1. Editorias
  2. Polícia
  3. Desembargador manda soltar presos com helicóptero e quase uma tonelada de cocaína
Publicidade

Desembargador manda soltar presos com helicóptero e quase uma tonelada de cocaína

Prisões aconteceram no dia 10 de dezembro em operação do GRECO

O desembargador José de Ribamar Oliveira, de plantão no dia 26 de dezembro, no Tribunal de Justiça do Piauí, determinou a soltura de André Luís de Oliveira Cajé Ferreira, Vagner Farabote Leite e Alexandro Vilela de Oliveira, presos pela Polícia Civíl com quase uma tonelada de cocaína e duas aeronaves, em Timon, no dia 10 de dezembro. 

Material apreendido (Foto: Victoria Cardoso / Portal AZ)

Segundo informações dos bastidores da polícia, esses que estão sendo colocados em liberdade tentaram comprar os policiais com R$ 15 milhões para serem soltos quando foram flagrados em uma chácara em Timon.

Confira aqui a decisão

Entenda o caso

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado do Piauí (GRECO) apreendeu na manhã do dia 10 de dezembro quase uma tonelada de cocaína, quatro veículos e duas aeronaves em Teresina. A droga, avaliada em cerca de R$ 25 milhões, foi localizada em dois pontos da cidade.

De acordo com informações do secretário de segurança, Fábio Abreu, a polícia efetuou a prisão de sete pessoas, dentre elas, um piauiense nascido no município de São João da Serra.

“Foram presas sete pessoas, três pilotos de aeronaves e os outros integrantes estavam acompanhando para fazer a logística de locação de um sítio na cidade. Alguns presos são de locais diferentes. Alguns são do Pará, outros de Pernambuco e também da Bahia. Nós temos também um piauiense que na verdade morava no Pará, mas que é daqui do estado”, explica o secretário.

André Luís de Oliveira Cajé Ferreira, Alexandre Vagner Ferraz e Renato Solon Gondim Magalhães são pilotos de avião. Já o preso Vagner Farabote Leite pilotava helicóptero e Alexandro Vilela de Oliveira junto com o piauiense João da Cruz Marques dos Prazeres resolviam as locações de lugares para hospedagem.

O desembargador José de Ribamar Oliveira, de plantão no dia 26 de dezembro, no Tribunal de Justiça do Piauí, determinou a soltura de André Luís de Oliveira Cajé Ferreira, Vagner Farabote Leite e Alexandro Vilela de Oliveira, presos pela Polícia Civíl com quase uma tonelada de cocaína e duas aeronaves, em Timon, no dia 10 de dezembro. 

Material apreendido (Foto: Victoria Cardoso / Portal AZ)

Segundo informações dos bastidores da polícia, esses que estão sendo colocados em liberdade tentaram comprar os policiais com R$ 15 milhões para serem soltos quando foram flagrados em uma chácara em Timon.

Confira aqui a decisão

Entenda o caso

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado do Piauí (GRECO) apreendeu na manhã do dia 10 de dezembro quase uma tonelada de cocaína, quatro veículos e duas aeronaves em Teresina. A droga, avaliada em cerca de R$ 25 milhões, foi localizada em dois pontos da cidade.

De acordo com informações do secretário de segurança, Fábio Abreu, a polícia efetuou a prisão de sete pessoas, dentre elas, um piauiense nascido no município de São João da Serra.

“Foram presas sete pessoas, três pilotos de aeronaves e os outros integrantes estavam acompanhando para fazer a logística de locação de um sítio na cidade. Alguns presos são de locais diferentes. Alguns são do Pará, outros de Pernambuco e também da Bahia. Nós temos também um piauiense que na verdade morava no Pará, mas que é daqui do estado”, explica o secretário.

André Luís de Oliveira Cajé Ferreira, Alexandre Vagner Ferraz e Renato Solon Gondim Magalhães são pilotos de avião. Já o preso Vagner Farabote Leite pilotava helicóptero e Alexandro Vilela de Oliveira junto com o piauiense João da Cruz Marques dos Prazeres resolviam as locações de lugares para hospedagem.