1. Editorias
  2. Saúde
  3. Wellington Dias assina novo decreto com medidas mais rígidas para o final de semana no Piauí
Publicidade

Wellington Dias assina novo decreto com medidas mais rígidas para o final de semana no Piauí

Governador confirma elaboração do plano de retomada gradual do comércio

Em combate ao coronavírus, o governador Wellington Dias (PT) assinou um novo decreto com medidas mais rígidas para os dias 22, 23 e 24 de maio no Piauí. De acordo com o chefe do executivo estadual, as ações são importantes para diminuir a transmissibilidade do vírus e evitar um colapso na rede de Saúde do estado. Assim como ocorreu no final de semana passado, alguns serviços essenciais serão fechados no domingo (24) como padarias e supermercados. 

Segundo o governador, o objetivo é aumentar o índice de isolamento social (Foto: Ccom)

Durante entrevista à TV Clube na tarde desta quinta-feira (21), Wellington Dias afirmou que na próxima semana iniciará a elaboração de um protocolo para retomada gradual das atividades econômicas no Piauí. 

“Esse grupo vai elaborar o protocolo para retomada do comércio, vamos apreciar já no dia 2 de junho. Numa expectativa para iniciarmos o mês de junho com estabilidade para a partir daí está saindo e envergando a curva. É real, é concreto [sobre retomada do comércio]. Existem várias propostas, a área da indústria, civil, comércio, apresentaram propostas para essa retomada. Temos dois caminhos, quais segmentos irão primeiro, a partir de uma classificação ou se é possível ter 20%, 30% da capacidade daquele empreendimento e  a partir daí liberando gradativamente", explicou. 

Supermercados não abrirão no domingo (24) no Piauí (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

As regras do decreto começam a valer a partir desta sexta-feira (22), inicialmente em Teresina por causa da antecipação do feriado de Nossa Senhora da Conceição. No sábado e domingo as restrições serão válidas em todo o estado. 

Segundo o decreto, no sábado (23) irão funcionar:

- Farmácias, drogarias e serviços de saúde
- Mercados, supermercados, panificadoras e padarias
- Postos de combustível e borracharias
- Serviços de delivery
- Segurança e vigilância
- Pontos de alimentação localizados às margens de rodovias
- Serviços de transportes de cargas
- Serviços bancários exclusivos para pagamento de auxílio emergencial, benefícios sociais e autoatendimento
- Atividades agrícolas e agroindustriais.

No domingo (24) funcionam apenas: 

- Farmácias, drogarias e serviços de saúde 
- Imprensa
- Serviços de segurança e vigilância 
- Serviços de delivery exclusivamente para alimentação e serviços de autoatendimento bancário
-Ficam garantidos ainda serviços de borracharias, postos de combustíveis, pontos de alimentação localizados às margens de rodovias, serviços de transporte de cargas e atividades agrícolas e agroindustriais. 

Transporte  intermunicipal 

Os serviços de transporte intermunicipal de passageiros na modalidade rodoviário, classificados como convencional, alternativo, semiurbano e/ou fretado, ficarão suspensos na sexta, sábado e domingo, iniciando a suspensão a partir das 24h do dia 21 de maio até as 24h do dia 24 de maio.

Ainda segundo o governador, é importante que o isolamento social deste final de semana chegue a 55%. “Queremos atingir um isolamento social na casa de 55% da população. Isso reduz a propagação do coronavírus e garante as condições de nossa rede de saúde de suportar todos os casos confirmados”, disse.  

O Piauí tem hoje 2852 casos confirmados de coronavírus e já apresenta 73% de ocupação de leitos clínicos e 57% de ocupação dos leitos de UTI. 

Veja abaixo o decreto: 

Quarentena prorrogada

Na noite desta quinta-feira (20), o governador Wellington Dias prorrogou até 07 de junho o decreto que estabelece a quarentena no Piauí. A decisão ocorreu após orientações do Comitê de Operações Emergenciais (COE). O comércio e serviços não essenciais permanecerão fechados por mais 17 dias como medida de prevenção ao novo coronavírus.

Durante a live, Wellington Dias sinalizou novamente que o comércio deve voltar a funcionar no começo de junho. Segundo o Comitê, as duas próximas semanas serão ainda de crescimento dos casos, assim como acontece a nível de Brasil. No dia 2 de junho será montado um plano, com diferentes órgãos do estado, para que empresas e empregados sigam as novas normas para evitar a maior proliferação do vírus.

“Aprovado que haverá um esforço, estado, município, Governo Federal, juntamente com o setor privado, com a participação das empresas e trabalhadores, Ministério Público, OAB, Defensoria Pública, para elaboração de protocolos para que se possam permitir regras de saúde para quem já está em atividade e quem voltar a abrir seu empreendimento estabelecer a estratégia para retomada e condições do cronograma adequado para começar, com quantos porcento se libera e dando seguimento”, explicou.

Matérias relacionadas:

Em combate ao coronavírus, Wellington Dias prorroga quarentena no Piauí até 07 de junho

Piauí registra mais quatro óbitos por coronavírus e casos confirmados chegam a 2852    

Teresina é a capital do Nordeste com menor número de mortalidade por covid-19    

Covid-19: rede de saúde do Piauí já atendeu mais de 80 pacientes de outros estados do Brasil    

Wellington Dias avalia retomar atividades econômicas no Piauí no início de junho    

Em combate ao coronavírus, o governador Wellington Dias (PT) assinou um novo decreto com medidas mais rígidas para os dias 22, 23 e 24 de maio no Piauí. De acordo com o chefe do executivo estadual, as ações são importantes para diminuir a transmissibilidade do vírus e evitar um colapso na rede de Saúde do estado. Assim como ocorreu no final de semana passado, alguns serviços essenciais serão fechados no domingo (24) como padarias e supermercados. 

Segundo o governador, o objetivo é aumentar o índice de isolamento social (Foto: Ccom)

Durante entrevista à TV Clube na tarde desta quinta-feira (21), Wellington Dias afirmou que na próxima semana iniciará a elaboração de um protocolo para retomada gradual das atividades econômicas no Piauí. 

“Esse grupo vai elaborar o protocolo para retomada do comércio, vamos apreciar já no dia 2 de junho. Numa expectativa para iniciarmos o mês de junho com estabilidade para a partir daí está saindo e envergando a curva. É real, é concreto [sobre retomada do comércio]. Existem várias propostas, a área da indústria, civil, comércio, apresentaram propostas para essa retomada. Temos dois caminhos, quais segmentos irão primeiro, a partir de uma classificação ou se é possível ter 20%, 30% da capacidade daquele empreendimento e  a partir daí liberando gradativamente", explicou. 

Supermercados não abrirão no domingo (24) no Piauí (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

As regras do decreto começam a valer a partir desta sexta-feira (22), inicialmente em Teresina por causa da antecipação do feriado de Nossa Senhora da Conceição. No sábado e domingo as restrições serão válidas em todo o estado. 

Segundo o decreto, no sábado (23) irão funcionar:

- Farmácias, drogarias e serviços de saúde
- Mercados, supermercados, panificadoras e padarias
- Postos de combustível e borracharias
- Serviços de delivery
- Segurança e vigilância
- Pontos de alimentação localizados às margens de rodovias
- Serviços de transportes de cargas
- Serviços bancários exclusivos para pagamento de auxílio emergencial, benefícios sociais e autoatendimento
- Atividades agrícolas e agroindustriais.

No domingo (24) funcionam apenas: 

- Farmácias, drogarias e serviços de saúde 
- Imprensa
- Serviços de segurança e vigilância 
- Serviços de delivery exclusivamente para alimentação e serviços de autoatendimento bancário
-Ficam garantidos ainda serviços de borracharias, postos de combustíveis, pontos de alimentação localizados às margens de rodovias, serviços de transporte de cargas e atividades agrícolas e agroindustriais. 

Transporte  intermunicipal 

Os serviços de transporte intermunicipal de passageiros na modalidade rodoviário, classificados como convencional, alternativo, semiurbano e/ou fretado, ficarão suspensos na sexta, sábado e domingo, iniciando a suspensão a partir das 24h do dia 21 de maio até as 24h do dia 24 de maio.

Ainda segundo o governador, é importante que o isolamento social deste final de semana chegue a 55%. “Queremos atingir um isolamento social na casa de 55% da população. Isso reduz a propagação do coronavírus e garante as condições de nossa rede de saúde de suportar todos os casos confirmados”, disse.  

O Piauí tem hoje 2852 casos confirmados de coronavírus e já apresenta 73% de ocupação de leitos clínicos e 57% de ocupação dos leitos de UTI. 

Veja abaixo o decreto: 

Quarentena prorrogada

Na noite desta quinta-feira (20), o governador Wellington Dias prorrogou até 07 de junho o decreto que estabelece a quarentena no Piauí. A decisão ocorreu após orientações do Comitê de Operações Emergenciais (COE). O comércio e serviços não essenciais permanecerão fechados por mais 17 dias como medida de prevenção ao novo coronavírus.

Durante a live, Wellington Dias sinalizou novamente que o comércio deve voltar a funcionar no começo de junho. Segundo o Comitê, as duas próximas semanas serão ainda de crescimento dos casos, assim como acontece a nível de Brasil. No dia 2 de junho será montado um plano, com diferentes órgãos do estado, para que empresas e empregados sigam as novas normas para evitar a maior proliferação do vírus.

“Aprovado que haverá um esforço, estado, município, Governo Federal, juntamente com o setor privado, com a participação das empresas e trabalhadores, Ministério Público, OAB, Defensoria Pública, para elaboração de protocolos para que se possam permitir regras de saúde para quem já está em atividade e quem voltar a abrir seu empreendimento estabelecer a estratégia para retomada e condições do cronograma adequado para começar, com quantos porcento se libera e dando seguimento”, explicou.

Matérias relacionadas:

Em combate ao coronavírus, Wellington Dias prorroga quarentena no Piauí até 07 de junho

Piauí registra mais quatro óbitos por coronavírus e casos confirmados chegam a 2852    

Teresina é a capital do Nordeste com menor número de mortalidade por covid-19    

Covid-19: rede de saúde do Piauí já atendeu mais de 80 pacientes de outros estados do Brasil    

Wellington Dias avalia retomar atividades econômicas no Piauí no início de junho