1. Editorias
  2. Polícia
  3. Suspeito de matar companheira em Campo Maior é preso
Publicidade

Suspeito de matar companheira em Campo Maior é preso

Desde a noite do crime a polícia vinha fazendo diligências na região para localizar o suspeito

Um homem, identificado como José Roberto Costa dos Anjos, foi preso na PI-226 entre as cidades de Altos e Coivaras, na noite deste domingo (12). Ele é suspeito de matar a companheira Maria Carolina Damasceno da Costa, de 38 anos, com um tiro, na cidade de Campo Maior.

Mulher morta a tiros pelo companheiro (Foto:Divulgação)

De acordo com informações do major Etevaldo, comandante o 15º Batalhão da Polícia Militar, desde a noite do crime a polícia vinha fazendo diligências na região para localizar o suspeito.

“Ficamos colhendo informações, fazendo rondas nos locais onde ele poderia estar e a prisão foi feita próximo à cidade de Coivaras. Nós fomos com a polícia civil e juntamos as equipes para que pudéssemos fazer essa operação e conseguir dá resposta para a sociedade”, disse o major.

Ainda de acordo com o major o homem não reagiu à prisão. Ele foi encaminhado ao Distrito Policial onde será autuado em flagrante pelo crime de feminicídio. 

“O suspeito estava no regime semiaberto por um homicídio cometido no Maranhão em 2007. Em 2017 ele foi preso e cumpriu pouco mais de um ano de prisão em regime fechado, passando para o semiaberto”, concluiu o major.

 
Matéria relacionada

Mulher de 38 anosé morta a tiros e marido é o principal suspeito

Um homem, identificado como José Roberto Costa dos Anjos, foi preso na PI-226 entre as cidades de Altos e Coivaras, na noite deste domingo (12). Ele é suspeito de matar a companheira Maria Carolina Damasceno da Costa, de 38 anos, com um tiro, na cidade de Campo Maior.

Mulher morta a tiros pelo companheiro (Foto:Divulgação)

De acordo com informações do major Etevaldo, comandante o 15º Batalhão da Polícia Militar, desde a noite do crime a polícia vinha fazendo diligências na região para localizar o suspeito.

“Ficamos colhendo informações, fazendo rondas nos locais onde ele poderia estar e a prisão foi feita próximo à cidade de Coivaras. Nós fomos com a polícia civil e juntamos as equipes para que pudéssemos fazer essa operação e conseguir dá resposta para a sociedade”, disse o major.

Ainda de acordo com o major o homem não reagiu à prisão. Ele foi encaminhado ao Distrito Policial onde será autuado em flagrante pelo crime de feminicídio. 

“O suspeito estava no regime semiaberto por um homicídio cometido no Maranhão em 2007. Em 2017 ele foi preso e cumpriu pouco mais de um ano de prisão em regime fechado, passando para o semiaberto”, concluiu o major.

 
Matéria relacionada

Mulher de 38 anosé morta a tiros e marido é o principal suspeito