1. Editorias
  2. Polícia
  3. Secretaria de Segurança anuncia projeto que vai integrar batalhões a distritos
Publicidade

Secretaria de Segurança anuncia projeto que vai integrar batalhões a distritos

Plano deverá ser implantado a partir de fevereiro em todas as zonas de Teresina

Com o objetivo de diminuir o número de roubos e o índice de criminalidade nos bairros, a Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) anunciou nesta segunda-feira (13) que irá criar sete Áreas de Integradas de Segurança, as “Als”. O projeto deverá ser implantado a partir de fevereiro em todas as zonas da capital. 

Secretaria de Segurança anuncia projeto que vai integrar batalhões a distritos (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

Segundo o secretário de Segurança, Fábio Abreu, o objetivo das “Als” é integrar os trabalhos da Polícia Civil e Militar. “Com essas novas Áreas Integradas de Segurança teremos mais condições de realizar levantamentos e reuniões periódicas com os policiais dos distritos e dos batalhões. Teremos a oportunidade de ter mais planejamentos para combater a criminalidade e diminuir o número de roubos. Garanto que nenhum distrito policial será fechado”, afirmou.

Ainda de acordo com o secretário, existe uma possiblidade em criar mais um batalhão para a zona Leste de Teresina. O 5º BPM será integrado com o 11º, 12º, 25º DP e incluirá também o 5º DP e o bairro São João. 

“Na zona Norte o 9º Batalhão da Polícia Militar contará com o reforço do 2º, 7º e 9º DP. A Zona Sul ficará divida em Sul 1 e Sul 2, sendo que a região da Vila Irmã Dulce que pertence ao 17º BPM se unirá com o 23º Distrito Policial. O 6º BPM se integrará com o 4º e 10º DP. Tudo isso será elaborado da melhor forma possível e teremos reuniões com os comandantes e delegados dos respectivos distritos”, explicou. 

Em entrevista ao Portal AZ, o delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Luccy Keiko, afirmou que a união entre os batalhões e distritos será para ajudar nas investigações. “Com essa integração teremos uma interação maior dos policiais do batalhão e distritos. O trabalho será em comunhão e vai ser algo que irá ajudar e muito nas investigações, principalmente nos bairros”, destacou.

Luccy Keiko, delegado geral da Polícia Civil do Piauí (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

Luccy Keiko também afirmou que a Secretaria irá investir em tecnologia para combater a criminalidade na capital. “Existe esse projeto de instalação de câmeras nas vias de Teresina, principalmente onde acontece os roubos e os bandidos agem sem medo porque não são monitorados. O trabalho de monitoramento com as câmeras será fundamental e essencial para nossa segurança e deverá ser implantado em breve”, disse. 

Roubos

Ainda de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, o número de roubos em Teresina aumentou em 5,35% em relação a 2018. Segundo a SSP, Teresina registrou 19.978 roubos em 2019. Em 2018 foram 18.963 casos registrados.

Matéria relacionada:

Teresina registra queda de 25% no número de homicídios em 2019    

Com o objetivo de diminuir o número de roubos e o índice de criminalidade nos bairros, a Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) anunciou nesta segunda-feira (13) que irá criar sete Áreas de Integradas de Segurança, as “Als”. O projeto deverá ser implantado a partir de fevereiro em todas as zonas da capital. 

Secretaria de Segurança anuncia projeto que vai integrar batalhões a distritos (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

Segundo o secretário de Segurança, Fábio Abreu, o objetivo das “Als” é integrar os trabalhos da Polícia Civil e Militar. “Com essas novas Áreas Integradas de Segurança teremos mais condições de realizar levantamentos e reuniões periódicas com os policiais dos distritos e dos batalhões. Teremos a oportunidade de ter mais planejamentos para combater a criminalidade e diminuir o número de roubos. Garanto que nenhum distrito policial será fechado”, afirmou.

Ainda de acordo com o secretário, existe uma possiblidade em criar mais um batalhão para a zona Leste de Teresina. O 5º BPM será integrado com o 11º, 12º, 25º DP e incluirá também o 5º DP e o bairro São João. 

“Na zona Norte o 9º Batalhão da Polícia Militar contará com o reforço do 2º, 7º e 9º DP. A Zona Sul ficará divida em Sul 1 e Sul 2, sendo que a região da Vila Irmã Dulce que pertence ao 17º BPM se unirá com o 23º Distrito Policial. O 6º BPM se integrará com o 4º e 10º DP. Tudo isso será elaborado da melhor forma possível e teremos reuniões com os comandantes e delegados dos respectivos distritos”, explicou. 

Em entrevista ao Portal AZ, o delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Luccy Keiko, afirmou que a união entre os batalhões e distritos será para ajudar nas investigações. “Com essa integração teremos uma interação maior dos policiais do batalhão e distritos. O trabalho será em comunhão e vai ser algo que irá ajudar e muito nas investigações, principalmente nos bairros”, destacou.

Luccy Keiko, delegado geral da Polícia Civil do Piauí (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

Luccy Keiko também afirmou que a Secretaria irá investir em tecnologia para combater a criminalidade na capital. “Existe esse projeto de instalação de câmeras nas vias de Teresina, principalmente onde acontece os roubos e os bandidos agem sem medo porque não são monitorados. O trabalho de monitoramento com as câmeras será fundamental e essencial para nossa segurança e deverá ser implantado em breve”, disse. 

Roubos

Ainda de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, o número de roubos em Teresina aumentou em 5,35% em relação a 2018. Segundo a SSP, Teresina registrou 19.978 roubos em 2019. Em 2018 foram 18.963 casos registrados.

Matéria relacionada:

Teresina registra queda de 25% no número de homicídios em 2019