1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Pessoa segue o Elmano
Publicidade

Pessoa segue o Elmano

Uma coisa sobre a administração do prefeito Dr. Pessoa já é muito clara: há um recorrente esforço para acabar, enlamear ou apagar a gestão do ex-prefeito Firmino Filho. O esforço vai desde acusações rotineiras feitas sem que se apresentem provas conclusivas ou que se encaminhem as acusações ao Ministério Público até a coisas mais prosaicas, como a mudança do nome de um programa que era muito apreciado pelo ex-prefeito, o Amor de Tia, renomeado para Programa Florescer. Ocorre é que não se faz muito sobre escombros. Faz-se muito mais sobre bases sólidas e há muito o que pode ser feito sem a necessidade de se buscar a destruição do que existe, em tentativa inadequada de reinventar-se a roda. Neste sentido, é adequado sugerir ao prefeito Dr. Pessoa que em vez de acolher a ideia de refazer, apagar ou acabar o que existe, melhor é ser um tocador das ações administrativas boas para a cidade, porque elas não pertencem a um prefeito ou a um agrupamento político, mas às pessoas que se favorecem do êxito de trabalhos e projetos levados a efeito por quem ocupa o cargo de prefeito. Portanto, o que de melhor poderia fazer o prefeito seria seguir um de seus antecessores, o senador Elmano Férrer. Quando prefeito, Elmano fez uma administração boa porque seguiu projetos em andamento, desengavetou outros tantos, cercou-se de técnicos que lhe fizeram sugestões simples e realizáveis a baixo custo, como a construção de duas faixas a mais para carros em pontes sobre o rio Poti. Elmano não quis ser muito mais do que um prefeito eficiente e conseguiu. Legou à cidade uma série de obras e programas que por muito tempo vão favorecer as pessoas. Não se deseja muito além disso como exemplo de sucesso administrativo.


Político faz todo tipo de pirueta para ganhar votos. Mas também tem o momento da contrição. Olha eles rezando o Pai Nosso em evento inaugural em Campo Maior

A desfiliação

Flora Izabel já se desligou do PT. Mas como diria um petista de dentro do Palácio de Karnak que não gostou da escolha, ela vai “seguir sendo submissa e cumpridores das normas do partido na outra sigla, o TCE”. 

Duas mudanças

A saída de Flora Izabel (PT) da Assembleia Legislativa altera de dois modos a composição no legislativo: reduz em um terço a já diminuta bancada de deputadas efetivamente eleitas e a segunda é a efetivação de Warton Lacerda, também do PT como deputado estadual.

Mulheres

Sem Flora, restam Lucy Soares (PP) e Teresa Brito (PV) como deputadas eleitas e Elisângela Moura, suplente convocada, do PCdoB.
Isso indica que para 2022, os partidos precisam, sim, ter mais candidaturas viáveis de mulheres à Assembleia Legislativa.

Cinzas

Mais um daqueles projetos com potencial para virar meme tramita na Assembleia Legislativa do Piauí.
De autoria da deputada verde Teresa Britto, o PLO 181/2021, institui o setembro cinza, dedicado a uma campanha estadual de conscientização e combate aos incêndios e queimadas no Piauí.
Interessante que Teresa é muito proativa. Mas, tem hora que envereda pelo ridículo.

Lei sobre lei

Outro projeto com potencial para ser uma chacota é o PLO 178/2021, assinado por Francisco Lima, deputado estadual pelo PT. Sua excelência propõe que seja criado o dia estadual do vaqueiro, em 29 de agosto de cada ano. Por ignorância, está chovendo no molhado, porque já tem lei fixando essa data comemorativa.

Lei do chefe

O dia estadual do vaqueiro (29 de agosto) foi instituído em 1995, por iniciativa do morubixaba do PT, Wellington Dias, autor do projeto que se converteu na lei estadual 4.784, de 9 de outubro de 1995, sancionada pelo então governador Mão Santa.

Má qualidade

A apresentação de um projeto de lei para criar uma data comemorativa que já existe há 26 anos dá bem uma noção de como se gasta mal o dinheiro público com a nomeação de assessores de deputados.
Nenhum dos acólitos do deputado Lima foi capaz de fazer uma busca da internet para evitar o vexame.

Bate e volta

Não se sabe se por iniciativa dos deputados ou do Palácio de Karnak, mas na semana passada voltou para o Executivo projeto de lei de autoria do governador do estado reajustando os valores pagos pelos servidores para serviço de saúde complementar do Iaspi (Iaspi Saúde e Plamta).
Significa que, pelo menos por enquanto, os servidores estaduais estão livre de mais essa garfada seus contracheques.

Ciro participa de caravana da oposição no interior do Piauí (Foto: divulgação)

Andando bem

A turma do PP está também em plena pré-campanha: inaugurando obras e fazendo discursos. Esse fim de semana foi fortalecido com a presença do ministro Ciro Nogueira, da Casa Civil.

Aonde?

Na sexta em Amarante, e ontem em Campo Maior. Ciro desceu em Floriano e foi recebido pelo prefeito Joel para cumprir a agenda de Amarante. Em Campo Maior foram recebidos pelo prefeito João Félix.

Mais humilde

A pré-candidata Iracema, foi a Amarante de carro, e lá encontrou o ex-marido.

Campo maior

Em Campo Maior foi inaugurado um centro de especialidades médicas. Que ainda não se sabe como será gerido, já que a média complexidade é função do governo do estado, e não se viu ninguém do grupo do índio por lá.
Os progressistas roubaram a festa do prefeito Joaozinho.

Gentileza imobiliária

Wellington Dias mandou projeto de lei para a Assembleia Legislativa autorizando a doação de um terreno de mais de três mil metros quadrados à Prefeitura de Esperantina.
A prefeita da cidade é Ivanária Sampaio, esposa do presidente de Assembleia, Themístocles Filho, do MDB.

Intervalo

Saiu sexta-feira, já no fim do experiente, o resultado da concorrência pública para a escolha das agências que vão ratear as contas de publicidade da Prefeitura de Teresina.
As vencedoras foram as agências Nova comunicação Ltda., Dallas Comunicação Ltda., Interativa Propaganda e Marketing Ltda. e Três Propaganda Ltda., para prestação dos serviços por um período de 12 meses.

Ocultos e conhecidos

Não é nem preciso dizer como tais escolhas foram feitas e quem são os legítimos proprietários das felizardas agências.
Os ocultos e os conhecidos.

Audiência

Uma audiência púbica marcada para o dia 29 de setembro vai discutir o Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina – PDMUS.
O evento acontecerá entre 10 horas da manhã e meio-dia, na Câmara Municipal de Teresina, com transmissão em canal do Youtube. Na ocasião será apresentado à população o Diagnóstico da Mobilidade Urbana de Teresina.
Imagina-se que bicho sairá dessa barriga.

Resultados

Durante a audiência devem ser apresentados os resultados das pesquisas e levantamentos de campo realizados que retrataram um panorama das principais características e dos problemas relacionados aos deslocamentos pela cidade.
O estudo promete soluções em um horizonte de 20 anos.

Mais moço!

A média de idade dos inscritos para concorrer à vaga do desembargador Luís Gonzaga Brandão de Carvalho, no quinto constitucional destinado à OAB, indica que o escolhido poderá ser um ou uma advogada mais jovem, que permaneceria mais tempo na vaga.
O desembargador Brandão de Carvalho, que deixará o cargo compulsoriamente em 15 de outubro, está no TJ desde 1992.

Adiante

Se o advogado escolhido para a vaga de Brandão contar com a mesma idade (46 anos) que ele tinha quando foi nomeado para o TJ pelo governador Freitas Neto, só deixará o cargo em 2050.
Haja tempo, viu! Uma eternidade.

As mulheres

Estão em análise pela comissão eleitoral da OAB 19 nomes de advogados e advogadas que vão concorrer à vaga.
As mulheres candidatas são as advogadas Claudia Paranaguá de Carvalho Drumond, Francisca Hildeth Leal Evangelista Nunes, Karine Campelo de Barros Canabrava, Maria Do Amparo Rodrigues Lima e Martha Fernanda e Silva de Oliveira Orsano.

Júlio Arcoverde deverá disputar o cargo de deputado federal em 2022 (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Júlio é Federal

A deputada Iracema Portella, em suas andanças de pré-candidata a governadora vem anunciando Júlio Arcoverde como seu sucessor na Câmara Federal.
Mais do que fiel escudeiro de Ciro, Julinho é a pessoa ideal para o senador-ministro continuar tendo um gabinete na Câmara e outro no Senado.

Oferta tentadora

Tem cunhado de Deputado Federal na região de São Raimundo Nonato fazendo ofertas tentadoras às lideranças políticas.
O preço é mesurado de acordo se tem mandato ou não. O assunto virou “meme”.

Ping-Pong
Sem termos de acordo

Artur Bernardes, presidente do Brasil entre 1922 e 1926 foi governador de Minas entre 1981 e 1922. Quando assumiu o governo mineiro resolveu demitir todos os adversários, mas não quis exonerar o diretor da Imprensa Oficial, Augusto de Lima, preferindo que ele pedisse para sair. Mandou até Lima um emissário.

O emissário: “Dr Augusto Lima, como o senhor sabe, o Dr. Artur Bernades...
Augusto Lima: “Sei, sei...”
O emissário: “Vou falar logo, Dr. Augusto. O Dr. Artur Bernardes mandou sugerir que o senhor peça demissão”.
Augusto Lima: “Alto lá! Ao adversário não peço nada, nem demissão”.

Expressas 

A estrada entre Teresina e Palmeirais segue com muitos buracos. Por lá, o Pró-Piauí precisa dar as caras, viu?

Falando em estradas, essas obras rodoviárias sob o guarda-chuva do Pró-Piauí só estão acontecendo onde tem padrinho forte para elas.

Tem gente no Brasil que ainda acredita em “tratamento precoce” para a covid-19. Neste caso, não há cura, porque a doença de quem acredita nisso é doença mental irreversível.

Uma coisa sobre a administração do prefeito Dr. Pessoa já é muito clara: há um recorrente esforço para acabar, enlamear ou apagar a gestão do ex-prefeito Firmino Filho. O esforço vai desde acusações rotineiras feitas sem que se apresentem provas conclusivas ou que se encaminhem as acusações ao Ministério Público até a coisas mais prosaicas, como a mudança do nome de um programa que era muito apreciado pelo ex-prefeito, o Amor de Tia, renomeado para Programa Florescer. Ocorre é que não se faz muito sobre escombros. Faz-se muito mais sobre bases sólidas e há muito o que pode ser feito sem a necessidade de se buscar a destruição do que existe, em tentativa inadequada de reinventar-se a roda. Neste sentido, é adequado sugerir ao prefeito Dr. Pessoa que em vez de acolher a ideia de refazer, apagar ou acabar o que existe, melhor é ser um tocador das ações administrativas boas para a cidade, porque elas não pertencem a um prefeito ou a um agrupamento político, mas às pessoas que se favorecem do êxito de trabalhos e projetos levados a efeito por quem ocupa o cargo de prefeito. Portanto, o que de melhor poderia fazer o prefeito seria seguir um de seus antecessores, o senador Elmano Férrer. Quando prefeito, Elmano fez uma administração boa porque seguiu projetos em andamento, desengavetou outros tantos, cercou-se de técnicos que lhe fizeram sugestões simples e realizáveis a baixo custo, como a construção de duas faixas a mais para carros em pontes sobre o rio Poti. Elmano não quis ser muito mais do que um prefeito eficiente e conseguiu. Legou à cidade uma série de obras e programas que por muito tempo vão favorecer as pessoas. Não se deseja muito além disso como exemplo de sucesso administrativo.


Político faz todo tipo de pirueta para ganhar votos. Mas também tem o momento da contrição. Olha eles rezando o Pai Nosso em evento inaugural em Campo Maior

A desfiliação

Flora Izabel já se desligou do PT. Mas como diria um petista de dentro do Palácio de Karnak que não gostou da escolha, ela vai “seguir sendo submissa e cumpridores das normas do partido na outra sigla, o TCE”. 

Duas mudanças

A saída de Flora Izabel (PT) da Assembleia Legislativa altera de dois modos a composição no legislativo: reduz em um terço a já diminuta bancada de deputadas efetivamente eleitas e a segunda é a efetivação de Warton Lacerda, também do PT como deputado estadual.

Mulheres

Sem Flora, restam Lucy Soares (PP) e Teresa Brito (PV) como deputadas eleitas e Elisângela Moura, suplente convocada, do PCdoB.
Isso indica que para 2022, os partidos precisam, sim, ter mais candidaturas viáveis de mulheres à Assembleia Legislativa.

Cinzas

Mais um daqueles projetos com potencial para virar meme tramita na Assembleia Legislativa do Piauí.
De autoria da deputada verde Teresa Britto, o PLO 181/2021, institui o setembro cinza, dedicado a uma campanha estadual de conscientização e combate aos incêndios e queimadas no Piauí.
Interessante que Teresa é muito proativa. Mas, tem hora que envereda pelo ridículo.

Lei sobre lei

Outro projeto com potencial para ser uma chacota é o PLO 178/2021, assinado por Francisco Lima, deputado estadual pelo PT. Sua excelência propõe que seja criado o dia estadual do vaqueiro, em 29 de agosto de cada ano. Por ignorância, está chovendo no molhado, porque já tem lei fixando essa data comemorativa.

Lei do chefe

O dia estadual do vaqueiro (29 de agosto) foi instituído em 1995, por iniciativa do morubixaba do PT, Wellington Dias, autor do projeto que se converteu na lei estadual 4.784, de 9 de outubro de 1995, sancionada pelo então governador Mão Santa.

Má qualidade

A apresentação de um projeto de lei para criar uma data comemorativa que já existe há 26 anos dá bem uma noção de como se gasta mal o dinheiro público com a nomeação de assessores de deputados.
Nenhum dos acólitos do deputado Lima foi capaz de fazer uma busca da internet para evitar o vexame.

Bate e volta

Não se sabe se por iniciativa dos deputados ou do Palácio de Karnak, mas na semana passada voltou para o Executivo projeto de lei de autoria do governador do estado reajustando os valores pagos pelos servidores para serviço de saúde complementar do Iaspi (Iaspi Saúde e Plamta).
Significa que, pelo menos por enquanto, os servidores estaduais estão livre de mais essa garfada seus contracheques.

Ciro participa de caravana da oposição no interior do Piauí (Foto: divulgação)

Andando bem

A turma do PP está também em plena pré-campanha: inaugurando obras e fazendo discursos. Esse fim de semana foi fortalecido com a presença do ministro Ciro Nogueira, da Casa Civil.

Aonde?

Na sexta em Amarante, e ontem em Campo Maior. Ciro desceu em Floriano e foi recebido pelo prefeito Joel para cumprir a agenda de Amarante. Em Campo Maior foram recebidos pelo prefeito João Félix.

Mais humilde

A pré-candidata Iracema, foi a Amarante de carro, e lá encontrou o ex-marido.

Campo maior

Em Campo Maior foi inaugurado um centro de especialidades médicas. Que ainda não se sabe como será gerido, já que a média complexidade é função do governo do estado, e não se viu ninguém do grupo do índio por lá.
Os progressistas roubaram a festa do prefeito Joaozinho.

Gentileza imobiliária

Wellington Dias mandou projeto de lei para a Assembleia Legislativa autorizando a doação de um terreno de mais de três mil metros quadrados à Prefeitura de Esperantina.
A prefeita da cidade é Ivanária Sampaio, esposa do presidente de Assembleia, Themístocles Filho, do MDB.

Intervalo

Saiu sexta-feira, já no fim do experiente, o resultado da concorrência pública para a escolha das agências que vão ratear as contas de publicidade da Prefeitura de Teresina.
As vencedoras foram as agências Nova comunicação Ltda., Dallas Comunicação Ltda., Interativa Propaganda e Marketing Ltda. e Três Propaganda Ltda., para prestação dos serviços por um período de 12 meses.

Ocultos e conhecidos

Não é nem preciso dizer como tais escolhas foram feitas e quem são os legítimos proprietários das felizardas agências.
Os ocultos e os conhecidos.

Audiência

Uma audiência púbica marcada para o dia 29 de setembro vai discutir o Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina – PDMUS.
O evento acontecerá entre 10 horas da manhã e meio-dia, na Câmara Municipal de Teresina, com transmissão em canal do Youtube. Na ocasião será apresentado à população o Diagnóstico da Mobilidade Urbana de Teresina.
Imagina-se que bicho sairá dessa barriga.

Resultados

Durante a audiência devem ser apresentados os resultados das pesquisas e levantamentos de campo realizados que retrataram um panorama das principais características e dos problemas relacionados aos deslocamentos pela cidade.
O estudo promete soluções em um horizonte de 20 anos.

Mais moço!

A média de idade dos inscritos para concorrer à vaga do desembargador Luís Gonzaga Brandão de Carvalho, no quinto constitucional destinado à OAB, indica que o escolhido poderá ser um ou uma advogada mais jovem, que permaneceria mais tempo na vaga.
O desembargador Brandão de Carvalho, que deixará o cargo compulsoriamente em 15 de outubro, está no TJ desde 1992.

Adiante

Se o advogado escolhido para a vaga de Brandão contar com a mesma idade (46 anos) que ele tinha quando foi nomeado para o TJ pelo governador Freitas Neto, só deixará o cargo em 2050.
Haja tempo, viu! Uma eternidade.

As mulheres

Estão em análise pela comissão eleitoral da OAB 19 nomes de advogados e advogadas que vão concorrer à vaga.
As mulheres candidatas são as advogadas Claudia Paranaguá de Carvalho Drumond, Francisca Hildeth Leal Evangelista Nunes, Karine Campelo de Barros Canabrava, Maria Do Amparo Rodrigues Lima e Martha Fernanda e Silva de Oliveira Orsano.

Júlio Arcoverde deverá disputar o cargo de deputado federal em 2022 (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Júlio é Federal

A deputada Iracema Portella, em suas andanças de pré-candidata a governadora vem anunciando Júlio Arcoverde como seu sucessor na Câmara Federal.
Mais do que fiel escudeiro de Ciro, Julinho é a pessoa ideal para o senador-ministro continuar tendo um gabinete na Câmara e outro no Senado.

Oferta tentadora

Tem cunhado de Deputado Federal na região de São Raimundo Nonato fazendo ofertas tentadoras às lideranças políticas.
O preço é mesurado de acordo se tem mandato ou não. O assunto virou “meme”.

Ping-Pong
Sem termos de acordo

Artur Bernardes, presidente do Brasil entre 1922 e 1926 foi governador de Minas entre 1981 e 1922. Quando assumiu o governo mineiro resolveu demitir todos os adversários, mas não quis exonerar o diretor da Imprensa Oficial, Augusto de Lima, preferindo que ele pedisse para sair. Mandou até Lima um emissário.

O emissário: “Dr Augusto Lima, como o senhor sabe, o Dr. Artur Bernades...
Augusto Lima: “Sei, sei...”
O emissário: “Vou falar logo, Dr. Augusto. O Dr. Artur Bernardes mandou sugerir que o senhor peça demissão”.
Augusto Lima: “Alto lá! Ao adversário não peço nada, nem demissão”.

Expressas 

A estrada entre Teresina e Palmeirais segue com muitos buracos. Por lá, o Pró-Piauí precisa dar as caras, viu?

Falando em estradas, essas obras rodoviárias sob o guarda-chuva do Pró-Piauí só estão acontecendo onde tem padrinho forte para elas.

Tem gente no Brasil que ainda acredita em “tratamento precoce” para a covid-19. Neste caso, não há cura, porque a doença de quem acredita nisso é doença mental irreversível.

Pela liberdade de Arimatéia Azevedo Disfuncionalidade administrativa