comentar o caso. O espaço segue aberto para esclarecimentos. 

Assista ao vídeo: