1. Editorias
  2. Turismo
  3. Turismo divulga balanço das ações realizadas em 2019
Publicidade

Turismo divulga balanço das ações realizadas em 2019

Um dos destaques do ano foi a Trilha das Emoções, que aconteceu em Parnaíba

A Secretaria de Estado do Turismo do Piauí (Setur/PI) apresenta o balanço das ações desenvolvidas pela instituição ao longo do ano de 2019. No relatório, o órgão destaca os grandes avanços do setor, incluindo participações em feiras nacionais, apoio e parcerias em eventos consolidados e importantes para o desenvolvimento turístico do Estado.

Turismo divulga balanço das ações realizadas em 2019 (Foto: divulgação)

Como destaque, o lançamento da Trilha das Emoções, que aconteceu em Parnaíba e conta com mais de 200 km de aventura no litoral piauiense, enaltecendo ainda mais o Estado na Rota das Emoções. Também neste ano foi anunciado que a Rota das Emoções passará a ter, em 2020, voos operados pela empresa aérea Passaredo.

Em 2019, participações no Festival de Inverno de Pedro II, Desafio das Opalas, Projeto Piauí Férias de Norte a Sul, Festa do Bode, Festa do Vaqueiro, Sabor Maior, Festival da Uva e Festival Gastronômico de Barra Grande foram alguns dos eventos importantes que movimentam o setor no Piauí. Já no cenário nacional, a Setur teve seu estande ampliado e integrado com o Sebrae-PI e Prefeitura de Teresina na Abav Expo, que aconteceu em São Paulo. Ainda foi representado no Festuris, em Gramado, levando ao Sul as riquezas e potencialidades do Nordeste.

O secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira Júnior, comenta que este foi um ano também de conquistas com o Ministério do Turismo (MTur). “Recebemos o Selo+Turismo, juntamente com o deputado federal, Flávio Nogueira. Com a certificação, o estado piauiense pode solicitar recursos, junto aos bancos de desenvolvimento, para o financiamento de obras de infraestrutura no setor,  fortalecendo ainda mais o turismo da região”, relembra.

Ainda de acordo com o Nogueira Júnior, também foi um ano de grandes desafios, já que o litoral piauiense teve registros de derramento de óleo, que atingiu grande parte das praias do Nordeste brasileiro. “Tivemos três praias interditadas, mas o monitoramento era constante pela Semar. Nos preocupamos já que o litoral piauiense é um dos destinos que mais movimentam a economia e o setor no Piauí. Tudo foi resolvido e as praias estão liberadas. Nesta época, o fluxo de turista aumenta ainda mais na região”, conta o gestor.

Ainda este ano, a superintendente do Turismo, Carina Câmara, acompanhou a comitiva do Governador Wellington Dias, durante a missão do Consórcio Nordeste e conta que o destaque foi para a sustentabilidade. “Apresentamos as potencialidades do turismo piauiense como a Serra da Capivara, Rota das Emoções, além de destacar os aeroportos de São Raimundo Nonato e Parnaíba. Apresentamos e visitamos também projetos voltados para a sustentabilidade. Logo após isso, já recebemos no litoral técnicos da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD)”, destaca.

A superintendente acrescenta  ainda, que em novembro, esteve em Belo Horizonte e lá conseguiu a cessão de uso do código fonte da plataforma integrada de turismo, criado pelo Estado de Minas Gerais,  e que pode ser usado por outros estados. A plataforma facilita informações do setor, de forma geral, para os turistas.

A Secretaria de Estado do Turismo do Piauí (Setur/PI) apresenta o balanço das ações desenvolvidas pela instituição ao longo do ano de 2019. No relatório, o órgão destaca os grandes avanços do setor, incluindo participações em feiras nacionais, apoio e parcerias em eventos consolidados e importantes para o desenvolvimento turístico do Estado.

Turismo divulga balanço das ações realizadas em 2019 (Foto: divulgação)

Como destaque, o lançamento da Trilha das Emoções, que aconteceu em Parnaíba e conta com mais de 200 km de aventura no litoral piauiense, enaltecendo ainda mais o Estado na Rota das Emoções. Também neste ano foi anunciado que a Rota das Emoções passará a ter, em 2020, voos operados pela empresa aérea Passaredo.

Em 2019, participações no Festival de Inverno de Pedro II, Desafio das Opalas, Projeto Piauí Férias de Norte a Sul, Festa do Bode, Festa do Vaqueiro, Sabor Maior, Festival da Uva e Festival Gastronômico de Barra Grande foram alguns dos eventos importantes que movimentam o setor no Piauí. Já no cenário nacional, a Setur teve seu estande ampliado e integrado com o Sebrae-PI e Prefeitura de Teresina na Abav Expo, que aconteceu em São Paulo. Ainda foi representado no Festuris, em Gramado, levando ao Sul as riquezas e potencialidades do Nordeste.

O secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira Júnior, comenta que este foi um ano também de conquistas com o Ministério do Turismo (MTur). “Recebemos o Selo+Turismo, juntamente com o deputado federal, Flávio Nogueira. Com a certificação, o estado piauiense pode solicitar recursos, junto aos bancos de desenvolvimento, para o financiamento de obras de infraestrutura no setor,  fortalecendo ainda mais o turismo da região”, relembra.

Ainda de acordo com o Nogueira Júnior, também foi um ano de grandes desafios, já que o litoral piauiense teve registros de derramento de óleo, que atingiu grande parte das praias do Nordeste brasileiro. “Tivemos três praias interditadas, mas o monitoramento era constante pela Semar. Nos preocupamos já que o litoral piauiense é um dos destinos que mais movimentam a economia e o setor no Piauí. Tudo foi resolvido e as praias estão liberadas. Nesta época, o fluxo de turista aumenta ainda mais na região”, conta o gestor.

Ainda este ano, a superintendente do Turismo, Carina Câmara, acompanhou a comitiva do Governador Wellington Dias, durante a missão do Consórcio Nordeste e conta que o destaque foi para a sustentabilidade. “Apresentamos as potencialidades do turismo piauiense como a Serra da Capivara, Rota das Emoções, além de destacar os aeroportos de São Raimundo Nonato e Parnaíba. Apresentamos e visitamos também projetos voltados para a sustentabilidade. Logo após isso, já recebemos no litoral técnicos da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD)”, destaca.

A superintendente acrescenta  ainda, que em novembro, esteve em Belo Horizonte e lá conseguiu a cessão de uso do código fonte da plataforma integrada de turismo, criado pelo Estado de Minas Gerais,  e que pode ser usado por outros estados. A plataforma facilita informações do setor, de forma geral, para os turistas.