1. Editorias
  2. AZ Esporte
  3. Coritiba decide por demissão por justa causa de Sassá após fotos em aglomeração
Publicidade

Coritiba decide por demissão por justa causa de Sassá após fotos em aglomeração

Presidente do clube diz que jogador já foi informado e que situação está com departamento jurídico

O presidente do Coritiba, Samir Namur, afirmou que o atacante Sassá será demitido por justa causa. A decisão aconteceu após fotos do jogador em uma festa terem repercutido através da internet após a derrota de 1 a 0 para o Athletico, pelo Brasileirão. As informações são da repórter Nadja Mauad, do Blog da Nadja.

Sassá estevem festa com aglomeração na noite de sábado, após derrota para o Athletico — Foto: Reprodução

Emprestado pelo Cruzeiro, ele deve retornar para o clube mineiro. O Coritiba não se pronunciou oficialmente, mas a expectativa é de que um comunicado seja publicado ainda nesta segunda-feira.

Segundo o presidente, a decisão ocorreu depois da confirmação de que as fotos são da noite do último sábado. O jogador já teria sido comunicado da decisão e sua situação está com o departamento jurídico. Samir disse que a demissão de justa causa está relacionada ao fato do jogador ter quebrado a quarentena em meio à pandemia.

- É possível sim e foi o que aconteceu. Já comunicamos o atleta hoje, com todo o amparo jurídico, por conta da aglomeração e da pandemia.

Sassá foi afastado do grupo ainda na manhã de domingo, quando o diretor de futebol, Paulo Pelaipe, tomou conhecimento das fotos. Ele informou que esperaria saber se as fotos eram realmente de uma festa, após o clássico de sábado, para que a decisão definitiva fosse tomada.

Sassá foi emprestado pelo Cruzeiro no início do ano e chegou com status de grande contratação do Coritiba. O jogador fez 18 partidas neste ano, mas não conseguiu ser a referência do ataque do time e teve atuações bastante criticadas. Ele marcou quatro gols neste ano, três deles durante o Paranaense e um no Brasileirão.

O presidente do Coritiba, Samir Namur, afirmou que o atacante Sassá será demitido por justa causa. A decisão aconteceu após fotos do jogador em uma festa terem repercutido através da internet após a derrota de 1 a 0 para o Athletico, pelo Brasileirão. As informações são da repórter Nadja Mauad, do Blog da Nadja.

Sassá estevem festa com aglomeração na noite de sábado, após derrota para o Athletico — Foto: Reprodução

Emprestado pelo Cruzeiro, ele deve retornar para o clube mineiro. O Coritiba não se pronunciou oficialmente, mas a expectativa é de que um comunicado seja publicado ainda nesta segunda-feira.

Segundo o presidente, a decisão ocorreu depois da confirmação de que as fotos são da noite do último sábado. O jogador já teria sido comunicado da decisão e sua situação está com o departamento jurídico. Samir disse que a demissão de justa causa está relacionada ao fato do jogador ter quebrado a quarentena em meio à pandemia.

- É possível sim e foi o que aconteceu. Já comunicamos o atleta hoje, com todo o amparo jurídico, por conta da aglomeração e da pandemia.

Sassá foi afastado do grupo ainda na manhã de domingo, quando o diretor de futebol, Paulo Pelaipe, tomou conhecimento das fotos. Ele informou que esperaria saber se as fotos eram realmente de uma festa, após o clássico de sábado, para que a decisão definitiva fosse tomada.

Sassá foi emprestado pelo Cruzeiro no início do ano e chegou com status de grande contratação do Coritiba. O jogador fez 18 partidas neste ano, mas não conseguiu ser a referência do ataque do time e teve atuações bastante criticadas. Ele marcou quatro gols neste ano, três deles durante o Paranaense e um no Brasileirão.