1. Editorias
  2. Saúde
  3. Médico plantonista é afastado com suspeita de coronavírus no Piauí
Publicidade

Médico plantonista é afastado com suspeita de coronavírus no Piauí

Profissional manifestou os sintomas da doença durante um plantão

O Hospital Regional Leônidas Melo, localizado no município de Barras, informou nesta quinta-feira (26) que um médico plantonista foi afastado das atividades por suspeita de ter contraído o novo coronavírus (Covid-19). 

Médico plantonista é afastado com suspeita de coronavírus(Foto: Reprodução/Portal Longah)

De acordo com a direção do hospital, o médico ficou de plantão na última segunda-feira (23), quando manifestou sintomas da doença. De imediato, o hospital solicitou o isolamento do profissional, que não teve o nome revelado.

"O médico procurou um hospital particular em Teresina, onde recebeu atendimento e realizou o exame. O hospital aguarda os resultados dos exames realizados pelo Laboratório Central do Piauí (Lacen)", explica a direção do hospital.

Ainda de acordo com o hospital, os profissionais de saúde e pacientes que entraram em contato com o médico, que está sob suspeita, já foram orientados e foi realizado todos os protocolos que a Organização Mundial de Saúde determina. 

Confira o comunicado na íntegra: 


 

O Hospital Regional Leônidas Melo, localizado no município de Barras, informou nesta quinta-feira (26) que um médico plantonista foi afastado das atividades por suspeita de ter contraído o novo coronavírus (Covid-19). 

Médico plantonista é afastado com suspeita de coronavírus(Foto: Reprodução/Portal Longah)

De acordo com a direção do hospital, o médico ficou de plantão na última segunda-feira (23), quando manifestou sintomas da doença. De imediato, o hospital solicitou o isolamento do profissional, que não teve o nome revelado.

"O médico procurou um hospital particular em Teresina, onde recebeu atendimento e realizou o exame. O hospital aguarda os resultados dos exames realizados pelo Laboratório Central do Piauí (Lacen)", explica a direção do hospital.

Ainda de acordo com o hospital, os profissionais de saúde e pacientes que entraram em contato com o médico, que está sob suspeita, já foram orientados e foi realizado todos os protocolos que a Organização Mundial de Saúde determina. 

Confira o comunicado na íntegra: