1. Editorias
  2. Saúde
  3. Wellington Dias visita ginásio Verdão e anuncia criação de hospital de campanha
Publicidade

Wellington Dias visita ginásio Verdão e anuncia criação de hospital de campanha

No espaço será criado mais de 100 leitos para possíveis pacientes contaminados

Com o intuito de aumentar o número de leitos clínicos, salas de estabilização e UTIs para atender a demanda de pessoas contaminadas com o coronavírus no Piauí, o governador Wellington Dias visitou nesta sexta-feira (27) o ginásio Verdão. No local será montado um hospital de campanha com a criação de mais de 100 leitos. 

Wellington Dias visita ginásio Verdão e anuncia criação de hospital de campanha (Foto: reprodução)

“Na última segunda tomei a decisão de trabalhar essa área para leitos clínicos, estabilização, UTIS para a luta que temos contra o coronavírus. Temos sinal positivo da concessionária já que entrou em contato com uma empresa que está fazendo o Pacaembu, estádio de Fortaleza, Limeira e  já tem experiência prática e que agora vai trabalhar em nosso ginásio de esportes Verdão para se Deus quiser vencer o coronavírus”, explicou.

Ainda nesta sexta, o governador esteve no Hospital Universitário, que agora passará a atender pacientes com a Covid-19. Segundo Dias, o HU disponibilizará mais 19 leitos de UTIs e mais leitos clínicos para atender a população, além de usar a telemedicina para a capacitação de profissionais em todo o estado para lidar com o coronavírus. 

Hospital Universitário passará a receber pacientes com Covid-19 (Foto: divulgação)

“Temos aqui as condições de ter qualificação da nossa rede, sala de estabilização, que é uma UTI semi-intensiva, garantia que profissionais em todas as áreas, por telemedicina, possam também oferecer uma primeira assistência na sua região. O Piauí é muito grande, são 1.500 km de uma ponta a outra, então é importante que a gente tenha essa alternativa de formação à distância e também a possibilidade de garantir por telemedicina atendimento em lugares mais longes. Portanto, esse caminho um momento grande na luta contra o coronavírus”, contou.

O HU também irá oferecer capacitação presencial e por meio de um projeto de telesaúde a fim de melhorar o atendimento a esses pacientes (Foto: divulgação)

De acordo com o diretor do HU, João Miguel Parente, o hospital foi estruturado com mais leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atender aos pacientes com a Covid-19. “O Hospital Universitário se estruturou para atendimento dos pacientes mais graves da Covid-19, então fizemos a modificação dos postos de internação, em que o posto 1 ficou com 21 leitos de enfermaria, para os pacientes que não precisam de ventilação mecânica, e nove novos leitos de UTI também no posto 1, para os pacientes que precisarão utilizar ventilação mecânica”, afirmou o gestor.

Coronavírus no Piauí 

A Secretaria de Saúde divulgou nesta quinta-feira (26) que subiu para nove o número de casos positivos de coronavírus no Piauí. Até quarta (25) a Sesapi havia registrado oito casos confirmados da Covid-19 no estado. Segundo o boletim divulgado, 190 casos suspeitos estão sendo monitorados. Das 391 notificações, 192 já foram descartadas. 

Com o intuito de aumentar o número de leitos clínicos, salas de estabilização e UTIs para atender a demanda de pessoas contaminadas com o coronavírus no Piauí, o governador Wellington Dias visitou nesta sexta-feira (27) o ginásio Verdão. No local será montado um hospital de campanha com a criação de mais de 100 leitos. 

Wellington Dias visita ginásio Verdão e anuncia criação de hospital de campanha (Foto: reprodução)

“Na última segunda tomei a decisão de trabalhar essa área para leitos clínicos, estabilização, UTIS para a luta que temos contra o coronavírus. Temos sinal positivo da concessionária já que entrou em contato com uma empresa que está fazendo o Pacaembu, estádio de Fortaleza, Limeira e  já tem experiência prática e que agora vai trabalhar em nosso ginásio de esportes Verdão para se Deus quiser vencer o coronavírus”, explicou.

Ainda nesta sexta, o governador esteve no Hospital Universitário, que agora passará a atender pacientes com a Covid-19. Segundo Dias, o HU disponibilizará mais 19 leitos de UTIs e mais leitos clínicos para atender a população, além de usar a telemedicina para a capacitação de profissionais em todo o estado para lidar com o coronavírus. 

Hospital Universitário passará a receber pacientes com Covid-19 (Foto: divulgação)

“Temos aqui as condições de ter qualificação da nossa rede, sala de estabilização, que é uma UTI semi-intensiva, garantia que profissionais em todas as áreas, por telemedicina, possam também oferecer uma primeira assistência na sua região. O Piauí é muito grande, são 1.500 km de uma ponta a outra, então é importante que a gente tenha essa alternativa de formação à distância e também a possibilidade de garantir por telemedicina atendimento em lugares mais longes. Portanto, esse caminho um momento grande na luta contra o coronavírus”, contou.

O HU também irá oferecer capacitação presencial e por meio de um projeto de telesaúde a fim de melhorar o atendimento a esses pacientes (Foto: divulgação)

De acordo com o diretor do HU, João Miguel Parente, o hospital foi estruturado com mais leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atender aos pacientes com a Covid-19. “O Hospital Universitário se estruturou para atendimento dos pacientes mais graves da Covid-19, então fizemos a modificação dos postos de internação, em que o posto 1 ficou com 21 leitos de enfermaria, para os pacientes que não precisam de ventilação mecânica, e nove novos leitos de UTI também no posto 1, para os pacientes que precisarão utilizar ventilação mecânica”, afirmou o gestor.

Coronavírus no Piauí 

A Secretaria de Saúde divulgou nesta quinta-feira (26) que subiu para nove o número de casos positivos de coronavírus no Piauí. Até quarta (25) a Sesapi havia registrado oito casos confirmados da Covid-19 no estado. Segundo o boletim divulgado, 190 casos suspeitos estão sendo monitorados. Das 391 notificações, 192 já foram descartadas.